"Os mais excitantes contos eróticos"


nao consegui senta por causa d


autor: vicgatinha
publicado em: 11/12/15
categoria: incesto
leituras: 27638
ver notas
Fonte: maior > menor


oi sou a victoria sou branca tenho 1.64 tenho peitos grandes e uma bunda pequena tenho 22 anos oq eu vo conta hj e de quando eu tinha 20.Minha familia e boa de vida e tem uma chacara que e dividida entre meu tio sergio e meu pai nos a sempre visitamos nos finais de ano mas a 2 anos atras foi diferente pois eu tinha acabado de terminar com o meu boymagia e tava muito triste e nao queria viajar mas minha mae me convenceu ao contrario entao fomos chegamos tava um calor do caralho eu tava de shorts jeans pequeno e um camisetinha basica branca com sutien rosa ou roxo nao lembro bem quando meu tio chego no seu cavalo comprimento meu pai minha mae de um abraco e em mim tambem deu pra notar que ele se forcava pra frente pra senti meus peitos e eu ia pra frente so pra ve oq ia acontece depois disso fomos pra casa arrumar minhas coisas eu sempre ficava num quartinho no primeiro andar mas ele tava de reforma entao tive que ir pro andar seguinte la achei um puta quarto grande entao ali me instalei ja era noite quando meu pai e mae dizem q iam sair rapidinho mas que ja voltavam eu sabia que eles iam em motel fode porem uns minutos depois que eles sairam chega meu tio com suas botas de gaucho e fala-o guria tu cresceu viro moca como ta eu respondi olhando aqueles bracos fortes -e msm ne tio vlw meus pais me tratam feito crianca ainda meu tio grosso diz-e msm eu vo te trata feito adulta faz algo pra noix come?eu falo quem tabom entao eu comeco e meu comeca a me tratar feito empregada e pede sua caipirinha os minutos passam e meu tio ja tava meio bebado e eu fazendo comido sinto ele me encoxando e me abracando por tras dizendo-o guria tu foco um piteu eu entao empino minha bunda pra tras e sinto seu pau endurecendo entao sutilmente vo la e pego e comeco a apertar e digo-gosta disso o seu gauchinho nesse instante meu tio me agarra e diz nao me chame de gauchinho eu debochada digo-pq? ele responde-por q so macho e nao gosto de ouvi minhas muie cassoando de mim eu com um sorriso digo-nao sua "muie" com um tom de deboche entao ele segura meu braco ae entao me da cinco minuto te faco fica na palma da minha mao ele entao me beija eu retribuo nao sei pq,pq ele tinha bafo de cachaca entao ele enfia sua mao na minha camiseta e acaricia meu peitos e diz-mais que teta grande vo faze ela kika na sua cara e com sua outra mao ele comeca a brinca com minha bucetinha como tava gostoso aquilo entao ele para e diz -vamo pro teu quarto me pega no colo me leva pro segundo andar entra no meu quarto me deixa no chao e diz vo fecha a porta e quando volta e bom voc ya pelada me esperando entao ele vai e eu nao obedeco ele chega fica vermelho e vem pra cima de mim e fal -pq nao me obedece agr vou se forcado a ser chato ele pega tira minha camisa a forca pelo menos ele acha pois eu nao fazia o minimo esforco entao ele comeca a chupar meus peitos meu deus como era bom eu senti minha buceta transbordando naquela hora entao ele tira meu shorts e fico so de calcinha en sua frente ele se deita e pede pra mim faze um showzinho pra ele entao eu comeco a danca ele ja fica excitado e tira a calca e a camiseta e fica so de cueca box com o seu caralho enorme marcado na cueca entao em subito movimento ele me agarra abaixa minha cabeca e diz ai menina eu comeco a chupa ele eu punhetava fazia garganta profunda ate ele goza e eu engoli tudo deixandoo pau dele limpinho entao eu falo pra ele faze em mim ele ri e fla que nao entao ele sem mais nem menos ele vira minha calcinha pro lado e comeca a me fode seu pau ta meio mole entao eu digo que ele ta brochando nao sei oq aconteceu que seu pau fico duro dentro de mim ele fala-ae entao toma vo faze voc vira minha puta e ele comeca a bomba mais forte e rapido e eu sinto o meu gozo vindo entao comeco a geme alto e mais alto ele tampa minha boca dizendo que se meus pais descobrisem arracavam o seu pau mais nao consegui evita e gritei quando ele terminou ja tinha gozado tres vezes ele uma entao e me vira de quatro e comeca a lambe meu cuzinho eu digo pq aquilo ele fala que agr eu nao ia senta por uns dois dias entao ele me penetra eu grito de dor pois tinha dado so pro meu namorado que conparado ao meu tio nao tinha pau ele comeca um vai e vem eu falo pra ele ir com calma ele me.obedce e vai ate aumenta o ritmo e a dor dar lugar ao prazer entao ele goza eu sinto seus jatos de porra dentro de mim e ele fala-va se limpa depois vamos come entao eu vo me limpa chego la ele ja ta se servindo e ele pergunta -e ai ja minha putinha eu respondo que sim entao deixa seu prato ali e vai enbora entao eu como e vo pra cama dormi.Quando amanhece meu ta muito dolorido e eu nao consigo senta mas tenho que disfacar a dor pros meu pais nao repararem entao meu tio chega pro cafe comprimenta nos e fica me olhando entao meus pais saem pra ir ver os seus cavalos nos ficamos e ele vai se desculpando
-olha desculpa por ontem eu nao tava no meu juizo perfeito
-tudo bem tio mas agr temos que repetir a dose
ele ri e diz blz entao toda vez que vola eu fodo com meu tio
vlw por lerem e digam se ja foderam com alguem de sua familia ou tem vontade de fode tchauuu bjjjs



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.