"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Uma noite Inesquecível - Parte II


autor: auréliacambará
publicado em: 03/09/17
categoria: romance
leituras: 341
ver notas
Fonte: maior > menor


Aurélia acordou sobressaltada, sentindo frio. Olhou para o lado e viu Rodrigo dormir. Ele lhe parecia um Anjo, tamanha sua beleza... Seu rosto parecia-lhe sereno na penumbra. Os olhos fechados ainda lhe eram uma amostra da perfeição. Seus lábios rosados e corpo definido a deixaram ainda mais impressionada.
Rodrigo gosta tanto de falar, que fala dormindo. Murmurou algo como “pode ficar com esses presos que estão deitados” e ficou virando-se de um lado a outro na cama. Aurélia achou melhor acordá-lo, supondo que poderia estar tendo um pesadelo. Ela o chamou e tocou nele. Rodrigo acordou rápido. Virou-se e viu Aurélia, ao que já a abraçou e beijou-a como se estivesse sonhando com ela. Aurélia correspondeu vivamente.
Ambos dormiram nus. Rapidamente ficaram excitados novamente. Aurélia posicionou-se sobre Rodrigo, pronta para penetrar e dominar a relação. Rodrigo tentou dominá-la, ao passo que Aurélia sussurrou em seu ouvido “calminha aí. Eu estou por cima, eu comando. Fique quietinho.”. Olharam-se tomados de tesão. Aurélia então iniciou os movimentos. Mas Rodrigo gosta de domínio. Rapidamente fez com que virassem novamente e ele pudesse dominá-la e comandar o ritmo.
Aurélia teve uma sequência de orgasmos. Mas Rodrigo estava cansado da noite anterior. Por mais que Aurélia o pedisse para gozar também, ele não conseguia. Tentaram uma posição de lado, mais confortável para ele. Mas ele estava cansado. Ao que Aurélia concordou em parar.
Começaram a conversar. Rodrigo teve a ideia de comparar as playlists dos celulares dos dois.
- Pela playlist dá pra se conhecer muito da pessoa, ele disse.
Mas a playlist de Aurélia só possuía uma banda, o que desapontou Rodrigo. Continuaram a conversar. Falavam sobre tudo: planos pro futuro, filosofia de vida, suas famílias. Descobriram muitas coisas em comum. Mas para Aurélia eles eram de mundos absolutamente diferentes. Eles vinham de realidades sociais diferentes. Rodrigo não tinha noção do que era ter que ir atrás do próprio alimento, era o que Aurélia pensava. Naquele instante, ela viu o quanto se sentia atraída por ele, mas não podia esperar que tivessem um longo relacionamento.
Começaram novamente a trocar carícias. Beijavam-se constantemente.
- Sua boca é muito gostosa, disse Rodrigo a Aurélia. Adoraria senti-la em outro lugar.
Aurélia entendeu o que ele queria. Entrou em pânico. Ela não se sentia segura para fazer um oral. Acreditava que não sabia fazer isso. Mas fez. Dirigiu-se lentamente aos pés da cama, e abaixou-se sobre o pênis de Rodrigo, chupando-o da melhor forma que conseguia. Ouviu-o gemer, encorajando-a. Continuou. Ele gemia, segurava em sua nuca pelos cabelos e conduzia o ritmo. Isso a excitava, e a encorajava a continuar. Até que Rodrigo puxou-a de volta ao seu lado, dizendo “foi o melhor boquete que já recebi na minha vida”. Aurélia sabia que ele estava mentindo. Mas apenas lhe disse:
- Sinto-me lisonjeada, porque eu não sei fazer isso...
Continuaram a trocar carícias. Rodrigo pediu desculpas a Aurélia, que não compreendeu o motivo, ao passo que ele lhe explicou:
- Normalmente eu sou mais viril, mas hoje estou muito cansado. Você vai se desapontar. Não consigo transar de novo.
- Eu não ficaria desapontada nem se só tivéssemos dormido, sem transar uma única vez.
- Você sempre sabe a coisa certa a dizer?
- Eu apenas digo o que penso, Rodrigo. Não o que eu mesma acho certo.
Rodrigo demonstrou grande admiração ao que ouviu. Abraçou Aurélia e disse:
- Por seu corpo, eu poderia transar a noite toda. Só pra ver você gozar de novo pra mim. Eu gostaria de virar você ao avesso. Mas estou muito cansado hoje.
- Nós teremos outra oportunidade, disse Aurélia. Mal sabia ela que estava redondamente enganada...




ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.