"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Calcinha Branca


autor: sr cafajeste
publicado em: 08/11/15
categoria: hetero
leituras: 7139
ver notas
Fonte: maior > menor


Como Alguns leitores sabem, sou segurança em São Paulo aqui bairro Pacaembu. Com essa crise de hoje em dia tive um idéia de tirar uma grana extra em meus horários e dias de folga, pensei em virar Dog Walker, isso mesmo, para quem não conhece a profissão Dog Walker são aqueles passeadores de cães, que levam cachorros para passear, brincar na rua, como aqui próximo, Higienópolis, Pacaembu, Perdizes são muitos prédios achei que seria uma boa estratégia, fui pedir orientações à donos de Pet Shop, fiz uns cartões de visitas, ficou show, e claro que ali não poderia faltar meu whats para contatos com clientes.

Demorou uma semana após entregar os cartões em vários locais para a primeira ligação, um senhor perguntando como funcionava, valores e etc, fechamos acordo e então Sr Luiz foi e Belly sua linda cachorrinha foram meus primeiros clientes.

Comecei a divulgar também meus trabalhos pela internet em rede sociais, e foi um sucesso, pela que tinha apenas três horas por dia e um dia na semana com o dia todo livre. Conseguir cinco clientes fixos durante minha hora de almoço e após o meu expediente de trabalho. Mas mesmo assim, meu whats as vezes ainda aparecem clientes afim de contratar o Dog Walker, e tenho uma cliente fixa a Dona Mary, que sempre conversa comigo pelo whats, tipo me fala os dias que posso ir ou não ir, os horários que dá para passar lá essas coisas sobre seu cachorro Merlo.

Dona Mary é uma moça de uns 28 anos, loira, casada, ela tem loja de roupas e seu marido Dr Carlos é Médico.

Dona Mary é uma mulher linda, loira, um corpaço, passeava em frente ao condomínio em que trabalho com Merlo (seu cachorro) todos os dias de manhã, era quase certo que todos os dias as sete horas ela passava aqui, nessa época era apenas bom dia, uns sorrisos e troca de olhares. Ela sempre estava com uma calça legue,uma blusinha e um top por baixo, sem sutiã que dava para ver aqueles biquinhos durinho dos seios logo cedo, que delicia.

Logo quando fiz os cartões ela foi a primeira pessoa para quem eu entreguei o meu cartão de visita;

Bom dia tudo bem? Desculpe ser assim tão ousado mas é que já notei a senhora todos os dias no mesmo horário por aqui passeando com esse lindo cachorro, e agora com essa crise que estamos estou também fazendo serviços de Dog Walker, se a senhora se interessar aqui está meu cartão.

Poxa que legal, bacana, eu vejo você também aqui todos os dias, mas infelizmente não preciso anjo, eu mesma passeio com o Merlo e já faço minha caminhada diaria com ela, mas se um dia eu precisar eu entro.em contato, Nick é seu nome né, e esse aqui é seu número?

Isso prazer, meu número e whats se quiser, face e Twitter também para ver e conhecer mais sobre.meu trabalho. Desculpa mas seu nome é?

Mary pode me chamar de Mary também. Tchau.

E lá se foi aquela loira deliciosa, com uma legue amarela toda apertada, um top preto com seus seios acesos, que delicia. Bom infelizmente não tive sorte com ela, mas fui entregando os cartões e conseguindo clientes, e Dona Mary todos os dias passeava por ali, até que um dia ela me perguntou;

É Nick né? Eu vi seus trabalhos suas fotos na internet, poxa achei bacana viu sua iniciativa, com essa crise mesmo uma boa saída de emergência né. Então eu acho que vou precisar viajar e ficar ums dois meses fora do Brasil, como tenho apenas uma funcionária la em casa e ela tem dificuldade de andar não terei ninguém para poder passear com o Merlo, será que dava para fecharmos um pacote por esses dois meses?

Claro que dá Dona Mary, eu vou ver o orçamento para a Senhora e te mando por email ou algum contato seu pode ser?

Ótimo, vou te mandar uma mensagem agora pelo whats.

Então ela me mandou um oi, recebi, disse a ela que naquele mesmo dia mandaria para ela o orçamento e tudo mais. Na parte da tarde quando sair do primeiro trabalho, fui para o segundo, passeando com os cães, mandei a mensagem para ela, dizendo quanto ficava, claro que fiz um preço bem bacana pelos dois meses, ai ficou acertado de eu pegar o Merlo logo cedo as seis da manhã e na parte da tarde as dezenove horas, andando meia hora com ele nesses dois períodos de segunda a sexta.

No primeiro dia as seis da manhã chego no condomínio da Dona Mary, peço para interfona no Apartamento dela dizendo que o Nick está em baixo e para minha surpresa o porteiro diz;

Dona Mary pediu para o senhor subir, disse que está sem empregada hoje, tudo bem?

Claro, diga que vou subir.

Então subi pelo elevador de serviço, encontro já a porta aberta e o Merlo vem todo animado para cima de mim, pego ele no colo brinco faço carinho quando na porta aparece Dona Mary, de camisola azul transparente, aquela loira ali na minha frente de camisola meu pai, que tentação, sem sutiã, só de calcinha por baixo;

Poxa Nick, me desculpa te atender assim, minha funcionaria teve um problema particular e não durmiu em casa essa noite, eu até. iria avisar para você vim apenas na parte da tarde que ela estaria aqui mas acabei esquecendo, e como tinhamos combinado né aqui está, olha ele é tranquilo, manso, só não deixa ele sem coleira tudo bem. Quando você subir nem precisa me chamar é só vim tirar a coleira dele e deixar ele entrar e encostar a porta por favor tudo bem? Já vou deixar avisado o porteiro que você vai vim esses dois meses.

Sem problemas Dona Mary. Vamos Merlo, vamos.

Então sai, mas sai daquele jeito, vendo aquela loira toda deliciosa daquele jeito, não sei se ela percebeu que estava com uma camisola transparente, mas eu percebi e muito. Logo na volta deixei Merlo lá mas nem avisei nada, como tinhamos combinado deixei e sai fora. Na parte da tarde quando fui pegar Merlo encontro senhora Nina, a funcionária da Dona Mary desde quando ela era bebê. Ela me disse que Dona Mary havia viajado naquela tarde, e então passei esses vinte dias conhecendo um pouco mais da Senhora Nina, ela era muito educada, me oferecia água, biscoitos as vezes até jantar, numa tarde quando entro para pegar Merlo vejo no varal umas calcinhas pinduradas, umas cinco, todas fio dental, e logo imaginei que seria da Dona Mary, porque a senhora Nina nunca usaria, bom sei la né;

Que isso menino olhando as calcinha da sua patroa, olha cuidado hein, o chefe é muito ciumento se ele vê isso manda te matar.

Fiquei sem graça e tentei mudar de assunto, mas ela soltou uma coisa que eu queria saber;

Bem que ela está merecendo um macho mesmo de verdade, mau humorada, aquele marido nem deve da no coro, bem que você poderia resolver esse problema dela viu garoto, ela me disse que adoraria se aventurar com um homem mais novo.

Para nunca que ela iria dar bola para mim, Dona Mary aquela loira linda, culta, inteligente. Sei não.

Vai por mim garoto, eu conheço aquela ali oh desde quando saiu da barriga da mãe, se faz de santa na frente do Dr Carlos, mas depois que ele vira as costa ela o chama de corno para cima.

Na última semana que eu estava com Merlo, dona Mary me manda uma mensagem no whats;

(Whats Dona Mary)

E ai Nick, como está indo os passeios com o Merlo, ele está obedecendo direitinho? A Nina me disse mesmo eu estando longe ele está muito feliz por você andar com ele todos os dias, muito obrigada viu, próxima semana eu chego e acertamos tudo. Beijos

Ah sim Dona Mary, está tudo tranqulo, muito bom saber que a senhora estará de volta logo, mas ruim saber que vou ficar sem passear com o Merlo.

Bom eu estive pensando em umas.coisas, mas assim que eu chegar conversamos tudo bem? Beijos.

Fiquei muito feliz nessa ultima mensagem, por saber que ela não entendeu minha indireta e também por talvez eu continuar como passeador do Merlo.

No ultimo dia de paseios como Merlo, ainda as calcinhas da Dona Mary estavam lá na parte da manhã, eu não me contive e peguei uma, branca, fio dental transparente, só de pegar na mão meu pau subia, coloquei rapidamente no bolso antes que a Senhora Nina desconfiasse. Mas na parte da tarde quando fui pegar Merlo Senhora Nina me perguntou;

Menino, você por acaso pegou alguma calcinha da Dona Mary?

Euu? Jamais, que isso senhora Nina,

Bom, espero mesmo, porque se ela vinher me pergunta de alguma calcinha dela, vou falar que foi você.

Já era tarde de mais, a calcinha dela já estava no meu armário no serviço, então fui passear com Merlo, voltei e entreguei ele a Senhora Nina, dei um beijo, um abraço nele, e me despedi dele. Senhora nina me entregou um cheque dizendo que Dona Mary tinha deixado pronto antes de viajar. No cheque o valor era vinte porcento a mais do que tinhamos combinado, que maravilha.

Na segunda feira de manhã lá vem Dona Mary e Merlo, de calça legue branca, top vermelho uma delicia. Veio e me entregou um envelope na minha mão;

Muito obrigado por esses dois meses com o Merlo viu Nick, poxa, percebi que ele ficou bem mais feliz e hoje na parte da manhã ele ficou la na porta te esperando tadinho, por isso queria conversa contigo sobre um possivel contrato mensal que tal? Ah e esse é meu agradecimento por esses dois meses e o seu pagamento.

Poxa Dona Mary, eu que agradeço por essa oportunidade, e por esses dois meses com o Merlo, ele é uma doçura um amor, e a Senhora Nina também. Mas fala em Senhora Nina ela já me pagou, me deu um cheque disse que a Senhora tinha deixado com ela entes de viajar.

Sim tinha mas esse é um extra, você merece. Bom deixa eu ir la depois de puder, pode passar la após seu segundo trabalho para acertamos o contrato tudo bem?

Claro que pode deixar. Tchau.

Ela se foi, quando passou deu para ver que estava de fio dental vermelho, que delica, gostosa de mais. Abro o envelope que ela me deixou e la estavam um valor que ela tinha me deixado e um bilhete. “Quero minha calcinha de volta, comprei ela em Paris, seu safado tarado, ladrão de calcinhas.”

Putz fiquei todo vermelho, até pensei em não ir mais, pedi para mudar de posto, que merda eu fui fazer.

As vinte e uma horas, criei coragem e fui la, deixei o medo de lado e fui com um pensamento safado de que ela estava querendo algo a mais. Cheguei la o porteiro pediu para subir pelo elevador social, na porta Dona Mary com um mini vestido e uma blusinha sem sutiã, me descontrolo e meu pau fica duro e eu muito excitado.

Trouxe o que eu te pedi? Se não pode ir embora e nunca mais você entra aqui.

Tirei a calcinha do bolso e mostrei a ela, ela pegou a calcinha mandou eu entrar, fechou a porta, e na minha frente vestiu a calcinha;

Que homen safado, cachorro, iria me deixar sem a calcinha que mais gosto? Olha aqui, olha como essa calcinha fica no meu corpo cachorro, você iria mesmo me deixar sem ela?

Ali meu pau já estava mais que pulsando, estava vibrando, louco de vontade de agarrar aquela safada ali na minha frente, ela chega perto de mim, passa a mão por cima do meu pau;

Nossa que delicia, já está todo excitado hein, se achou o esperto achando que eu não iria descobrir que voce pegou uma calcinha minha porque tinha varias la no varal né, mas para seu azar pegou a calcinha que mais gosto menino malvado hein.

Desculpa, eu fiquei louco olhando aquelas calcinha e imaginado elas em você, desse jeito, uma delicia. E não me contive. Cade a senhora Nina? Doutor Carlos?

Dispensei ela para ir para casa hoje e o corninho só vem mais tarde, agora você vai aprender a não pegar calcinhas do varal cafajeste.

Meu aquela mulher estava me tirando do sério, estava a ponto de bala, resolvi virar o jogo e mostrar para ela que não sou nenhum bobinho assim. Joguei ela no sofá e a beijei loucamente, passando a mão pelo seu corpo todo, abaixando sua blusinha que deixasse seus seios durinhos para fora, apertei e chupei aqueles seios;

Nossa, que garoto mau, se tranformou é? Mas no meu jogo quem mando sou eu.

Nada disso, você manda em quem te obedece, porque no meu jogo quem da as regras sou eu, e quem obedece é você.

Desci tirei a calcinha dela, cheirei coloquei na boca;

Ah, essa calcinha aqui já era, pode trazer outra igual de Paris, essa é minha safada.

Fui abri as pernas dela em cima do sofá deixei ela toda arreganhada e fui chupar aquela buceta toda deliciosa, lisinha, cheirosa e gostosa.

Ahhhh caralho que que isso? Isso não estava em meus planos, nunca que um homem me dominou assim, hummmm Fdp chupa essa gostoso então chupa, quero ver se é esse machão mesmo mesmo. Vaiiiii

chupei gostoso, meti meus dedos e brinquei chupando e metendos os dedos naquela xoxota toda molhadinha, até ela gozar nos meus dedos. Aquele barulhinho de buceta melada e sendo maltradada pelos dedinhos e gozando me enlouquece. Levei meu pau a boca ela e a cachorea sabe chupar um pau bem gostoso, chupa e muito, ela engole tudo, chega a sair lagrimas do olho da safada ela engasga tira meu pau todo babado da boca e coloca novamente.

Isso putinha, pelo jeito esse Doutor Carlo deve ser um corno manso ne vadia. Gostosa safada. Chupa esse pau, e chupa gostoso hein se não quem vai ser maltratada aqui é você Safada.

viro ela de quatro em cima do sofá e enfio meu pau naquela buceta sem dó, meto com raiva naquela cachorra, ela grita, geme, pede mais.

Uhuuuu nossa, que gostoso, é disso que eu precisava, é isso, ahhhh seu fdp, seu cachorro, mete nessa vadia, nessa puta mete, fiquei dois meses com aquele corno viajando e não encontrei nenhum pau por la. Agora tem você aqui, que delicia, vai caralho fode mais, acaba comigo vaiiiii, estou gozandoo caralhoo.

Metendo naquela buceta e enchendo aquela bunda branca daquela loira gostosa de tapa, ela estava ficando toda vermelha, quando disse que iria gozar a vadia vem como uma cadeka se ajoelha e abre a boquinha para receber meu gozo, ela engole tudo, mas não para, começa a chupar meu pau novente dizendo que quer mais, meu pau ainda duro na boca delae um sinal verde. Agora eu sento no sofá e a safada vem cavalgar no meu pau, ela senta gostoso e forte, logo goza e molha todo o sofá;

Nossa que delicia, você é um macho incansável, é disso que sempre estive atrás e nunca achei, que loucuraaaa porra que delicia. Vem vamos, vamos para meu quarto, quero gozar lá, na minha cama.

Peguei ela no colo e fomos até seu quarto joquei ela na cama e a comi de bruços, que delicia, tirei meu pau e fiz o teste do cuzinho, pedi para ela empinar aquela bunda gostosa, chupei lambuzei e enfiei um dedo, dois, três, ela empinou ainda mais, tirei o dedo e enfiei meu pau;

Mentira isso, mentira, nao isso é loucura, primeiro homem que fode meu cu sem eu liberar, que delicia, nossa você é um macho completo.

Nossa que bunda gostosa, uma loira maravilhosa tem uma boca e uma.buceta deliciosa e agora um cuzinho apertado que aguenta tola fácil ne vadia. Vou encher gozar no seu cuzinho delicia. hummmmm caralho que gostosa, bom de mais porra uiiiiii.

Meti funfo naquela bundinha dela deliciosa, ela gritava, e metia mais, mais, muito, que mulher era aquela, depois de uns quinze minuitos comendo aquele cusinho delicioso eu gozo gostoso, enchendo ele de porra, e ela se joga na cama;

Ahhh caralho, você me arregaçou, acabou com minha buceta e meu fdp, aiiiii, que delicia, menino você deveria fazer filme porno, loucura de homen. Olha meu cu cheio de porra e todo arrombado caralhoo. Que foi isso hein?

Isso foi para você aprender a jogar meu jogo, e quando você souber mandar de verdade e me dominar eu serei o seu escravo, mas eu vi que a escrava aqui é você safada.

Vesti a roupa, peguei a calcinha dela novamente e fui embora. Até hoje ainda nós encontramos, sempre que ela pedi para subir pelo social ja sei que ela está no Cio e vou la dar um trato nela.

E foi isso ai galera mais uma aventura do Sr Cafajeste.

Desculpem pelos erros.

srcafajeste.sp@gmail.com

whats (11)971514092



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.