"Os mais excitantes contos eróticos"

 

perdendo a virgidade com meu


autor: cleilyne
publicado em: 20/11/15
categoria: incesto
leituras: 25294
ver notas
Fonte: maior > menor


Olá me chamo Anita, tenho 14 anos, cabelos longos, castanho, pele clara, 1;58 de altura, um corpinho de deixar qualquer homem de queixo caído.
Tudo começou quando meu irmão começou a levar seu amigo Sergio a nossa casa, ele era bonito, braços fortes, moreno, eu ficava louquinha com ele, e assim que o vi pela primeira vez, fiquei decidida que era com ele que eu ia perde a virgindade, custe o que custar. Sempre que ele ia eu vestia aqueles vestidinhos bem curtos, marcando a cintura, e via como ele me comia com os olhos, eu ficava me insinuando pra ele o tempo todo, e via como ele gostava disso, pois ele era mais velho, e estava doido pra comer uma novinha, foi ai que meu irmão vendo tudo aquilo acabou me dando uma bronca daquelas na frente dele, mas eu nem me importei, mesmo vendo como estava a situação continuei ali com eles, quando meu irmão convidou ele pra passar o final de semana no sitio, e eu logo falei eu tb vou, afinal e nosso o sitio né?
e o Sergio dele logo aceitou, pensei comigo mesma, desse final de semana não passa.
Fomo-nos 3 ao sitio, tomamos banho na piscina, Sergio me passou protetor, adorei quando ele passava o protetor no meu bumbum com aquela pegada de homem maduro, eu fiquei molhadinha,
O chato e que meu irmão não o deixava nem um pouco sozinho, já era noite e eu ainda não tinha dado pra ele, estávamos todos cansados e fomos logo nos deitar, o meu maninho tinha o sono muito pesado, já de madrugada resolvi ir até a cozinha tomar um copo de agua, e fui só de baby doou, aqueles curtinhos com a barriguinha de fora , quando por coincidência ou não Sergio aparece lá tb sem camisa, ele me tirou suspiros, e acabei deixando o copo cair, foi quando nos abaixamos pra catar, ele me olhou dos pés a cabeça, mas n teve coragem de me tocar, fiquei com muita raiva. e voltei pro me quarto, quando ele passava pelo corredor eu o chamei, fiquei de quatro em cima da cama e disse que avia uma barata lá, ele foi procurar mas não encontrou, foi quando eu o roubei um beijo bem quente e molhado, e comecei a toca-lo, ele me correspondeu , e começou a passar a mão por dentro da minha roupa, com aquela pegada forte, quando tirou a parte de cima do baby doou e desabotoou meu sutiã, e começou a beija-los ai era uma sensação tão boa eu gemia bem baixinho em seu ouvido, pois tinha medo do meu maninho acordar, ainda fiquei mais louca quando ele foi descendo com suas mãos pelo meu corpo e tirando minhas partes de baixo, e colocando sua mão por dentro de minha calcinha, senti muito medo, mas a vontade de dar a bucetinha era maior do que o medo, fiquei com vontade de gemer ainda mais alto quando ele me penetrou com o dedo, ai que delicia que coisa gostosa, eu nunca tinha sentido isso antes, e ele penetrava cada vez mas forte e com mas sede, quando levantou abriu a porta do meu quarto, e eu sem entender fiquei quieta pra ver o que ele ia fazer, ele abriu a porta caminhou pro meu lado tirou seu short e sua cueca e veio pra cima de mim, sua pica era enorme e grossa, fiquei com muito medo, e falei com ele que fechasse a porta pois meu irmão podia levantar e nos ver, ele balançou a cabeça que não e disse que assim era mas gostoso. Eu disse que era virgem e que estava com medo, ele disse para eu não me preocupar, ele foi penetrando com a cabeça bem devagarzinho, e tirando e colocando o tempo todo para eu me acostumar, ate que de-repente ele coloca tudo e com bastante força, eu gritei bem alto de tão bom que foi, e ele continuou eu gemia pois era bem gostoso e queria que durasse a noite toda, ai como era bom eu nem acreditava no que estava acontecendo, quando meu irmão aparece na porta do quanto se aproxima em direção a nos, e me da um tapa na cara e fala puta era pau que vc queria, esta aqui o meu, pegou me pelos cabelo, e me fez bater uma boquete pra ele, e disse vou te ensinar o que e gostar de pica maninha, fui batendo aquele boquete com muito medo, do que poderia me acontecer, foi quando ele gosou em minha boca e mandou que eu engolisse, e me deu outro tapa na cara e falou não era isso que vc queria, me levantou jogou me em cima da cama e me penetrou tb, eu estava com medo mas estava gostando tb, em quanto meu irmão me comia, eu chupava o pau do Sergio, meu irmão era muito gostoso mas eu queria que o Sergio tivesse me penetrando, meu irmão não aguentou e acabou gozando em mim de novo, quando veio Sergio me colocou de quanto e falou que ia comer meu cuzinho, eu disse que não ia deixar pq estava com muito medo, eles rirão de mim, e falarão que quem mandava ali era eles e que eu ia fazer oque eles quisessem, eu levantei e ia correr dali pq já estava sentindo medo, quando meu irmão me segurou e me amarou pelos braços na cabeceira da cama, e me colocou tb uma amordaça na boca, ai que medo eu sentia, mas no fundo eu estava gostando, quando veio meu irmão me penetrou na bucetinha com um vibrador bem grande e groso, achei que nem ia aguentar, ele socava bem forte, e colocou seu pinto no meu cuzinho, e socava bem forte com os dois, era bem gostoso, quando Sergio veio tirou minha amordaça e colocava e tirava sua pica na minha boca, batia ela no meu rosto, eu me senti muito puta pois estava transando com meu irmão e seu melhor amigo. meu irmão finalmente gosou e Sergio tb gosou em todo o meu rosto, me desamarão e fui tomar um banho sem falar nada com eles pois estava assustada, quando eles chegam no banheiro e dizem que vão tomar banho comigo, Sergio mamando meus seio e acariciando minha bucetinha e meu irmão tentando penetrar no meu cuzinho, dizendo que eu era uma maninha muito gostosa e que era pra mim acostumar pq ia ser assim todos os finais de semanas, eu queria pica era isso que eu ia ter.
Aki termina o meu conto.
bjos pra vcs.
deixe seus comentarios...
e boa trepada pra vcs...



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.