"Os mais excitantes contos eróticos"


ENLOUQUECIDO O MORENO ME COMEU


autor: silvana
publicado em: 12/09/15
categoria: hetero
leituras: 8155
ver notas
Fonte: maior > menor


Esta é continuação do conto - MOSTREI TUDO E ENLOUQUECI O MORENO. Final de semana prolongado, programamos voltar àquela pousada na praia em que enlouqueci o Moreno com exibicionismo explicito. Não sabíamos nada sobre ele, mas mesmo assim resolvemos arriscar e tínhamos esperança de reencontrá-lo.Na quinta-feira final de tarde, cheios de tesão, imaginação e dispostos a deixar rolar nossas fantasias, descemos para praia. Chegamos e ainda tivemos tempo para caminhar pela praia e curtir o lindo entardecer. Na Pousada, fomos ao banho a dois com muita mão escorregando pelo corpo com óleos de banho, estávamos a flor da pele, cheios de tesão e com muita vontade de encontrar o Moreno para enlouquecê-lo ainda mais. Nesse clima fizemos amor apaixonadamente lembrando os momentos vividos há algumas semanas. Acordamos tarde, tomamos nosso café e fomos para praia, como a pousada fica no final da praia havia poucas pessoas caminhando e alguns casais ao sol. Resolvi mostrar para o Carlos como havia provocado o Moreno com meu pequeno biquíni, fui até o mar me abaixei expondo minha bunda e passei protetor de forma provocante, ele adorou e eu já podia ver o volume em sua sunga. O sol estava delicioso e eu caprichava no bronzeado, deitada de bruços meu gato desamarrou o biquíni e passou protetor delicadamente em minhas costas, ele adora vê-las nuas. Ao ouvido me disse que queria ver topless já que havia poucas pessoas por perto. Após algum tempo de sol me virei deixando o biquíni na espreguiçadeira, Carlos ficou tarado ao me ver apenas com a parte de baixo do biquíni, o tesão era tanto que os biquinhos rígidos dos seios apontavam para o sol !!!! Com todo carinho passou protetor até atingir minha virilha e delicamente passar o dedo por minha xota toda molhada. Passamos o dia curtindo sol e mar e embora tenha feito topless para tomar sol, não me encorajei a ir ao mar sem à parte de cima do biquíni. Durante o dia vi muitos homens a observar meus seios enquanto caminhavam pela praia, mas para nossa tristeza o Moreno não apareceu. Sábado acordamos antes das 9h, fomos caminhar pela praia e quando voltávamos... para nossa surpresa!!, lá estava o Moreno!!! Sentado próximo ao nosso guarda-sol lendo um livro. Ficou radiante quando me viu e abriu um lindo sorriso, passamos por ele cumprimentando-o, tiramos a roupa da caminhada e em trajes de banho fomos nos refrescar no mar, logo ele também veio ao mar e começamos a conversar amenidades, fui me enxugar deixando-os a conversar, depois Carlos me disse que ele fez elogios à beleza de meu corpo..... Logo eles vieram ao meu encontro e pedi ao Carlos para me ajudar com o protetor, ele delicadamente cobria meu corpo com protetor enquanto o Moreno só observava, ficamos ali a conversar até que Carlos pediu licença e foi até a pousada pegar alguns aperitivos. O Moreno então me contou que havia voltado vários finais de semana à praia na esperança de me reencontrar e que não conseguia apagar as imagens daqueles dias, disse que eu era linda e provocante. Virei-me de bruços desamarrei a parte de cima do biquíni e pedi que me ajudasse com o protetor, ao primeiro toque de suas mãos meu corpo arrepiou todo; passou protetor em minhas costas nuas, coxas e logo chegou à minha bunda, exposta com o biquíni todo enterrado, demoradamente cobriu-me o corpo todo. Enquanto ele passava protetor pude ver o volume em sua bermuda e disse-lhe que também estávamos ansiosos por reencontrá-lo e que não consegui esquecer tudo aquilo que ele havia me mostrando antes de sair da praia naquele final de férias. Carlos voltou com os aperitivos; continuei a me bronzear enquanto eles conversavam animadamente e eu já pensava nas loucuras que iriam rolar! Para apimentar ainda mais o clima resolvi me virar sem colocar a parte de cima do biquíni, os homens foram à loucura !!! Com os seios apontando para o sol pedi ao meu gato que me ajudasse com o protetor, ele deslizou as mãos por todo meu corpo e caprichou quando passava pelos seios, nosso amigo admirava aquela cena com o volume aparente na bermuda; quando passou pela virilha, Carlos, olhando para o Moreno, novamente correu o dedo pela minha xota molhada e me levou à loucura, acho que deixei escapar um gemidinho uiiii.....Em uma das vezes que fui ao mar nosso novo amigo me acompanhou e sob o olhar guloso de meu homem brincamos um pouco na água, ao mergulhar percebi que ele havia baixado a bermuda e estava a manipular sua vara, ele se aproximou e perguntou se eu havia gostado do que vi no mergulho, - ADOREI, respondi. A tarde continuou com muito sol e meus homens a se revezar passando protetor em meu corpo de forma cada vez mais intima. Ao cair da tarde o Moreno nos convidou a jantar em sua casa que ficava próxima à pousada, soubemos que ele era um pequeno empresário recém separado e gostava de curtir sua casa de praia modesta mas confortável, segundo suas palavras. Fomos para nosso apartamento e Carlos muito tarado deu-me um banho delicioso. Com óleos de banho nas mãos ele massageou todo meu corpo enquanto comentávamos sobre a praia e o que viria nesta noite. Abaixei meu tronco para frente deixando minha bucetinha toda oferecida para meu homem, que me pegou pela cintura e enterrou de uma só vez o seu pauzão, uiiii...... uma rocha! Bombou , bombou até que gozamos gostoso! No inicio da noite vestindo uma mini-saia com pequena calcinha de amarrar, um top e tamancos de salto caminhamos até a casa do Moreno onde fomos recebidos com taças de vinho branco. A casa não era grande mas decorada com bom gosto; a sala iluminada apenas por abajur tinha uma grande porta que dava para a varanda e o gramado com piscina iluminada em um dos cantos, criando um ambiente muito agradável, a mesa estava posta. Caminhei até o gramado, estava à flor da pele, Carlos me abraçou por trás e já me arrepiei toda só imaginando o que estava por vir. O Jantar, o vinho, a conversa sobre fantasias, a música, tudo estava ótimo e já me sentia mais solta. Após o jantar quando meu gato caminhou até a borda da piscina o Moreno me pegou pela cintura e me convidou a dançar, colou seu corpo ao meu e pude sentir o volume, Carlos voltou e fez sinal para que fosse em frente, como não ofereci resistência o Moreno avançou e beijou-me o pescoço... ahhhh........provocou-me novo arrepio, mais um pouco de amasso ele soltou o top deixando-o ir ao chão enquanto meu homem por trás soltava minha saia, restava-me apenas a minúscula calcinha e eu me deliciava, quase nua, sendo amassada pelos dois machos. Carlos livrou-se da roupa enquanto me beijava a nuca e passava as mãos por todo meu corpo ao mesmo tempo em que o Moreno me beijava os seios e também se despia. Dois homens me fazendo carinho, me beijando, estava totalmente entregue, doida de tesão, pedia para eles me comerem muito .... ahhhhhhh queria tudo! Eu estava tarada, hora me esfregava no meu homem, hora chupava seu pau, hora o do Moreno. O clima era só tesão, o cheiro de sexo estava no ar. Fomos até a piscina, Carlos sentou-se em uma cadeira, e, enquanto eu engolia sua vara o Moreno chegou por trás desamarrou minha calcinha expondo minha xota que escorria de tesão, senti sua língua descobrindo cada pedacinho de minha buceta, ele dizia...- sua buceta é muito gostosa! Desde o primeiro dia que te vi quero te comer! Você me deixou tarado! Exibiu-se e agora vai sentir minha vara! Você me fez bater punheta na praia! Me deixou enlouquecido e foi embora! Agora chupa seu homem que vou cuidar dessa xota gostosa! Ele levantou colocou camisinha, me pegou pelos quadris e enfiou aquela vara de uma só vez.... ahhhh..... – que tesão de vara!! Chupava meu homem, que gemia gostoso, enquanto era comida por um pau novo. A cada estocada do Moreno eu apertava a boca no pau de meu homem, logo todos gemiam indicando o gozo próximo. Carlos encheu minha boca com seu delicioso leite enquanto gozávamos com gemidos ofegantes. Após um breve descanso sob a luz da Lua, nua e só de tamancos, fui até a sala buscar mais vinho para todos. Conversamos sobre sexo e nossas fantasias, o moreno falou que sonhava fazer sexo a três e estávamos proporcionando isso a ele. Estava muito agradável, o vinho, a conversa ótima, eu para me exibir e provocar aqueles dois machos, levantava pegar vinho, servia me oferecendo toda pra eles, estava tarada, doida de tesão, queria sexo, muito sexo. Deitei-me na espreguiçadeira a observá-los quando Carlos aproximou-se com a taça na mão e sorriso maroto perguntou ao Moreno: - você quer tomar mais vinho?? Passou a derramá-lo sobre meu corpo e logo os dois estavam a me beijar sorvendo o vinho que escorria por todo corpo. Já tarde da noite peço licença para um banho refrescante, o Moreno me acompanha até seu quarto mostrando o banheiro. Ao sair do banho Carlos me espera na penumbra do quarto, me beija forte enquanto passa suas mãos por todo meu corpo, deito-o na cama mamando aquela rola que já não cabe em minha boca. Minha bucetinha ferve de tesão e então, segurando aquela vara enorme inicio uma penetração lenta e deliciosa, após passar a cabeça vou sentindo cada centímetro do mastro que me invade, toda preenchida sinto mãos a me tocar as costas, o Moreno se aproxima e fala ao meu ouvido: - agora quero possuir este anel rosado; passa creme em meu cuzinho e começa a empurrar sua verga, uiiiiii dói muito !! mas logo que passa a cabeça a dor vai diminuindo e transformando-se em prazer, o creme e a camisinha facilitam o vai e vem, sentada sobre o pau de meu macho sinto o Moreno enlouquecido a me segurar pelos quadris bombando freneticamente aquela vara em meu cuzinho agora arrombado. Ahhhhhh Gozei várias vezes até que eles aos gritos e gemidos gozaram também. Já era madrugada, adormecemos. Quando acordei estávamos eu e o Carlos na cama e os primeiros raios de sol penetravam pela veneziana do quarto. Passamos a manhã de domingo a beira da piscina onde aproveitei para tomar sol nua sendo tratada como uma rainha pelos machos que me cortejavam a todo o momento. O reencontro com o Moreno foi maravilhoso, nos convidou a passar o próximo feriadão em sua casa de praia, e tentará convencer sua namorada a vir também.



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.