"Os mais excitantes contos eróticos"


Fabiano e eu


autor: Stalker
publicado em: 15/04/15
categoria: hetero
leituras: 1887
ver notas
Fonte: maior > menor


Mandei que deitasse de barriga pra baixo
eu disse: Vou te atar
Ele ficou surpreso
tomei as mãos dele em volta da echarpe e atei
peguei outra echarpe e amarrei um dos pés dele,
quando separei as pernas dele, ele perguntou:
O que vai fazer comigo?
Eu disse: Confia em mim, não farei nada que tu não queira
Ele ficou com as mãos amarradas, e os pés atados
cada um de um lado da cama, um pouco separados
Massageei um pouco as costas dele pra que relaxasse
Meu tesão por ele é grande
Me inclinei e beijei ele na boca
mordi de leve o queixo dele
explorei a orelha dele, sei que ele adora isso
quando insinuo a língua de leve dentro do ouvido dele
mordi de leve a nuca
levei a mão por baixo do corpo dele, segurei o pênis
estava tão duro, latejando
conforme eu ia descendo lambi as costas dele até chegar
ao cóccix, interrompi
fui lamber um dos pés dele
Ele estava entregue, só sentindo, eu ouvia a respiração dele
ficando mais difícil
Subi lambendo as pernas dele, cheguei ao bumbum que lambi, mordi
quando levei a língua até o ânus dele, ele contraiu o bumbum
ficou tenso, disse meu nome
Pedi pra ele relaxar e me deixar fazer o que eu queria.
Ele relutou, eu disse que estava louca de vontade pra fazer, com tesão,
que imaginei isso outro dia...
Ele respirou fundo
Voltei ao que eu estava fazendo com a língua no ânus dele, lambi de leve,
ele respirava com dificuldade
forcei a língua como se quisesse penetrar, ele gemeu
continuei lambendo, forçando a língua
Desamarrei um dos pés dele, me meti no meio das
pernas dele, chupei forte o pau que estava molhado de tesão na pontinha
Continuei excitando ele assim, dando atenção pro pau dele,
descia até as bolas, e forçava enfiar a língua no ânus dele...
Eu queria ele insano, queria tirar toda sanidade dele
Entre gemidos disse que queria gozar na minha boca a voz dele
estava mais rouca que o normal
Desamarrei as mão dele, ele segurou com força minha cabeça
enfiou o pau mais uma vez na minha boca, enquanto me enchia de esperma.



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.