"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Fui enganado pela novinha do cu largo


autor: Anderson2001
publicado em: 13/09/17
categoria: hetero
leituras: 1844
ver notas
Fonte: maior > menor


Caros amigos , esse conto é real aconteceu comigo no sábado, e como não tenho amigos que eu possa relatar esse fato em segurança sem me prejudicar vou escrevê-lo aqui , bom vamos ao acontecimento .
A 1 ano a empresa que eu trabalho contratou uma menor aprendiz , que no caso tem 19 anos, eu nunca tinha reparado nela até ela vir para o meu setor a duas semanas atrás, no qual sou supervisor então me deram o dever de orienta-lá por 1 mês e meio , quaando peguei a ficha dela , comecei conversando com ela e descobri o nome , Jessica , ela tem um cabelo bem longo e olhos castanhos deve ter 1.65 e tem um corpinho bem lindo e todo no lugar e uma bundinha muito redonda, pelo pouco que vi na hora da apresentação do setor , bom logo os caras que trampam comigo ficaram de olho , pois ela seria a única menina no setor , na hora do almoço ela não conhecia o pessoal então sentou comigo , e ficou me fazendo algumas perguntas pessoais e logo pegamos uma certa intimidade, todos os dias ela chegava me dava bom dia e vinha pra minha sala pra trabalharmos , mas na segunda ela chegou meio triste , e eu perguntei o que houve , ela disse que o namoradinho dela da igreja tinha terminado o namoro por ouvir boatos dela , ela me contou chorando que os boatos eram falsos e que ela ainda era muito pura , foi então que eu perguntei quais eram os boatos , ela ficou toda vermelha e me disse "eles falam que eu já dei o rabo pra geral da minha rua , mas isso é mentira , eu não penso nessas coisas "foi então que eu ri e perguntei a ela , qual o problema se tivesse dado é normal Jessica , você não deve se envergonhar , ela deu uma sorrisinho e me deu um abraço bem apertado, acho que ela sentiu como eu estava duro por abraçá-la, logo depois quando estávamos indo embora ofereci uma carona, sou casado então preferi sair um pouco mais cedo no horário dela só pra oferecer uma carona e não me complicar em casa , bom ela aceitou fomos conversando o caminho é ela estava com uma calça leggin tão apertadinha que conseguia ver a bucetinha dela sendo dividida, aquilo me deu um tesão imenso e ela percebeu , foi então que estavamos quando chegando quando ela falou " Anderson tá de pau duro ?kkkk" e eu respondi " há é que você é tão linda , atraente não tem como não ficar " ela na hora se debruçou " posso tocar ? " com uma cara de curiosa eu ri de nervoso e abri a calça , fiquei pensando ela deve ser virgem e nunca viu um pau, porém ela já pegou com uma firmeza meu pau que o tesão só aumentou , eu perguntou, "você quer experimentar? " ela já abocanhou e foi babando a cabeça do meu pau, cara que delícia aquela linguinha fazendo pressão na cabeça e escorregando até o talo, ela foi mamando e engolindo aos poucos como uma profissional, no fim gozei na boquinha dela , e a safada bebeu tudo me surpreendeu, logo perguntei " você já fez isso antes não é safada? " ela apenas riu , pedi pra ela ir à algum lugar próximo pra federal aquela bucetinha, naquele momento eu não estava nem pensando na minha esposa e no horário, só queria foder a Jessica de qualquer jeito , fomos pra um motel próximo e já fui jogando ela é tirando a roupa , quando ela abriu a perna vi a bucetinha babando molhada e me chamando, mas vi ela não queria que eu metesse então se virou e sussurrou, " só no cuzinho amor" cara eu delirei , quando ela se virou vi o estado do cu, largo, arrombado , sem pregas , ela só segurou a bunda com as mãos e o cuzao já se abriu sozinho eu não acreditei, mesmo assim enterrei meu pau naquele cu e nem cuspi nada nem lubrifiquei só meti arregacei o cuzao , abrindo cada vez mais , quando gozei só queria ver a minha porra escorrendo daquele buracão, eu babei de tesão naquele cu, fiquei pensando como pode tão nova e tão larga arrombada que delícia, nada cansado meti de novo e ela gritando " me arromba safado, jorra leitinho no meu rabo, depois vou falar pro meu namoradinho da igreja que mais um estragou meu cu aí que delícia amor vai , come meu cuzao arromba vai " gozei só de ouvir aquilo mas dei uma ordem , " segura minha porra no seu cu , até chegar em casa , liga pro seu namoradinho da igreja , e converse a ir na sua casa , e de esse cu pra ele hoje ! Deixa minha porta escorrer enquanto ele te come , quero ver isso !"
Eu pensei que seria uma tarefa impossível que seria só da minha imaginação se ela realmente fizesse pois o cara era da igreja, no caminho da volta fui conversando com ela sobre os boatos, perguntei " então é verdade não é, tá toda arrombadinha pelos caras da rua não é " ela riu e disse " é mais o menos , mas ainda sou virgem por causa da igreja , não vejo nada de errado em dar o rabinho eu adoro e todos tbm adoram até se surpreende comigo " ...então deixei ela em casa e ela disse que faria , eu apenas ri e fui pra minha, tive que dar uma desculpa pra minha mulher mas ficou tudo bem .
No ia seguinte ela chegou no trabalho rindo, toda feliz dizendo que queria falar comigo no almoço, então fui almoçar ela me chamou em uma mesa mais afastada , com o celular na mão disse que queria me mostrar um vídeo que fez ontem.
Eu não acreditei quando vi , ela tinha colocado o celular em uma cadeira perto da camá com umas roupas segurando e escondido , estava ela sentada no colo do menino da igreja com o cuzao atolado , com a rola dele mediana , e quando ele começou a meter , a minha porra começou a sair escorrendo pelo pau dele todo, e foi saindo e o cara nem percebeu , logo depois de uns minutos ele gozou pouco naquele rabo, fiquei até com pena , pois aquele rabo aguenta litros de porra quente ...bom depois disso continuei conversando com a Jessica e comi aquele cuzao 9 vezes essa semana , tá dilacerado mas não canso de ver aquela vagabunda com o cu cheio de porra, estou fazendo ela ir embora todos os dias com porra no cu.
Minha empresa não poderia ter feito escolha melhor pra mim .



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.