"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Enquanto mamãe não está (Outra histó


autor: RastaLouco
publicado em: 23/07/16
categoria: aventura
leituras: 4584
ver notas
Fonte: maior > menor


Enquanto mamãe não está (Outra história)

Quem já leu o outro conto “Enquanto mamãe não está”,sabe que eu e Laura temos uma amizade colorida e sempre nossas transas são gostosas e cheias de novidades. Temos uma sintonia fora do normal,sabemos o que o outro quer apenas no olhar.
Dessa vez não foi diferente,sua mãe e seu padrasto irias trabalhar e essa é a nossa deixa,uma manhã livre,nos dedicamos ao prazer.
Assim que seus pais sairão ela me ligou,me preparei e fui. Chegando lá o portão e a porta estavam encostados,entrei e tranquei ambos,subi as escadas e lá estava ela,com uma lingerie vermelha,especialmente para mim. Fechei a porta do quarto,coloquei uma música no meu celular e comecei um striptease que ela adora. Ela querendo me tocar e eu sempre evitando na tentativa de aumentar sua vontade,assim que fiquei completamente nu,subi na cama e dei um beijo cheio de tesão,começando assim a pegação,mãos bobas,pega aqui,pega ali,ela aperta meu pau e pede para chupar,assim eu deixo. Como ela chupa gostoso,uma profissional, amo a chupada dela, nenhuma outra mulher me chupou tão gostoso como aquela boca. Depois de algum tempo chupando meu pau,a cabecinha (Sabendo ela que fico louco com isso), peço para retribuir e trocamos de lugar,começo a penetrar mainha língua em sua buceta e sugava,mordia seu grelo e ela se contorcia toda,e assim se foi quatro gozadas na minha boca. Olhei para ela com uma cara de satisfação, cara de safado e mordi o lábio,ela disse:
- Você gosta né!? De me fazer gozar na tua boca,meu safado?
- Claro,ninguém nunca vai te fazer gozar assim
- Se acha... Ninguém fez mesmo não.
Coloquei ela de ladinho e soquei no cuzinho e enquanto ela acostumava com meu cacete eu brincava com seu grelo. Fui aumentando a velocidade das estocadas e logo estava a todo vapor. Girei,deixando ela em cima de mim,juntei e segurei suas pernas e socava com gosto, tava tão gostoso aquele cu,apertadinho que não aguentei mais e enchi ele de gozo,e continuei metendo até ele sair por ele mesmo. Fomos para o banheiro, tomamos banho e voltamos para cama,e iniciamos uma conversa,colocando as novidades em dias,contando um para o outro suas novas experiências sexuais. Depois de umas meia hora recomeçamos a sacanagem.
Me ajeitei na cama,peguei, abri a camisinha e vesti,ela veio por Cina e sentou devagar,abracei ela pelas costas e meti num ritmo que logo ela gozou e eu rir,porém não parei por aí, continuei o ritmo e mais 5 orgasmos vinheram,fui por cima,na posição papai e mamãe e mantive o ritmo e novamente orgasmo veio (Parece que estou tentando me glorificar,mas não estou). Coloquei ela de quatro e soquei,dava tapas na bunda,puxava o cabelo,e socava cada vez mais forte e outra vez ela gozou e deitou na cama, deitei por cima e enfiei de novo sem perder o pique e socando,ela gemendo e falando:
- Você vai me acabar assim, amor.
Nada respondi,me concentrei em dar prazer. Socava,girava ela e socando e ela gozando... Ela pediu para chupar meu pau,tirei a camisinha,deitei de barriga para cima e deixei ela se lambuzar,ela chupava cada vez com mais gosto,e assim me levando ao céu. Depois de uns 10 minutos me chupando,quis retribuir o prazer e então trocamos de lugar, e mais uns dez minutos de oral,e de novo gozo atrás de gozo. Partirmos para um gostoso 69,e o quarto pegando fogo,até que não resisti e mudei de posição para penetra-la,mesmo sem camisinha (Conheço e confio muito ela a ponto de não ter riscos). Botei e logo ela gozou e eu quase gozo junto pela temperatura que estava dentro daquela buceta deliciosa,meti,meti,meti por cerca se 40 minutos até que veio as "contrações" do gozo,tirei e comecei punhetar,o gozo foi tão forte que gozei na cara,boca,cabelo... Fomos pro banho novamente, fiz um lanche e fui para casa.
Até as próximas aventuras....



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.