"Os mais excitantes contos eróticos"


Anal explícito


autor: Mepeçaoquequise
publicado em: 15/12/15
categoria: hetero
leituras: 5712
ver notas
Fonte: maior > menor


Foi um dos melhores almoços que tivemos juntos.
Saciamos nossa sede de prazer, paixão e extase.
Você nua na cama, seu respirar excitado, seus olhos pequenos a fitar-me.
Deito-me sobre teu corpo e aos beijos, vou posicionando meu membro por entre suas coxas.
Voce abre suas pernas e sua gruta é invadida e deslizo suavemente para dentro de suas entranhas.
Nos beijamos, brinco com seus seios, chupo seus mamilos tesos, cadencio meus movimentos dentro de sua vulva.
Seus gemidos me deixavam mais excitados, e minha cadencia era cada vez maior, quando me pediu para gozar no seu cú.
Você ficou de quatro, passei gel na abertura de seu cuzinho, enfiei um dedo, fui laceando. Enfiei um segundo dedo, e depois um terceiro, voce gemia e pedia para meter.
Passei o gel na ponta de meu cacete e fui te penetrando. Primeiro a glande. Você deu gemido forte e pediu para parar.
Enfiei mais um pouco, novo gemido e esperei voce relaxar.
Logo em seguida meti minha piça toda, num grito de dor e tesão, voce pedia para te foder.
Enquanto fazia movimentos de vai e vem, voce rebolava no meu pau, e com essa cadencia, chegamos os dois a gozar, inundando seu cu com minha porra.
Voce gemia de gozo também, e pela primeira vez gozava sem brincar com seu grelo, só de eu ter fincado a pica no seu cu e te feito rebolar.
Descansamos dessa luta carnal, almoçamos e seguimos nossas vidas, eu para o meu trabalho e você para sua casa.



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.