"Os mais excitantes contos eróticos"


O presente de natal Da minha s


autor: Jovemdosul
publicado em: 27/12/15
categoria: incesto
leituras: 8885
ver notas
Fonte: maior > menor


Olá leitores e leitoras, bom hoje vim lhes trazer um novo conto natalino, sobre oque aconteceu.. É um conto fictício então nomes, idades serão meras conhecidencias..

Olá me chamo Victor tenho 26 anos moro no litoral do rio grande do sul, tenho 1,91, um corpo legal nada de exagerado pois faço academia, olhos negros, cabelo castanho, procuro sempre me vestir bem e caprichar no perfume.. Solteiro e trabalho numa lan house.
Tudo começou neste natal eu iria viajar para o interior do rio grande do sul, para passar o natal com minha família, eu sai de casa de madrugada, em torno das 4h30 da manha, minha cidade sempre é deserta nesse horario então foi deboa, a viagem foi tranquila, fiquei escutando musica e até dormi, acordei ja perto da rodoviária, tudo normal, desci e entrei num taxi, chegando lá tinha minhas subrinhas, minha mae, meu avô minha avó(ainda viva) cumprimentei todos e ja guardei os presentes de todos rsrs cheguei de manha ainda, de meio dia amolçamos e passamos a tarde jogando jogos e conversando, enquantos elas faziam a comida minhas subrinhas estavam lindas.. Sempre fui apaixonado por uma delas, a Mariana ela era linda, 15 anos, pele branca olhos verdes cabelo cacheados castanho claro, magra 1,69, cintura fina, seios medios, bumbum empinhadinho e farto.. Tinha também a Eduarda.. Ela tinha 13 anos, pele branca 1,56 de altura olhos verdes, seios medios, bumbum arrendodado cabelo liso moreno, e por ultimo minha subrinha mais nova, Luana, ela linda tambem mas tudo em crescimento, ela tinha 10 anos, pele branca, 1,45 de altura, olhos negros, cabelo meio loiro liso, bumbum curvadinho meio arrendodado, seios pequenos..
Ja estava chegando a noite.. E era quando eu menos esperei.. Todas minhas sobrinhas eram virgens.. Mas eram umas delicias.
Eu fui no meu quarto, pois quando eu era menor em torno dos 10 anos de idade eu visitava meus avos muito.. A casa era grande.. Me dirigi até a escada que tinha na sala e subi chegando no sótão falso, me dirigi ao meu quarto.. Para minha surpresa minha sobrinha Mariana me seguiu..
Eu com toda educação perguntei oque queria..
-Oi sobrinha, oque você quer??
-você(disse ela envergonhada..)
-C-Como? Você eh minha sobrinha..
-Eu sei mas não aguento mais tio.. Eu gosto muito d você..
Logo ela dizendo isso, me beijou.. Eu a olhei e retribui.. E ficamos nos beijando por um tempinho..
-por favor tio não conta isso para minha mae por favor..
-Ok fofa.. Eu sempre te amei.. Sempre tenho o mesmo desejo por ti.. (Disse envergonhado)
Ela ficou vermelha, e me beijou novamente mas agora nós estavamos apaixonados.. Eu fiquei beijando-a acariciando-a, e dizendo no seu ouvido que eu amo ela e quero ela comigo..
Ela me abraçou forte e ficou se esfregando em mim.. Até que fomos interrompidos pela minha sobrinha mais nova chamando para o jantar.. Eu perdi a noçao do tempo eu e mariana ficamos nos beijando por horas.. Descendo com a Mariana para ceiar.. Ja era em torno de 23:40. Ela sentou do meu lado.. E nos ceiamos.. No meio do amolço eu e ela ja tinha-mos terminado.. E como ela eh safadinha e eu tambem, por baixo da mesa.. Ela foi pondo a maozinha por cima da calça no meu membro.. Ela me acariava, muito calma e estava muito gostoso.. Devagar ela foi abrindo meu ziper.. E apolpando meu membro.. E tirando-o pra fora e começou a me punhetiar ali na mesa mesmo.. Eu fiquei calmo e deixei ela fazer oque queria.. Lentamente ela pegava no meu pau perto da cabeça e fazia uma massagem que eu quase gozava, ia pra cima e pra baixo bem lento e apertava eu amava isso... Até que eu gozei em sua mão, ela olhou pra mim e sorriu. Rsrs
Depois nos saimos da mesa.. Eu ganhei presente de todos menos dela então ela sentou do meu lado e disse, Victor seu presente eh minha virgindade.. Na hora eu não podia beija-la pois estava cheio de gente mas abracei-a e acariciei seu cabelo.. Eu amava ela queria namorar com ela fazer tudo com ela..
Logo depois fomos todos dormir e para minha surpresa ela veio dormir comigo.. Rsrs
Eu estava deitado na cama.. Ela entrou.. Trancou a porta, ela estava de lengerie, e deitou ao meu lado coladinha a mim, pôs a mão em meu peito, devagarzinho foi subindo em mim.. Eu peguei ela e ajeitei.. Então ela deitou-se seu corpo ao meu e começamos a nos beijar.. Eu acariava suas costas e sua bunda.. Não aguentei e comecei a beijar seu pescoço.. Ela dizia
-Aih tio eu te amo meu delicia, eu te amo, te amo!
Eu fiquei ainda mais apaixonado, acariciava ela com muito amor.. Ela não aguentou e soltou um gemido baixinho..
-Rsrs fiz meu amor gemer rsrs.. Você eh minha só minha.."
Ela apenas riu e voltou a me beijar.. Me despindo a camisa.. E então se deitou melhor e meu membro encostou em sua ppk por cima da lengirie. Ela então começou a beijar meu. Abdômen e foi subindo e mordeu meu mamilo .-. Rsrs ela com cara de sabia oque estava fazendo foi descendo.. E tirando minha calça.. Até me deixar só de cueca.. Ela pôs a mão por dentro de minha cueca e foi acariciando meu membro.. Eu suspirava.. Então ela tirou a cueca e viu meu cacete.. Ela ficou com tezão afinal 24 cm e grosso.. Começou a me punhetiar com maestria, eu queria que ela me chupasse mas apenas suspirava..
Então ela leu meus pensamentos e começou a lambe-lo de baixo a cima, que por sinal ja estava ereto.. Ela foi lambendo e lambendo até me deixar louco, eu acariciava seus cabelos.. Até que ela sem pensar duas vezes abocanhou meu cacete.. Que ficou meio grande em sua boca.. Rsrs Mariana foi me chupando e dizendo
-ainn titio que pau gostoso.."
"Seu eu soubesse que você chupava tao gostoso e tinha tanta vontade assim ja teria te pegado rsrs (eu disse todo com tezao e apaixonado.. Nunca tinha rolado nada entr eu e ela mas a gente se dava muito bem..)
Então ela me fez gozar em sua boca.. E eu puxei ela pra cima a despindo-a toda..
Olhando em seus olhos eu a virei na cama e subi em cima dela..
Comecei a beijar seus seios.. E logo chupei os biquinhos.. Ela gemia e suspirava
-ahh hmmfff mhff"
Fui descendo lambendo-a todinha.. Até sua bucetinha que por sinal estava toda melada.. E ja comecei a limpa-la lambendo de leve.. Ela gemia e pedia para mim chupa-la
"Aiih tio me chupa vai, me chupa seu gostoso"
Eu obedeci, comecei a chupa-la.. Com muita experiencia.. Fiz seu melzinho vir em poucos minutos.. Eu lambia a toda.. Então acariciei seu clitóris e ela gozou em minha boca.. Eu olhei para ela e mostrei eu bebendo todinho
Ela ficou louquinha pedindo para eu fode-la
-Me fode vai, me fode tio, me come gostoso"
Eu queria que a primeira dela fosse inesquecível então fui sem camisinha.. Fui encaixando meu cacete na entrada da sua xoxotinha.. E comecei a massagear o clitóris enquanto forçava.. Ela não reclamou porque fui massageando..
Quando percebi meu cacete estava quase todo dentro dela.. Havia entrado 18 cm o resto ficou de fora.. Eu tirei meu membro devagarzinho de sua xoxotinha, até sair o sangue que ficou todo em meu cacete rsrs, ela sorriu e me beijou com muita vontade..
Então eu meti novamente, e comecei a ir num vai e vem bem gostoso, deixando a ir as estrelas.. Eu apolpavas seus peitos e ia bombando, ela gemia baixinho.. E eu também..
Até que depois de um tempo comendo ela, ela me pegou me virou na cama e subiu em cima de mim.. Kikando no meu cacete.. Eu não aguentei muito .. Anunciei que iria gozar e tirei meu cacete de dentro dela, ela me xingou que queria meu leitinho dentro dela.. Mas não dei bola e gozei em seus peitos..
Hoje eu e ela namoramos.. E não tenho vergonha de dizer que tem uma adolescente de 15 anos deitada na minha cama.. Vcs até podem julgar como pedofilia mas eu não vejo assim..
O corpo é seu você decide com quem compartilha.. Ela me ama e eu amo ela..

Obrigado a todos que leram e avaliem
Não deixem de ler "Eu e minha irmãzinha"
Abraço!!



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.