"Os mais excitantes contos eróticos"


Posto em Ararangua-SC


autor: passbc
publicado em: 12/01/16
categoria: gays
leituras: 3745
ver notas
Fonte: maior > menor


Olá pessoal,

Meu nome é Leandro. Tenho 30 anos, 1,83m, um pouquinho acima do peso, 110kg, sempre bem arrumado e apresentado. Não sou afeminado, sou muito bem casado, moro em Balneário Camboriu-SC. Mesmo amando minha mulher e curtindo fodas ótimas com elas, eu criei uma fantasia por chupar rolas e dar o cu. Ser passivo mesmo. Experimentei uma vez e acabei viciando, rsrs. O que vou contar aqui aconteceu ontem.
Fui de carro vistoriar uma empresa na cidade de Sombrio, perto da divisa de Santa Catarina com Rio Grande do Sul. Como não é muito longe, passei o dia na fábrica e já retornei no mesmo dia. Como acontece de vez em quando, o pessoal da fábrica me chamou para uma cerveja, e acabei saindo mais tarde do que imaginei.

No caminho de volta, eu paro em um posto para abastecer na região de Araranguá. Este posto é uma daquelas paradas de caminhões, com grandes banheiros e chuveiros para os viajantes tomarem um banho. Do nada me deu uma vontade de ir lá ver se tinha "algo" rsrs. Depois de abastecer, deixei meu carro no estacionamento e fui usar o banheiro. Lógico que fui usar o que os caras tomam banho. Chegando lá, pelo que vi tinham uns três caras tomando banho, de portas fechadas. Lavei o rosto, dei uma enrolada e, meio sem saber o que fazer (quando tem vários assim não dá pra fazer nada, né...), resolvi sentar em um dos espaços dos vasos (com ele tampado) e mexer no celular.

Depois de uns 2 minutos, entre conversas dos que estavam tomando banho, eu já estava meio que desistindo, quando sai um cara de um dos chuveiros, já seco e de bermuda. Um cara alto, moreno claro, magro, uns 40 anos. Ele passou na frente da cabine que eu tava, achou estranho, deu uma olhada e passou direto. Não sei se ele viu, mas na hora eu dei um meio sorriso para ver se ele pescava algo. Na hora me deu um friozinho na barriga, já que tinham outros ali tomando banho e conversando naturalmente. Uns 20 segundos depois ele volta:

- Sentado aqui assim faz parecer que você tá procurando algo, cara - ele falou rindo - Tudo bem ai?
- As vezes procuro, mas vai saber se vou encontrar, né.
- Você procura o que exatamente - falou isso e já deu uma alisada no seu volume em cima da bermuda.
- O que você tem ai? - Falei enquanto encarava a mão dele alisando o seu pau escondido.

Ele deu uma risada, entrou na cabine que eu estava e fechou a porta, virando para mim e já abrindo a calça, botando a rola pra fora. Rola cheirosa de banho tomado, não muito grande mas muito grossa. Nem pedi permissão e já fui chupando... Delicia de pau. Mal comecei a chupar e ele já estava duro feito pedra. Deu pra perceber o tamanho do mastro, uns 18cm mas muito grosso. Chupei com gosto aquela coisa deliciosa.

O cara nem falou nada, só ficou ali curtindo, gemendo, se contorcendo. Só falava "isso, chupa vai, delicia". Eu estava adorando aquele pau cheiroso na minha cara. Punhetava ele com a cabeça na ponta, colocava inteiro até a garganta, chupava sem usar as mãos, o cara estava delirando.

Enquanto eu chupava ele, eu já tinha até esquecido dos outros caras que estavam tomando banho. Só percebi novamente quando o cara me mandou ficar em silêncio enquanto chupava, pois os outros estavam saindo do chuveiro. Obedeci ele e comecei a chupar bem suavemente, curtindo direitinho aquela rola deliciosa.

Enquanto os caras ainda estavam ali fora, o cara começou a se contorcer feito louco, trancando a respiração pra manter o silêncio. Eu sabia que ele ia gozar. Comecei a chupar e punhetar bem forte, revezando rápido entre os dois. Numa das vezes que eu tirei a boca da rola dele, ele gozou de longe um baita jato grosso, direto na minha boca. Já cai de boca direto de novo, punhetando ele com aquela cabeçona vermelha apoiada na minha língua, enquanto jorrava mais e mais leite. Tive que ir engolindo aos poucos, pois ele ficou um tempão gozando.

O cara conseguiu se manter em silêncio, mesmo se segurando nas paredes, tremendo as pernas. Fiquei mamando devagarzinho mais um pouco, já que ele queria esperar os outros caras sairem do banheiro. O cara só sorria e dizia baixinho "caralho que boca hein!". Eu só sorria, enquanto ainda brincava com aquele pau na minha língua e passando nos lábios.

Passou uns instantes e os caras não saiam ainda. Estavam se arrumando e se vestindo para sair. Como eu estava ali curtindo aquele membro gostoso, em pouco tempo ele já começou a crescer de novo. Quando eu senti que ele estava afim de mais uma, ai comecei a chupar de novo com vontade. Chupava bem forte, punhetava e olhava pra ele, botava o pau inteiro na boca e massageava ele com a língua inteira. Ele já estava delirando de novo.

Os outros no banheiro tinham saido e ele não estava mais nem ai, mandava eu chupar forte, dizia que eu chupava feito uma puta, segurava minha cabeça e fodia minha cara. Eu estava me deliciando com aquilo. Em menos de 2 minutos e já anunciou que ia gozar de novo. Dessa vez, ele tirou o pau da minha boca, disse pra eu abrir a boca e olhar pra ele, enquanto ele punhetava o seu mastro na minha frente. Logo ele gozou mais um absurdo. O primeiro jato foi no meu olho e na minha bochecha. Quando eu fui botar a boca ele disse "não se mexe!" e ele continou gozando na minha cara, melando meu nariz, minha testa, bochechas. Depois de me lavar em leite, ele passava o pau melado dele na porra no meu rosto e levando na minha boca. Com muito trabalho eu recolhi todo aquele semen morno com os dedos e engoli cada gota, e ainda expremi a rola dele para tirar até a ultima gotinha, passando a lingua na cabeça do pau dele pra coletar. Ele dava um pulo rsrs.

Ele riu e disse que passa ali toda semana e que sempre que eu estivesse ali eu deveria esperar ele neste horário, pois ele iria querer gozar na minha boca e algo mais na próxima. Eu concordei, enquanto ele se arrumava e saia dali. Levei mais uns minutos lavando o rosto pra sair dali sem ninguém perceber a diversão toda. Cacete que delicia de chupada!

Quando eu sai do banheiro ele já não estava mais por ali...

Se você for da região de Balneário Camboriu e quiser uma chupada deliciosa, é só mandar email. Se conseguir bater horários, vou adorar cuidar da sua rola...




ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.