"Os mais excitantes contos eróticos"


A putinha de 18 - Totalmente Perversa


autor: PsicoPutinha
publicado em: 31/07/16
categoria: hetero
leituras: 6735
ver notas
Fonte: maior > menor


Olá, primeiramente gostaria de dizer que sou nova aqui então vou me apresentar: sou a Thalia, 18 aninhos, 58 kg, cabelos castanhos ondulados até o meio das costas, olhos castanhos mel, seios médios, coxas grossas, bumbum grande e 1,55 de altura (baixinha). Mas, vamos ao que interessa.
Certo dia, eu estava no meu quarto, numa madrugada de sexta (era feriado) e não tinha nada pra fazer. Resolvi então buscar por algum "chat" ou "bate-papo" quente, pois sou super safadinha.
Esqueci de mencionar que tenho um namoradinho, nós até transamos mas ele não me satisfaz sexualmente. Quase nunca gozo nas nossas transas, ele é bom, mas não o bastante, mas, continuando lá estava eu procurando no Google e achei um tal de "Buzzr" com os tais dizeres "Fale com desconhecidos", na hora eu corri pro site, e ja mandei um "oi", passaram alguns segundos e alguém me respondeu, e assim eu fui, a madrugada toda, passando de parceiro em parceiro.
A partir deste dia, o tal site virou o meu vício, todos os dias entrava, ficava super excitada com as conversas que tinha lá e me masturbava todos os dias. Até que, achei o parceiro ideal. O nome dele era Luiz, tínhamos 1001 coisas em comum, inclusive a safadeza. Trocamos Whatsapp e daí em diante fomos conversando e conversando até que marcamos um encontro numa cafeteria.
Me arrumei com um shortinho jeans, uma blusinha azul com um decote ousado que deixava meus seios a mostra e uma sapatilha, pois sei que a maioria dos homens acham as baixinhas sexy's.
Chegando la avistei ele facilmente, e que choque! Ele era totalmente gostoso, olhos castanhos bem escuros, cabelo preto, 1,75, branquinho e um sorriso de tirar o fôlego, e o corpo? Que corpo era aquele!!
Quase morri do coração, mas continuei andando. Ele se levantou pra me abraçar, estava usando uma camiseta da banda "Iron Maiden" um jeans justo e um tênis, se apresentou, sentou e me convidou a me sentar. Nós comemos e fomos caminhar um pouco num parque do bairro, ficamos la, andando, e conversando, ele olhava com total luxúria para as minhas pernas, o que deixava minha calcinha encharcada.
Ficamos o dia todo juntos até que começou a escurecer e eu fingindo ser uma santinha, disse que tinha que ir em bora, ele se ofereceu pra me deixar em casa e eu aceitei. Passado dois dias ele me chamou novamente pra sair, desta vez na casa de um amigo no qual iria dar um festa, aceitei rapidamente, estava louca por ele, e por aquele volumão dentro da calça dele também.
Chegou o sábado, fui com um vestido azul marinho, com uma golinha branca, lembrava muito uma marinheira Rsrs, o vestido ia até o meio das coxas e era justo com um decote enorme, coloquei botas cano longo que iam até o joelho e caprichei na maquiagem. Às 21:00 ele chegou, quando apareci ele saiu do carro para abrir a porta pra mim, me olhou de cima a baixo e fez uma cara tão safada, que me fez tremer todinha. Retribuí com um sorriso lascivo e entrei no carro. Fomos até a casa do amigo dele que ficava num bairro nobre da região. A casa era enorme, e ja tinha bastante gente e música alta. Entramos e depois de ser apresentada a todos, fomos dançar, dançamos, nos beijamos e esfregamos, rolou muitos amassos regados a muita bebida. Já bêbados e totalmente excitados fomos para um quarto no segundo andar que estava quase vazio. Entramos e ele ja foi logo levantando meu vestido, pirando quando viu minha calcinha minúscula vermelhinha de renda. Ele então me jogou na cama e veio por cima, ja metendo a mão nos meus seios e dedilhando a minha bucetinha, eu estava extremamente molhada e louca por um pau, me desvencilhei dele e fiquei por cima, abri o cinto e a calça dela e libertei os 19cm mais gostosos que ja vi, fiquei louca e caí de boca naquele pauzão, ele gemia e falava pra não parar, me chamava de putinha e puxava meu cabelo, aquilo era tão gostoso, tão diferente do sexo monótono que eu tinha com o meu namoradinho sem graça, que me venerava mas era um babaca na cama. Ele então me virou, abriu minhas pernas, rasgou a minha calcinha e começou a me chupar como eu nunca tinha sido chupada antes, quando eu estava quase gozando ele alcançou a carteira, tirou uma camisinha, colocou e eu virei de ladinho, ele então enfiou de uma vez, batendo as bolas no meu bumbum, eu soltei um urro alto, um misto de dor e total tesão, ele começou a bombar forte e rápido, falando no meu ouvido o quanto eu era safada, que ia acabar comigo, eu só gemia, e gritava putarias.
Ele me virou de quatro e começou a meter forte, aumentando o ritmo, e eu gozei tão gostoso, o gozo mais intenso que tinha tido na vida, gozei gritando o nome dele bem alto. Ele continuou metendo, num ritmo implacável, anunciou que ia gozar, tirou o pau da minha buceta e eu ajoelhei na frente dele, que ficou em pé na cama. Ele gozou tudo no meu rosto, como a boa putinha que eu sou, fiquei com a boca aberta e língua pra fora, ganhando porra no rostinho e engolindo o máximo que podia. Depois disso tomamos um banho e fomos pra cama, dormimos agarrados e ele acordou, com um boquete matinal delicioso feito por mim, transamos a manhã inteira e depois ele me deixou em casa, no mesmo dia transei com o meu namorado, e gozei, mas pensando naquele tarado gostoso do Luiz. Desde então eu e o Luiz transamos toda semana, e o meu corninho nem desconfia hahahahaha.

Este é um fato verídico, espero que tenham gostado, se gostaram comentem, a opinião de vocês conta muito! Vou sempre postar minhas aventuras, esta foi só a primeira de muitas. Beijinhos e muitas lambidas nesses paus gostosos.



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.