"Os mais excitantes contos eróticos"


♥Meu Titio Querido e Safado


autor: Máquina55
publicado em: 26/07/16
categoria: hetero
leituras: 8770
ver notas
Fonte: maior > menor


Caros leitores!!

Sempre que possivel venho aqui e conto um casinho que tive ou tendo que seja apimentado, eu gosto e vocês certamente tambem. Portanto o que tenho para hoje foi um encontro casual com um tio.

Então meu pai tinha um irmão mais novo filho do segundo cadamento do seu pai, meu avô. Ele sempre foi próximo da minha idade, brincamos muito durante as férias escolares na casa de meu avô que morava em outra cidade. Eramos 7 ao todo entre primos irmãos e nosso tio.

Passaram-se os anos e sempre nos encontramos durante a adolescencia e por fim na festa dos meus 15 anos, no qual ele foi um dos meus pares na Valsa e tudo ocorreu dentro da normalidade.

Hoje eu estou com 41 anos, sou mulata de formas redondas com seios grandes e bumbum avantajado. Trabalho na área de consultoria num Escritório de Contabilidade. Casei e descasei mas não tenho filhos.

Ele está casado com 50 anos, profissionalmente trabalha com Serviços de Terceiros um dos sócios, e sempre nos comunicamos. Ele é muito bonito, gentil e envolvente venho percebendo depois de adulto.

Num desses trato de negócios, ele veio resolver umas pendências comigo dos seus Contratos. A noite cai e nem percebemos que o tempo passa ficando muito cansativo ele se deslocar para sua cidade no horário noturno. O convido para dormir lá em casa.

Ao chegarmos ele toma banho e veste uma roupa antiga do meu ex marido. Eu tomo banho e troco de roupa, visto um vestidinho leve e caseiro, vamos numa Deli perto de casa tomamos sopa e trazemos uns biscoitos salgados e doces para o outro dia.

Conversamos, ele fala com a esposa e eu vou para meu quarto me trocar, visto uma baby doll curta deixando minhas formas em evidência. O bumbum convidativo e os peitões estourando.

Ele murmura:
- Sabia que você foi a musa da minha adolescência?

Fiquei espantada com sua ousadia dupla, tanto pelo estado civil como por ser meu tio. Disfarcei e tentei retornar ao meu quarto mas ele me segurou pela cintura e me beijou, senti vertigem. Sempre tive uma queda por ele e agora descubro que ele também.

O clima proporciona e não resisto, me entrego ao beijo. Ele imediatamente mas com suavidade arranca a parte de cima do baby doll e segura meus peitões ... amacia ... amacia .... belisca o bico ... tenho sobessalto ... ele se curva e chupa um ... aperta o bico do outro gemo ... gemo...

Murmuro:
- Sonhei algumas vezes com você me comendo...
Ele:
- Por que nunca me disse? Eu amaria come-la.

Eu:
- Agora já não importa... estamos aqui... e te quero.

Ele me toma nos braços e me leva a varanda do apto, me coloca em cima da poltrona e alcança novamente meus peitões e chupa ... chupa ... facilito e seguro-os colocando-em sua bocarra faminta.

Ele chupa esfomeado ...
Sussurro:
- Chupe ... chupe ... mame ... mame ... se farte engolindo...

Ele:
- Potranca fogosa ...
Eu:
- Sim ... sim louca pra ser sua... me deixe marcada... devore meus mamãos ...

Ele alucinado vai me satisfazendo e gozo ofegante me debruçando nele. Ele me beija e alisa os seios marcados de dentres e vermelhos...

Mas não para, agora baixa a minha calcinha do baby doll e a sente grudada na xoxota, estou quase " nuazinha " só pra ele, com o corpo em chama ... ele puxa com tudo e passa a mão na xana ... seus dedos imensos me estremece...

Choramingo:
- Desejei .. desejei esse momento mais que tudo.

Ele me toma nos braços e me leva para o primeiro quarto, cama de casal e me deita, uma mulher no cio com o corpão convidativo ... abre as pernas e cheira a "priquita " meladinha, fica com o nariz pincelando... me contorco toda de um lado a outro...

Ele me ver agoniada e passa a ponta da língua ... eu mergulho sua cabeça quero tudo ... ele agora chupa ... chupa lambe ... lambe ... mete a lingona no canal vaginal e mete mete mete ...

Seguro os peitões e bolino os bicões ... ensandecida... querendo ser chupanda até doer ... ele é um mestre na arte de chupar ... come come minha priquita como ninguem...

Murmuro:
- Quero tudo tudinho...

Ele me vira na cama exponho meu bundão ... ele morde ... e se posiciona na entrada ... e saca a rolona da bermuda ... pincela a buceta meladinha e ...

Murmura:
- Bucetão suculento... gostoso ... quero comer todinho..

E introduz ... urro urro com vontade sem forças para reagir e ele come ... eu corpo treme ... rebolo com provocação e com cadência ... ele sem tirar... vai socando tudo ...

Murmuro:
- Me faça gozar até o prazer ...

Ele me penetra com estocadas firmes e intensas e ... come come ... tira ... reclamo que quero dentro e ele ... soca soca e gooozo. Ele firme com a rolona solta urra como lobo selvagem e ... continua me comendo com estocadas profunda e eu rebolo com a safadeza de uma mulata no cio e ele vem e goza.

Derrama leitinho quente no meu " priquitão " depois do coito prazeroso ... e espalha no corpão... uma delicia eu espalho no restante.

Ele me abraçando pergunta:
- Por que nunca me falou que me queria?

Respiro fundo e respondo:
- Nos somos parentes achava que seria um pecado e também não sabia que me queria.

Ele lamenta:
- Perdemos tempo.

Ficamos namorando a noite toda, ele me chupa guloso meus peitões que reclamam por seu bocão. Eu punheto seu picão grosso e delicioso. Esse homem me enlouquece e não resisto... quero chupa-lo todo lhe proporcionar um prazer sem fim...

Pela manhã entro no box do banheiro para me aprontar para o trabalho, ele chega por trás e me agarra pelos peitões ... me desarma ... a boca crava um dos seios e chupa chupa chupa e aperta o outro ... gemo de desejo ...

Murmuro:
- Quero ser possuída sempre que quizer ... sou sua cadelinha...
Ele me pega no braço e me leva a varanda aina é cedo movimento de pessoas na rua e nos no início do coito.

Murmura:
- Quero sentir seu corpo livre e todos veem que sou sortudo...

Me seguro na grade e ele se atraca com os peitões e chupa chupa chupa ... desce e boca na xoxota me abro e ele mergulha chupa a xaninha lavada e cheirosa.

Murmura:
- Quero comer toda ... minha sobrinha gostosa.

Me vira e ele cheira minhas costas toda e se posiciona na bundona e me abro... um casal ver do outro edifício nossa transa e assiste ... ele se curva e com a " Picona" enfia e salto ... os peitões pulam ele cavalga cavalga e choro de prazer ... come come e picona "encrua" e ele me invade tudo e finalmente gozamos...


O casal bate palmas, com vergonha entramos e ... continua a parte de mama-lo...

Comentem e votem...




ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.