"Os mais excitantes contos eróticos"


Ruiva, linda e submissa


autor: OrdnaeL
publicado em: 12/09/17
categoria: bdsm
leituras: 1100
ver notas
Fonte: maior > menor



Olá me chamo Hermes e sou curioso em matéria de sexo, já provei muita coisa , e uma coisa me chamou muito a atenção últimamente, a arte da dominação. Sempre que eu via filmes de sexo que abordaram essa pratica me deixavam louco de tesão, e com vontade de fazer algo parecido em dominar  alguém, a torturar pelo prazer essas coisas, mas confesso que foi bem difícil encontrar uma mulher que topasse a experiência, até que no meu trabalho contrataram um estagiaria, nicolly que alguns dias virou nick. Uma ruivinha linda, 22 aninhos, com uma pele branca como a neve, um cabelo liso até os ombros e um bumbum delicioso que sempre ficava evidência nas calcas leggings que ela vestia, e um



belo par de seios médios que quase furavam as blusas que vestia, um tesão, mas sempre tímida e recatada. Eu como o mais novo do escritório meio que fiz as honras de a receber e deixar ela mais a vontade, mas isso nos aproximou, almoçámos juntos, conversávamos bastante e isso ascendeu em mim um tesão naquela capetinha, ficava imaginando como seriam aqueles peitinhos, se tinham os biquinhos rosados, onde ela deveria ter sardas era uma loucura, e ela se instalou numa mesa em frente da minha, nossa como eu viajava a cada movimento dela, pensando em tudo o que poderia fazer entre 4 paredes.



O tempo foi passando e nunca a vi falar de namorados ou coisa assim, mas um dia, numa bela quarta perto da hora do almoço o notebook dela deu pau ai ela me pediu pra usar o meu e eu deixei mas não me toquei de colocar senha nos meus arquivos e pesquisas sobre BDSM( Bondage, Dominação e sado masoquismo) tinham fotos, textos tudo o que me inspirava, enquanto eu mexia no note dela reparei que ela começou a corar e ficar vermelha, mas ao mesmo tempo vi um sorrisinho safado nela, e notei que ela estava com os biquinhos durinhos, MEU PAI!!!! Ela achou meus arquivos e agora? Consertei o note dela e acessei a minha máquina remotamente e pude ver o que estava a excitando, eram minhas fotos e vídeos de mulheres sendo dominadas, e eu fiquei fingindo que ainda estava consertando o note dela e vendo tudo, ela estava com os olhos vidrados na tela, mordia o lábio inferior e fazia uma carinha, foi difícil controlar a minha ereção na hora, e ela viu que 90% dos meus vídeos eram com ruivas, ela viu o que mais gosto, era uma mulher amarrada na cama, com um vibrador todo na bucetinha e o cara só olhando ela se contorcer e gozar varias vezes levando tapinhas na cara, na hora ela me olhou por cima da tela fixamente, nossos olhares se cruzaram e permanecemos alguns segundos assim, ai eu pra disfarçar disse: está pronto nick! Ela agradeceu e trocamos de lugar, antes de ir pro almoço eu não aguentei e corri pro banheiro pra me aliviar pensando nela é lógico. Quando voltei aliviado nós fomos almoçar, não trocamos uma palavra sobre o assunto mas vi que ela me olhava diferente, após o almoço na volta pra o escritório eu a convidei pra tomar um chopp no final do dia, afinal hoje é sexta e nada mais normal que um happyhour e ela topou na hora.
Nunca rezei tanto pra que o dia terminasse logo, mas o maldito relógio estava de sacanagem comigo, ufa! 17h. Arrumei minhas coisa feito um relâmpago e fomos num barzinho aqui perto mesmo e pedimos uma torre de chopp, papo vai e papo vem, chopp vai e chopp vem ai a banda tocou whish you where here do pink Floyd ai como estávamos já animados ela pegou minha mão e me arrastou pra dançar, nossa uma música lenta com a Nick meu coração quase saía pela boca, o toque da pele dela, o cheiro, aquele corpo gostoso colado no meu, não consegui me controlar e fiquei excitado, e ela sentiu meu pau duro encostando nela, eu tentei me afastar mas pra minha surpresa ela veio pra cima e colou mais ainda em mim e ficou se esfregando, sentido minha virilidade ao máximo, nos rendemos a um beijo longo, ao voltarmos à mesa...



Continuando:



Na volta pra mesa ela me confessou que tinha aberto meus arquivos no notebook e viu tudo o que eu tinha guardado lá, eu fiquei sem chão e ainda mais quando ela me disse que tinha ficado excitadíssima com as fotos e vídeos, e eu respondi meio sem graca que bom né? Ela disse que sempre fantasiou isso, ser amarrada, dominada até a exaustão.  Isso me fez engolir seco e na hora em que ela disse: mas eu queria que fosse com um cara legal, que eu confiasse de verdade e gostasse dele, tipo você ela me confessou, minha excitação foi a mil, eu disse com voz trêmula só se for agora? Paguei a conta voado, e fomos pro meu apartamento que ficava perto dali.



Ao chegar lá eu pus logo um sonzinho e um vídeo de bondage, ela ficou parada vendo a cena, e disse é isso que eu quero que você me dê Hermes!!! Eu disse HERMES não! Agora é SENHOR e dei um tapa na bunda dela que a fez ter um sobressalto e respirar fundo e dizer: sim senhor, sou toda sua! Então eu disse tire a roupa e fica só de calcinha, ela obedeceu de imediato, nossa que visão linda, não me controlei mandei ela tirar minha roupa como uma boa submissa,  quando ela ia tirando a cueca eu disse tire com a boca, ela obedeceu quando ela viu meu pau duro na frente dela ela disse PORRA HERMES QUE MONSTRO, eu repreendi e disse: por sua desobediência você será castigada nick, sentei no sofá e a mandei deitar debruçada nas minhas coxas, ela fez de pronto. A mandei empinar a bunda, baixei a calcinha até os joelhos e disse você vai levar 10 palmadas pra aprender a obedecer viu? Ela disse sim senhor, porém ela não viu que já estava com um bullet( se não souber do que se trata pode perguntar no meu pv) na mão. Sem ela esperar coloquei o bullet na bocetinha vermelhinha dela e liguei ficando com o controle na mão, ela tentou se mexer ai foi quando dei a primeira palmada ela prendeu o ar e disse aiiii senhor, eu respondi conte!!



Dei outra ai ela soltou um gemidinho de dor e prazer e disse "um"  e assim se seguiram as palmadas, plaft, "dois" quando dei a oitava ela já estava gozando e chorando, e disse que estava uma delícia,  plaft!! Nove, plaft dezzzzzzz ela amoleceu no meu colo, daí a peguei nos bracos e a levei pra cama, a amarrei de 4 toda Abertinha, e comecei a chupar ela toda, e apertar os mamilos ela gemia tentava se mexer e eu comecei a enfiar meu pau naquela xotinnha linda e coloquei de uma vez e meti meti meti bem forte ela gemia, chorava pedia mais e fiz minha ruivinha gozar mais uma vez, mas não parei quando eu estava prestes a explodir eu virei pra mim e gozei nos seios lindos dela dei um belo banho de porra na minha ruivinha safada e a fiz chupar meu pau todinho, e ainda lamber um pouquinho de porra que caiu no lencol. E até hoje temos encontros de BDSM, e outras coisas mais. Mais isso é assunto pra outros contos...







ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.