"Os mais excitantes contos eróticos"

 

NICOLE - ANJO OU DIABO?


autor: Cafécomleite
publicado em: 08/09/17
categoria: virgindade
leituras: 1202
ver notas
Fonte: maior > menor


Eram 16:30 hr de uma sexta-feira cansativa, meu celular avisa que chegou uma mensagem. Ao abri-la , meu coração acelera e minha boca se abre num sorriso luminoso. Ela escreveu:
" Motel Pousada do Sol, suíte 302. Te aguardo dentro de uma hora."
Corro para organizar os processos que estão espalhados sobre minha mesa, arrumo tudo e dentro de 20 minutos já estou no carro, no meio de um trânsito infernal, a caminho daquele que seria o endereço da minha felicidade.
Minha cabeça já está trabalhando a mil... fazendo inúmeras suposições. Sim! Porque quando a Chris faz esse tipo de proposta é porque ela está com planos mirabolantes na cabeça. Sei que, a medida que eu ia imaginando coisas, me dirigindo pro local marcado por ela, meu cacete ficava cada vez mais impossível de conter dentro das calças. Chego finalmente com atraso de cinco minutos. Bato na porta e ouço a voz dela me mandando entrar. Mal fecho a porta, ela me manda sentar na cadeira que está no centro do quarto e vendar meus olhos. Feito isso, sinto alguém se aproximando, por trás de mim, um língua quente pelo pescoço e mãos ágeis e firmes me apertando todo o corpo. Meu coração que já estava batendo forte, agora parece uma escola de samba kkķkk
Sei que essa pessoa não é minha esposa. Sinto o cheiro do seu perfume e o toque das suas mãos diferentes. Mas, ela faz carícias deliciosas. Vai tirando minhas roupas e me chupando com uma segurança de alguém que sabe o que faz. Por último, ela tira a venda dos meus olhos e me deparo com o ser mais angelical que se possa imaginar: branca, olhos azuis, boca vermelha de lábios perfeitos, pescoço bem torneado, peitos médios , cintura bem fina, um quadril largo e coxas perfeitas. A visão a minha frente me deixou sem ação por uns instantes. Olhei suas mãos no meu corpo, que contraste perfeito! Ela sorriu pra mim docemente e disse-me que gostaria de me dar prazer. Só de olhar pra uma beldade daquelas já era um prazer inenarrável.
Vi que a Chris estava sentada numa poltrona que havia em um canto meio escuro do quarto, nos observando.
A Nicole me levantou da cadeira e me guiou até a cama sempre fazendo carinho em mim, me apertando com as mãos e me chupando. Eu já estava prestes a ter meu primeiro orgasmo mas, aquela fêmea sabia muito bem o que estava fazendo não me permitindo gozar ainda. Ela me estimulava e ao mesmo tempo recuava, me deixando a beira da loucura. Meu pau duro feito pedra, babava incessantemente melando tudo. Nicole me vira de costas na cama, mordendo minha nuca , pescoço e costas, enquanto tira sua roupa. Ao ver que ela já estava despida, me viro para apreciar aquele monumento branco. Qual não foi minha surpresa ao descer meus olhos para seu baixo ventre e me deparar com um caralho lindo entre as coxas daquela deusa. Isso mesmo, amigos! A Nicole tinha um pau. Lindo demais! Aquela mulher de formas tão perfeitas, pele tão imaculada, possuia no seu triângulo um belo falo . Fiquei fascindo com aquilo e, pela primeira vez na minha vida, não resisti: cai de boca nele. Labi aquela cabecinha toda que já pingava o melzinho. Descia até a base, lambia o saco de bolas pequenas, e voltava ao pau, metendo na minha boca inteiro e mamando como um bezerrinho esfomeado. A Chris, percebendo minha empolgação, se aproximou de nós, foi me colocando numa posição confortável, deu umas lambidas no meu cu e disse que tinha trazido a nicole pra me "inaugurar" .
Meu cuzinho ficou louco. Piscava muito. A Chris aproveitou e passou a meter um dedo nele, depois dois, bem lubrificados com gel. Eu avisei que não aguentaria aquilo muito tempo. Foi aí que a Nicole encapou seu "piru" com o preservativo e veio se esfregando no meu anelzinho virgem. Eu dei uma leve empinadinha pra trás fazendo com que a cabecinha entrasse. A Chris falava besteiras no meu ouvido, passando sua língua dentro, mordendo meu pescoço, gemendo...
Sentia uma ardência gostosa nas bordas do cu mas, continuei forçando meu corpo pra trás no sentido do pau da Nicole. Ao perceber que tinha entrado tudo, me senti realizado. Tinha perdido meu cabacinho. Pedi pra Nicole comandar os movimentos. Ela passou a bombar lentamente seu pau pra dentro do meu cu. Era muito gostoso sentir aquele rolo de carne quente entrando e saindo. Nicole foi aumentando os movimentos com mais força e velocidade. Agora metia com toda facilidade pois, meu cuzinho estava totalmente relaxado e adorando ser penetrado por uma pica de verdade. Trocamos de posição várias vezes. Quando ficamos de "frango assado" olhando meus pés pretos sobre os ombros daquela pele tão alva, estiquei meus braços e passei a apertar os bicos dos seios de Nicole. Ela não aguentou. Soltou uma gemido rouco, bem alto e disse que ia gozar. Seu pau deu um engrossada e passou a liberar jatos de porra dentro da camisinha mas, eu sentia como se fosse dentro de mim, devido a pressão. Também não aguentei: gozei junto liberando muita porra no meu peito. Foi uma estréia brilhante pra mim: gozei sem tocar no meu cacete. Mas, ele permaneceu duro. Geralmente, isso acontece. Meu pau só amolece depois de gozar duas, três até quatro vezes. Foi aí que vi a Chris se masturbando ao meu lado. Puxei-a pra cima de mim e fiz ela me cavalgar com meu caralho preto enterrado na sua buceta. Ao ver o cuzinho dela, Nicole pôs outro preservativo e penetrou nele de uma só vez. Fomos bobando alternadamente, deixando minha gata fora de si. Gozamos mais uma vez. Ficamos os três acabados e satisfeitos. Depois desse dia, passamos a ser clientes Vips da Nicole e sempre que dava vontade, ela vinha pra nossa casa, passar o fim de semana conosco.

Obrigado por terem lido mais esse, espero que gostem. Deixem seu comentário e nota. Bjinhos da chris e do Edu!!!!!



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.