"Os mais excitantes contos eróticos"

 

A Mal Amada (Parte 2)


autor: nhocasoba
publicado em: 27/02/15
categoria: aventura
leituras: 2677
ver notas
Fonte: maior > menor


Eu meio ressabiado com a notícia bombástica,tive que repensar bastante para qual resposta deveria dar para Manoela.
-Tenho que pensar,Manoela!
-Mas,porque?Insistindo demasiadamente.
-Porque namorar assim de uma hora para outra depois de uma transa,acho meio esquisito,não tivemos um papo constante,foi apenas um tesão no momento,ninguém aqui está realmente apaixonado.
-Mas eu tô!Mentiu Manoela.
-Se a resposta for sim,o que você me daria agora?
-Mais uma noite inteira de prazer,ou algo inovador para você se quiser é claro!
-Tenho que pensar!Amanhã eu lhe dou a resposta.
Eu pensando criteriosamente nessa situação em que estava vivendo,Manoela,em que conhecia pouco sobre ela,mesmo sendo simpática,alegre,extrovertida,boa de cama,deliciosa,romantica,não sabia realmente até que ponto confiar nela,pensei,pensei,pensei.....Decidi então dar-lhes uma chance para demonstrar se eras fiel a mim mesmo!
Chegando no outro dia,falei com ela:
-Olá!
-Olá!
-Então já tem a resposta?
-Sim.
-Então qual que será a resposta?
-Sim,eu quero namorar com você.
-Ainnnnnnnnnnnnnnnn,obrigada,tenho certeza que lhe farei muito feliz.
-Tem certeza?Eu meio desconfiado.
-Claro!
-Vamos ver ao longo do relacionamento nosso.
-Aparece aqui de noite,para o nosso começo de namoro!
-Claro,princesa!
-Você terá uma surpresa,quando chegar aqui!
Passadas longas horas,eu tentei pensar se valeria mesmo ter um relacionamento que na qual todos a criticam pelo seu jeito de ser,mas,que no momento estava às 1000 maravilhas.
Chegada à noite,eu com o terno e calça de grife,que não sei o porquê estava assim eu convidei-a a ir no restaurante,e a mulher me perguntou:
-Eu fui pega de surpresa,mas,vamos lá!
Ao cair da noite,e pela bela comida que nós comemos,Manoela,sorrindo pra todos,percebi que muitos a olhavam devido sua beleza extrema,ela foi para o banheiro pois estava"precisando urgentemente de ir ao banheiro"e eu não sei porque fui atrás;quando cheguei lá vi ela lavando sua mão e me perguntou para mim:
-Que que você está fazendo aqui,seu doido!
-Me deu vontade de observar de corpo inteiro,e pedir pra fazer uma coisa pra mim,já que precisamos inovar,neh,bate uma boquete pra mim?
-Claro agora!Estava com saudades desse pau gostoso,queria te ver nu agora,mas,nesse frio e nesse restaurante congelante não dá,mas,boquete faço quantas vezes for preciso para você!
Então tirei minha calça,e ela foi abaixando,abaixando devagarosamente aparecendo seu busto largo e sedutor como sempre,falando assim comigo:
-Seu pau cresceu de ontem pra hoje neh!
-Sério?Nem vi,você acredita?
-Nossa,que delíciaaaaaa!!!!!!
Foi apenas uma rapidinha,mas,do jeito tarada dela,dessa vez tinha oferecido para me saciar novamente,que por sinal,foi gostoso como sempre!
Então,ela saiu e eu também,muitos acharam estranho,o porque que eu e ela estávamos no mesmo banheiro,e,que para alguns desconfiaram que estávamos fazendo sexo no restaurante,mas,ficaram calados para não haver problemas comigo e com ela,devido a sua beleza formidável de se admirar por horas e horas!
Manoela pediu:
-Pede a conta por favor!
-Mas já?Eu indaguei.
-Sim,depois dessa boquete,me deu uma vontade de te dar completamente!
Fiquei surpreso,e,desde então,pedi à conta.
Ao chegar em casa,estacionei o carro e ela começou a me beijar enlouquecidamente,de forma sufocante mais prazerosa era como se não encontrávamos a séculos,mas,não!Era faminta por sexo todos os dias,pensava"será que vale a pena,todos os dias?Embora minha atividade sexual era regular,mas, com ela do jeito que está parecia transformar para alta,era admirável ver toda louca!
Fomos para o quarto,e mal sabia o que me esperava.....Morgana tinha feito uma strip daquelas de tirar o fôlego,eu deitado lá esperando o "ataque"dela,porém não aconteceu,ela apenas falou assim:
-Quer chupar meus peitos?
-Claro!Só se for ago...
Mal terminei de falar,ela apenas fez uma pequena demonstração e tirou uma parte do sutiã e deu uma chupadinha de leve só pra me excitar mais ainda,depois tirou a outra parte que ainda sustentava e deu uma chupadinha deliciosa no outro seio(coisa que sabia fazer muito bem)e eu ficando com água na boca não me aguentei,eu me levantei da cama e retirei a calcinha pelo dente,e Manu foi a loucura....já estava excitada,mas, a pegada que dei nela ela caiu de repente na cama e falou:
-Vem,vem,quero te dar,não me aguento mais!
-Claro!Sua buceta não só é apertadinha como deliciosa também!
Fizemos assim,a primeira transa da noite,ela gozando de tanto prazer,não lhe caberia pensar outra coisa senão aquele sexo que só nós sabíamos fazer muito bem,o corpo dela tinha evoluído de tal forma que parecia ser mais gostoso que a primeira vez em que fizemos nosso amor,estava incrível,porém,ela pediu um minuto de silencio....Depois do um minuto de silencio falou assim comigo:
-Espera um pouquinho,vou ali me trocar,tenho uma surpresa para você!
-Ok sua safada que lhe adoro muito!
Esperei apenas uns 5 minutos e pronto!ESTAVA DE GATA BORRALHEIRA,ui!era uma aventura,misturada com surpresa,que deliciosamente me agradava demais,pronto cheguei o ápice do gozo antes mesmo de começar,aquele bumbum como se estivesse me sinalizando "vem cá me foder,vem cá me foder"
Manu pelo jeito safada de ser,a primeira coisa que fez foi apenas tirar uma parte da calcinha fio dental de borboletas ,pra que eu pudesse meter meu pau,e fazê-la gozar devagarosamente, rebolando,rebolando e ela pedindo desesperadamente
-Faz mais,faz mais!Quero gozar mais,quero gozar mais!
Fazendo e eu apreciando tudo,e nesse processo,de repente saltou do meu pau e beijando o meu pau como se fosse minha boca,e ela nesse processo novamente voltastes a colocar meu pau no cuzinho dela novamente fazendo gozar maravilhosamente,só com uma diferença.
-Faz depressa,faz depressa,quero ver se você aguenta!
Em ponto de bala fiz e ela rebolando,e eu batendo no bumbum,beijando-o ,acariciando peguei o bumbum e levantei e depois coloquei,levantei e depois coloquei,parecia que ela não se cansava disso um só segundo!
-Como ela só estava mesmo de calcinha eu tirei a calcinha que trouxeste de surpresa para mim,em uma relação que talvez foste e única como nunca,peguei e enfiei na buceta dela para ver se tinha outra reação a não ser gemer loucamente!
Para mim foi a melhor sensação que tive,gemendo gemendo gemendo,gritando igual uma louca!
Não existe coisa melhor quando ela chega ao ápice do prazer!Pensava comigo mesmo.
Só sabia de uma coisa éramos amantes do sexo.



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.