"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Da internet para o real. 1º encontro


autor: madjunior
publicado em: 14/09/17
categoria: hetero
leituras: 851
ver notas
Fonte: maior > menor


Estava navegando por um desses sites de relacionamento; naquela parte onde se clica sim ou não nas imagens dos perfis de usuário. Passei por uma morena, cliquei sim e entrei no perfil para ver outras imagens e ler o perfil dela. O perfil me agradou muito, me identifiquei com suas qualidades. As fotos então! Uma morena de 38 anos com uma pele de jovem, um corpo fenomenal. Embora não tivesse fotos nua ou de biquíni, fiquei muito atraído e curioso após vela com uma blusinha vermelha decotada, um par de seios volumosos e lindos (adoro seios, me chamam muita a minha atenção. Fiquei encantando e cheio de vontade daquela mulher. Mandei uma mensagem e em seguida, como já era tarde, fui dormir.
No outro dia, quando cheguei do trabalho liguei o computador, entrei no site novamente e lá tinha um alerta de mensagens. Cliquei e lá estava uma mensagem de retorno daquela morena maravilhosa. Ela estava on-line, começamos a conversar e ficamos por horas e fizemos isso dia após dia. Fomos gradativamente ficando muito íntimos, parecia que nos conhecíamos há anos. Essa intimidade foi lentamente e naturalmente ficando mais quente e quando nos demos contas já estávamos falando cada vez mais sacanagens que nos deixavam cheios de tesão. Dali foi um passo para já estarmos fazendo sexo on-line e também por telefone. Consequentemente começamos a planejar de nos encontrar. Amadurecemos a ideia e foi o que fizemos, marcamos encontro. Antes do encontro fiquei muito ansioso e tocava varias punhetas imaginando como seria ter aquela linda e gostosa mulher nos meus braços.
Enfim, chegou o dia. Uma sexta-feira. Durante o dia ficamos fazendo os últimos acertos de como faríamos, que horas e onde. Depois de tudo acertado paramos de falar.
Havíamos marcado em uma estação de trem. Quando cheguei procurei e no meio de tanta gente não conseguia a identificar. Foi quando olhei em direção as escadas e lá estava ela, ainda mais linda e maravilhosa que nas fotos e vídeos. Caminhamos em direção um ao outro e eu fiquei perdido, não sabia se cumprimentava com um beijo no rosto ou na boca. Foi quando ela sem titubear me deu um selinho e nos abraçamos. Fiquei sem jeito. Logo demos um longo e delicioso beijo num abraço bem apertado (E, como ela beija gostoso. Que lábios macios!)

Bebemos, conversamos, demos risada e vez por outra nos beijávamos gostoso. Até que em um determinado decidimos ir embora e, é claro, não para nossas casas..rsrs
Nos dirigimos à um motel que ficava do lado da estação. Esse motel tinha uma sala de espera. E nessa sala enquanto esperávamos a arrumação do quarto, nos beijamos muito e cheios de tesão que estávamos começamos a deslizar mãos para tudo quanto é lado em nossos corpos. Que Delicia!! Meu pau estava explodindo de tanto tesão que eu estava.

Entramos no quarto. Um quarto muito aconchegante, pois tinha até mesmo um sofá bacana em que sentamos e conversamos mais um pouco. Começamos a nos beijar novamente cheios de tesão e desejos. Tiramos vagarosamente a roupa um do outro. Foi quando tirei seu soultien e eles revelaram aquele par de seios que eu estava curioso pra ver. Simplesmente deliciosos, caí logo de boca mamando gostoso e firme neles, igual a um bebe com fome. Ela me convidou para o banheiro dizendo que ia me dar um banho. Humm...adorei a ideia. No chuveiro, peladinhos, beijando, desliando as mãos, ela olhos em meus olhos e começou beijando meu queixo, pescoço e foi descendo me lambendo todo, como que provando e sentindo meu sabor. Quando já ajoelhada, olhou novamente em meus olhos e fazendo uma cara bem safada e cheia de apetite abocanhou a cabeça do meu pau que quase gozei de cara de tanto tesão. Ual! Boca macia, ia mamando devagar e passava a língua na cabeça, tirava da boca e lambia e chupava minhas bolas; noutros momentos lambia ele de cima a baixo degustando minha rola toda. Começou a me chupar de forma mais frenética quando não aquentei e anunciei que ia gozar. Ela com meu pau na boca balançou os ombros, querendo dizer que tudo bem, podia gozar. Um tesão incontrolável veio, e comecei mandar jatos de porra quente dentro da boca dela que sugava e não deixava escapar uma gota sequer, pegou e engoliu toda minha porra quentinha sem dó, fazendo ar de gulosa. Levantou e me beijou intensamente.
Saímos do banho e deitamos na cama. Me bateu novamente um tesão louco novamente. Comecei beija-la e logo desci para seus lindos seios, chupando eles bem gostoso e carinhoso, mordiscando os bicos, passando a língua, apalpando.
Ela me pediu com uma voz gostosa e sedutora:
- Enfia em mim.
Eu respondi:
- Enfio sim, pois quero te sentir.
Enfiei naquela bucetinha molhada, gostosa e macia. Humm...meu pau foi entrando, fui dando bombadas leves e fui aumentando a intensidade. Logo ela me virou, ajoelhou em cima de mim, passou a mão no meu pau e o conduziu pra dentro de sua buceta novamente e começou a cavalgar no meu pau se tremendo toda de tesão. Ate que ela explodiu num orgasmo arranhando meu peito todo e gemendo bem alto, se contorcendo de prazer. Logo em seguida gozei quase que junto preenchendo o orgasmo dela gozei gostoso com o pau enfiadinho nela.
Nossa! Que deicia! Foi um espetáculo de transa!!
Descansamos, e a noite toda foi para nós. Transamos e gozamos muito.
Depois disso?
Namoramos por seis anos e fizemos muitas e muitas loucuras deliciosas que irei contar em outros contos! Até a próxima!
Espero que tenham gostado!




ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.