"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Amiga Bi da Minha Esposa


autor: Osmose
publicado em: 23/12/15
categoria: traição
leituras: 9284
ver notas
Fonte: maior > menor


No meu primeiro relato aqui descrevi uma transa minha com a minha esposa cavala muito gostosa (Malú), agora vou contar uma experiência delirante com uma amiga bissexual dela (Ana).

Antes vou descrever Ana: uma garota mais nova que a gente, ela tinha uns 25 anos na época, bissexual, sendo que a maioria das experiências dela havia sido com mulheres, baixinha, 1,65m, coxas torneadas, barriga retinha, uma bundinha redondinha e empinada, duas tatuagens, uma cara de menina safada e o melhor, seios médios para grandes simplesmente deliciosos.

Ana estava aqui em casa todos os dias, ficávamos sozinhos à noite enquanto Malú estava no curso técnico de enfermagem, deitados na cama assistindo TV, eu quase morria de tesão vendo aquela gostosa a centímetros de mim, porém nunca havia tentado nada com ela.

Um dia descobri que Ana era apaixonada pela minha esposa, e mais, descobri que as duas já haviam se esfregado e transado, não falei nada, pois sabia que mais cedo ou mais tarde eu estaria no meio daquelas duas gostosas, o que de fato aconteceu. Certa vez chegamos de uma festa de madrugada, Malú estava morrendo de tesão em Ana, e para não perder a oportunidade ela foi para a cama dela me levando junto. Não gostei, pois Ana não quis que eu a comesse, ela apenas me chupou, pois seu real interesse era Malú.

Passado algum tempo estávamos eu e Ana sozinhos em casa deitados vendo TV. Como eu estava com muito tesão, resolvi tomar um banho, e para minha surpresa fui indagado com uma pergunta: você quer ajuda? Gelei, e entrei sozinho no banheiro, quando sai ela já havia ido embora, pensei na hora que se eu tivesse outra oportunidade não iria desperdiçar.

Alguns dias se passaram, e eu e Ana estávamos na mesma situação, ela deitada do meu lado assistindo TV e eu morrendo de tesão. Tudo aconteceu quando nossos pés se tocaram, e ela começou a roçar seus dedos na sola do meu pé, entendi a deixa e parti para cima dela como se Ana fosse o último prato de comida da Terra.

Comecei a beijar seu pescoço e a apertar sua bunda, subi minha mãe e comecei a apertar seus seios por cima do sutien, ela levantou a blusa e começou a massagear meu pau que já estava completamente duro fora da bermuda. Resolvi retribuir o prazer, abri o botão e o zíper da sua calça jeans extremamente colada e comecei a enfiar meu dedo em sua buceta lisinha. Após um tempo assim ela se ajoelha ficando de quatro do meu lado e começa a chupar meu pau, meio sem jeito, confesso, mas foi melhorando aos poucos. Ele chupava e sugava apenas a cabeça, depois ia descendo tentando engoli-lo inteiro, e sempre massageando as minhas bolas.

Não me contive mais, a coloquei de quatro na cama, eu em pé no chão, e comecei a meter naquela buceta lisinha e encharcada. Bombava forte apertando a sua bunda e a sua cintura, o barulho das minhas bolas batendo em sua buceta era alto. Ela não emitia nenhum som, apenas olhava para mim com cara de extremo prazer. Quando ví que ela havia gozado a virei e comecei um papai e mamãe delicioso. A cena dos seus seios lindos indo para cima e para baixo me deixava com mais tesão ainda, quando ela se contorceu e denunciou que havia gozado pela segunda vez. Então mandei ela se sentar e coloquei meu pau em sua boca, segurando sua nunca e metendo com força. Quando anunciei que iria gozar ela começou a me punhetar e gozei em sua mão.

Depois disso Ana foi para o banheiro, se limpou, me abraçou e me disse: ainda vou ficar boa nisso, você vai ver. Ela se virou e foi embora. Eu fui tomar banho, e mesmo exausto ainda bati uma punheta deliciosa pensando naquela garota gostosa ao extremo.




ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.