"Os mais excitantes contos eróticos"


A mulher do amigo!


autor: Soteropolitano
publicado em: 29/03/16
categoria: traição
leituras: 9685
ver notas
Fonte: maior > menor


Hoje por um acaso encontrei a mulher de um amigo no supermercado, ja nos conhecemos a um bom tempo e temos um pouco de intimidade, ficamos ali conversando em algum determinado momento ela mencionou que precisaria de ajuda com as compras, eu me ofereci para ajudá-la e ela agradeceu.
Ao chegarmos na casa dela colocamos tudo para detro e me despedi, ela propôs que eu ficasse e bebesse uma cerveja com ela enquanto ela guardava as compras. Eu aceitei e ajudei com as compras...bebemos algumas cervejas arrumamos tudo e novamente me despedi, e de novo ela pediu para que eu ficasse.
Bebemos mais algumas ceverjas enquanto conversávamos, eu resolvi abrir a garrafa do whisky que eu havia comprado no mercado, tomamos algumas doses, fui percebendo que ela ja estava diferente mais alegre e mais ousada. Ela me tocava, me apertava, fui ficando preocupado porém também excitado. Ela foi ao banheiro e retornou com um vestido bem solto marcando seu lindo corpo, deu para perceber que ela tbm estava sem sutiã, ela abaixou para pegar as garrafas das cervejas...nossa deu para ver sua linda bunda e sua minúscula calcinha toda enterrado no rabo.
A pica endureceu instantâneamente, ela percebeu saiu com as garrafas quando voltou sentou a meu lado e perguntou porque aquela almofada no colo, fuquei sem palavras. Ela então falou: eu vi vc olhando minha bunda, vc gostou? Acho q sim, pois ficou de pau duro na mesma hora neh?
So tive coragem de balançar a cabeça concordando. Ela então levantou parou em minha frente tirou o vestido e disse: por favor me come, tenho dias morrendo de tesao e n acho nada com meu marido. Fiquei perplexo, mais n recusei, coloquei ela em meu colo bejei como se fosse devora-lá, chupei teus peitos, mordia e beijava seu pescoço, ela retribuia como se fosse gozar so com aquilo, gemia e pedia mais. A coloquei de 4 no sofa tirei sua calcinha e enfiei a cara nequele rabo, chupando deliciosamente aquele cu, a cada passagem de língua ela empurrava mais minha cabeça para detro daquele rabo, mandei ela sentar de frente para mim e comecei chupar aquela buceta lisinha, sem nenhum fio de cabelo...com certeza ela ja estava esperando por sexo, chupava, lambia, mordia e beijava aquela buceta e enfiava 2 dedos naquele cu maravilhoso.
Ela então propôs fazermos um 69, adorei a ideia, nos posicionamos e começamos. De repente senti ela tremer e gemer mais forte...ela estava gozando em minha boca, ela me chupou com mais prazer, n resisti e tambem gozei enchendo a boca dela de gala, ela levantou e me mostrou toda minha gala em sua boca...então engoliu tudo e vou a me chupar. Alguns minutos depois com aquela chupada gostosa estava pronto para foder muito aquela bucetinha e o cuzinho dela.
Ela então diz: começa metendo em minha buceta e colocando os dedos no meu cuzinho porfavor. Seu pedido foi uma ordem...assim fiz enfiei tudo de uma do vez na buceta, e tirava e botava em um ritmo frenético, com os dedos no cu dela...alguns minutos depois tirei da buceta e fui colocando no cuzinho apertado...o gemido dela ficou muito mais gostoso me enlouquecendo, fui comendo aquele rabinho ate o desejo de explodir tomar conta de mim...empurrei tudo oara dentro do cuzinho dela e gozei bem la no fundo...alguns segundo de gozo e percebo ela gozando novamente com a pica no rabinho.
Tirei a pica de dentro bem devar...fomos tomar banho juntos...me vestir nos beijamos e fui embora.

Estou louco para fazer de novo!



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.