"Os mais excitantes contos eróticos"


Perdendo a virgindade com uma baiana


autor: Le79
publicado em: 12/01/18
categoria: virgindade
leituras: 848
ver notas
Fonte: maior > menor


Olá a todos essa é a primeira vez que eu escrevo um conto erótico relatando como perdi minha virgindade com uma moça que tomava conta de mim e dos meus irmãos.
Espero que gostem.


Desde que me conheço por gente eu já era bem safadinho adorava ficar batendo uma punheta....
E depois que minha avó trouxe uma menina da Bahia para tomar conta de mim e dos meus irmãos então... Kkk
Ela era uma morena com corpo um espectacular coxas grossas um bumbum daqueles de encher os olhos que só de lembrar me deixa de pau duro..
Ela tinha 18 para 19 anos e eu já não era tão menininho assim tinha 12 anos.
Já dá para imaginar então né molecote hormônios borbulhando.
Quando eu a vi pela primeira vez não tirei mais os olhos principalmente daquelas coxas..
Ela estava sempre de saia ou vestido e claro aquilo aguçava  ainda mais o meu tesão.
Quantas e quantas vezes eu me masturbei no banho pensando nela imaginando como seria embaixo daquele vestido como séria o formato da buceta dela.
Houve uma vez que quase ela me pegou batendo punheta no banheiro como eu morri de vergonha nesse dia... Kkkk
Tenho comigo que depois desse dia ela passou a me olhar diferente.
Muitas e muitas vezes ela sempre me pegava a olhando, e claro eu estava com aquela cara de tarado porque eu não conseguia tirar os olhos daquela bunda enorme que ela tinha.. Rs
Ela sempre me perguntava tá olhando o quê hein
e eu claro todo sem graça dizia nada..
Aiai você ela dizia... Rsrs
Como a gente morava em um lugar onde não podia sair para rua o jeito era ficar dentro de casa mesmo.
Então brincávamos no quintal ou dentro de casa.
Ela parecia uma criançona estava sempre na bagunça com a gente.
Claro que o malandro aqui não perdia uma oportunidade de dar uma roçadinha nela na hora das brincadeiras... Kk
Ela tinha o hábito de sempre colocar meus irmãos para dormir à tarde e claro eu também, não gostava muito mas obedecia.
A gente sempre deitava em um carpete que havia no quarto e claro eu não perdia a oportunidade de ficar olhando para aquelas coxas maravilhosas e olhar por debaixo da saia dela enquanto colocava meus irmãos para deitar.
Vira e Mexe dava pra ver a calcinha dela principalmente quando ela baixava.
Eu ia a loucura quando via aquela calcinha toda enfiada naquele rabetão...
Claro tudo isso disfarçadamente.. Rsrs
Até que tinha suas vantagens deitar no meio da tarde, porque eu sempre dava um jeitinho de ficar deitado do seu lado.. Rs
Ahhh como eu adorava ficar deitado do lado dela só para ficar sentindo seu cheiro..
Até que um belo dia como de costume fizemos o de sempre muita bagunça só que com uma única diferença como dia amanheceu muito chuvoso não podíamos sair para ir brincar no quintal então tinha que ficar dentro de casa o dia todo.
Já sabe como é para criança ficar preso dentro de casa né principalmente em dias chuvosos.
Então como não tinha nada para fazer ela disse que iríamos tirar o cochilo da tarde mais cedo naquele dia.
Meus irmãos claro já fizeram uma cara dizendo que não que não queria deitar.
Eu por outro lado nem liguei já que eu ia ficar deitado do lado dela.. Rs
Então deitamos, eu do lado direito dela e os meus irmãos do lado esquerdo tagarelando..
Como estava frio nesse dia ficamos todos em baixo da mesma coberta.
E nesse dia ela estava de vestido do jeito que eu gosto.
Conversa vai conversa vem, meus irmão tagarelando, e eu do lado dela morrendo de tesão, sentindo calor dela perto do meu.
Não resisti e comecei a alisar as coxas dela disfarçadamente por baixo da coberta.
Por incrível que pareça ela não tirou minhas mãos.
Então eu continuei acariciando passando a ponta dos meus dedos sobre sua pele deslizando bem devagarzinho sentindo suas coxas quentes e macias.
Então eu me atrevi um pouquinho mais comecei a subir, levantando seu vestido chegando perto da sua calcinha.
Nesse momento ela parou de falar e me deu uma olhada que eu quase gelei..
Mas para minha surpresa ela chegou um pouquinho mais para perto do meu corpo arrebitando aquele rabo enorme para perto do meu pau que naquela altura já estava estralando de tão duro.
Então eu comecei a passar a mão por cima da calcinha e sentir o calor da buceta dela..
Hmmmmm só de lembrar meu pau lateja..
Então eu comecei a fazer um movimento de sobe desce por cima da calcinha, subindo e descendo subindo e descendo.
Acariciando deliciosamente, como eu sonhava com aquele momento de tá passando a minha mão naquela buceta mesmo que por cima da calcinha.
Eu percebi que ela já não estava mais conseguindo falar direito devido a excitação que estava sentindo.
Meus irmãos tagarelando e eu lá disfarçadamente fazendo um carinho na buceta dela.. Rs
Nesse momento a única coisa que ela só fazia era humhum humhum concordando com a  tagarelice dos meus irmãos.. Kk
Até que finalmente eles dormiram.
Então ela bem devagarinho se virou de barriga para cima para que eu pudesse acariciar melhor sua bucetinha.
Então eu aproveitei o momento que ela fez isso e enfiei a mão por debaixo da calcinha nossa como aquela xota estava molhadinha hmmmmm
Eu comecei a bolinar seu grelo que já estava extremamente duro.
Eu ficava passando a ponta do meu dedo em volta dele, enfiava meus dedos dentro daquela grutinha e depois voltava acariciar seu grelo duro gostoso.
Ela estava ficando cada vez mais ofegante e me olhava com aquele olhar me pedindo para foder ela.
Minha mão estava praticamente encharcada da buceta dela hmmmmmm
Até que ela baixou alça do vestido e tirou um dos seios para fora para que eu pudesse chupar hmmmmm que delícia mamar aqueles seios que estava extremamente durinhos..
Eu chupava com tanta vontade passava minha língua em volta do mamilo enquanto acariciava aquela buceta que estava encharcada.
Então nesse momento ela começou a acariciar meu pau por cima da bermuda.
Fazia aquele sobe desce com a mão e apertava ele com tanta vontade.
Até que ela não resistiu e enfiou a mão por dentro da minha bermuda nossa que sensação maravilhosa foi sentir aquela mão pegando no meu pau.
Hmmmmm aquela masturbação entre nós dois que sensação que delícia.
Então ela parou de punhetar e disse bem baixinho para mim:
Vou tirar minha calcinha e vou ficar de costa para você e eu quero que você me coma bem gostoso de ladinho..
Então abaixei um pouquinho minha bermuda deixando meu pau todinho para fora..
 Ela arrebitou bem aquele rabão para que eu pudesse penetrar bem gostoso por trás.
Então eu comecei a passar a cabeça do meu pau na entrada da sua bucetinha nossa que sensação maravilhosa foi sentir aquela buceta quente.
E fui metendo bem devagarinho..
E comecei um movimento de para frente para trás para frente para trás para frente para trás bem gostoso...
 Nesse momento ela pega minhas mão e leva até teus seios.
E eu começo a acaricia-los enquanto eu a penetro.. Hmmmmmm
 estava tão gostoso aquela foda..
Eu fui aumentando a velocidade cada vez mais nossas respiração indo no mesmo ritmo..
Eu fui metendo mais mais mais mais mais até que que ela disse com uma voz bem ofegante quer gozar dentro da sua baianinha quer, quer gozar meu safadinho quer??
 Eu disse quero, quero muito minha baiana safada quero quero muito..
Então goza vá, goza dentro da buceta da sua baiana goza..
Eu também vou gozar junto com você meu taradinho safado
Hmmmmmmmmm
Comecei a bombar com mais força até que gozamos juntos.

Ficamos um tempo ali agarradinhos acabamos até adormecendo na mesma posição em que estávamos metendo eu atrás dela.

Foi maravilhoso esse dia nunca me esqueço.

Depois desse dia houve outras travessuras mas essa já é uma outra história que eu conto para vcs outro dia abraços.

 Quem gostou deixe seu comentário.



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.