"Os mais excitantes contos eróticos"


Amiguinha de infância


autor: VocsOcs
publicado em: 13/02/16
categoria: hetero
leituras: 5033
ver notas
Fonte: maior > menor


Eu me chamo Vinícius, e sempre fui o tipo do cara engraçado, cabeça dura e misterioso que as meninas adoram, porém por ser tímido e meio nerd adorava ficar em casa quebrando códigos e mexendo nos computadores daqui. Bom, quando me sentia meio sozinho me acabava vendo a Sasha Grey e seus vídeos românticos rs. Desde criança eu era apaixonado por uma amiga, ela se chamava Lívia. Lívia era uma morena, com seios grandes, bunda média e seu corpo era totalmente proporcional, então vocês devem imaginar a delicinha que ela é. Enfim, eu já havia me declarado pra ela algumas vezes, mas nunca consegui a reciprocidade dela, afinal ela queria um cara mais velho, que pensasse mais no futuro e não em um nerd com olheiras e cabelos engrenhados que chegavam a cobrir os olhos.
Certo dia, depois das aulas ela e uma amiga vieram para a minha casa, minha mãe se despediu de nós três e foi trabalhar, sabia o filho virjão que tinha e confiou a casa para nós três. Essa nossa amiga estava me olhando estranho desde a hora que chegamos e a Lívia havia percebido, por alguma razão se irritou e brigou com a gente e a nossa amiga irritada me puxou e deu um beijo, Lívia ficou muito irritada e ameaçou falar do beijo pra o namorado da nossa amiga, olha que eu nem sabia desse namoro. Ela saiu de casa com medo e deixou nós dois a sós, Lívia então me chamou de idiota e foi pro banheiro correndo. Alguns minutos depois eu fico irritado com a demora e abro a porta gritando, mandando ela parar de ser fresca, e pego-a só de calcinha em pé no banheiro, o motivo eu até hoje não sei, mas fechei a porta e saí dali rapidamente, não entendi muito o que ela queria dizer com todos aqueles gritos. Assim que ela saiu, mais calma, sentei na cama encostado na parede e pedi pra ela se deitar sobre meu corpo, queria conversar com ela ali e ela me falou tudo, que gostava de mim e que ficou com muito ciúme, e eu fiquei mimando ela nos meus braços, foi naquele momento que algo deu em mim e eu agarrei os peitos dela, enquanto cheirava seus cabelos, e ela nada fez, só empinava o corpo pra frente. Então eu dei beijos e mordidinhas em seu pescoço, apertava seus seios perfeitos e redondos com mais força e dizia o quão adorava eles. Ela me chamava de safado mas não reagia. Decidi que não queria só aquilo, então coloquei a mão por dentro da camisa dela e a outra por dentro do shortinho, sua calcinha estava toda molhada e enquanto acariciava sua rachada pela calcinha, percebia ela rebolando, guiando meus movimentos com uma mão, e arranhando meu braço com a outra, então disse pra ela: Amor, não quer ir mais além? E ela se contorceu, fez ''uhum'' e mordeu meus lábios. Tiramos nossas roupas, deixei ela apenas de calcinha, ela estava com vergonha dos pelos e eu não insisti. Deixei-a deitada na cama, pus sua calcinha de lado e dei lambidas entre envolta do clítoris e na sua xaninha, enquanto agarrava sua cintura com força. Parei com o oral e deitei em cima dela, beijando e mordendo sua boca, pescoço, ombros e dando um tratamento especial para aqueles peitos que tanto desejei, eles eram tão perfeitos e naturais que continuavam certinhos mesmo sem sutiã. Arrisquei uma mordiscada no bico e ela gemeu alto, logo em seguida dei chupões fortes e esfregava meu pau na xaninha dela, pra deixar bem distraída. Algum tempo depois não aguentei, e pus só a cabecinha na sua rachada, meu pau não é tão grande, mas ela é tão apertadinha que entrou com dificuldade. Ela gemeu e eu não aguentei mais tanto carinho, soquei nela com força e aquela xana apertada quase rasgou meu pau, mas fui dando leves bombadas, enquanto via seus peitos balançarem (ah, nisso eu já tinha me levantado e estava comendo ela em pé, ela deitada com os braços levantados). Ver aqueles peitos perfeitos balançando me fizeram gozar sem perceber, esporrei tudo dentro dela e nem havia percebido, só quando ela reclamou que eu havia gozado dentro dela. Fomos pro banheiro, nos beijamos gostoso, e nos limpamos, logo em seguida ficamos agarradinhos vendo as séries que a gente gostava, mas tivemos que vestir nossas roupas rápido pois minha mãe havia chegado e por sorte ouvimos o carro estacionando.
Enfim pessoal, foi isso. Espero que gostem hahaha.



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.