"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Fiz oral com colega da faculdade


autor: Patysafadinha
publicado em: 13/08/16
categoria: hetero
leituras: 3844
ver notas
Fonte: maior > menor



Sempre gostei de contos eróticos e filmes pornôs. Quando estava na faculdade tínhamos aula na sala de computação e lá ficávamos horas no Pc. Certo dia eu e uma colega falávamos sobre sexo e quando estávamos sentadas quase no fundo da sala , eu mostrei pra uma amiga um site pornô, e ficamos olhando homens pelados e dizendo qual o pau era mais gostoso.Isso era para passar a aula que era muito chata.

Um colega nosso, nos observava e no final da aula me abordou me oferecendo uma carona pra casa. Eu sem maldade aceitei.No caminho ele disse que tinha visto o que olhávamos no computador.Fiquei sem graça e ele me perguntou se eu sentia prazer em ver rola grande.

_Claro que sinto prazer em ver um pauzão. Que mulher não gosta?

Neste momento ele me mostrava por cima da calça o pau dele que parecia ser enorme.
- você precisa ver o meu Paty. Vem cá pega aqui.
-para Guilherme, vc ta dirigindo.

Guilherme parou no sinal vermelho e começou a tirar o cinto e desabotoar a calça. De repente aquela rola preta, grande saiu pra fora.Guilherme era negro, bonito, e tinha uma boca carnuda.Ele segurou meus cabelos, e disse fazendo uma cara de safado:

_pega ai, rapidinho. Ninguém ta vendo.

-Não.Não vou pegar. Não tem graça, guarda isso.

--Paty, só está nós dois aqui. Você gosta de um pau grande, não vejo problema nenhum em você da uma pegadinha.

Tava louca pra pegar mesmo.
Guilherme parou o carro em uma rua pouco movimentada começou a beijar meu pescoço e dizer que a rola dele tava muito dura.
---Olha como vc deixou mina pica, Patricia. Uma pegada e pronto, vai.
---ta bom, Gui. Mas só uma pegada.

Peguei naquele mastro e fui descendo.Guilherme começou a relaxar.

__Isso Paty, continua. Desce e sobe.
___Nossa Gui, que rola grossa que você tem.

___ Ela é grande, né Paty? Imagine ela na sua boca...

Nessa hora fechei os olhos e imaginei. Guilherme já me beijava e colocava as mão por dentro da minha calça jeans.Começamos a nos punhetar ali, quanto mais ele enfiava o dedo na minha buceta, mais eu masturbava ele.

No meu ouvidinho, Guilherme pedia para eu chupar. Eu dizia que não. E ele insistia.

__Sente essa rola um pouco, vai. So a língua na cabecinha.

Fui colocando a rola na boca e sentindo o quanto era gostosa.Comecei a lamber aquela piroca do cabeção.Tava uma delicia.

__Isso, Paty, mama a rola do negão. Toma na boquinha.

Ele movimentava os quadris enfiando mais e mais na minha boca. Coloca e tirava da minha boca. Eu batia a rola na minha cara. Tava amando aquela pica na boca.

De repente o telefone toca e ele sai do carro pra atender. Era a mãe dele no telefone. Ele ficou com a porta aberta e encostado no carro e eu vi a rola bem pontuda e continuei chupando e ele no telefone em pé falando com a mãe.

Ele dizia:__Isso mãe. Sim, sim.

Nossa ele falando com a mãe e eu o chupando tava gostoso.Ele começou a gozar de tesão. Jorrou muita porra que eu bebi e muita porra caiu no carro. Continuei o boquete, ele em pé olhando o movimento do carro e eu com a boca naquela pica dura, gostosa.

Abaixei a cueca dele e mostrei para ele como se lambia as bolas. Chupei cada uma, bem gostoso e demorado. Eu chupava as bolas e ele batia punheta bem gostoso.

Passou um carro e mesmo tudo escuro um cara percebeu e gritou:
Chupa tudo, morena!

Guilherme riu e eu não conseguia tirar a pica da minha boca, era muito bom e ele era safado, fazia movimento de vai e vem.Segurava minha cabeça e colocava ate minha garganta.
Eu só dia: Que rolão. Da piroca na boquinha, negão. Da pra mim essa pica.
Ele gozou novamente e já queria me chupar, mas aí relato em outro conto.

Ah e para a minha surpresa, o cara que passou e gritou era nosso colega de sala, mas não tinha me reconhecido.(Uffa).




ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.