"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Feriado com meus dogs - Relato 5


autor: MariGitz
publicado em: 18/09/16
categoria: outra
leituras: 4871
ver notas
Fonte: maior > menor


Olá
Meu nome é Mari e tenho 19 anos, recentemente resolvi contar minhas experiências em zoofilia e alguns casos de incesto. Desta vez vou contar um caso romântico com meus dogs.

No feriado do trabalho, que nesse ano havia caído em uma sexta, eu ia ficar em casa sozinha por 3 dias, meu padrasto e minha mãe iriam visitar alguns parentes.

Eu já estava curtindo zoofilia há algumas semanas e achei perfeito pra passar um feriado a sós com meus dois dogs (nego e alpha) já estava tudo pensado, eu me fecharia em casa na quinta a noite e saíria se precisasse comprar algo. A tarde mesmo já comecei a executar meu plano, comprei tudo que precisava pra ficar em casa com meus amores, a noite eu simplesmente os chamei pra casa e tranquei tudo.

Estava com pena do nego pois eu não tava dando atenção a ele nos últimos dias, então resolvi ficar com ele no sofá “brincando”, o alpha estava deitado na porta da sala, puxei logo meu bebezinho pro sofá e comecei as carícias, logo ele demonstrou que queria uma chupada, colocou seu pauzinho pra fora pra eu brincar, fiquei ali acariciando ele e assistindo tv, quando ele não aguentava mais ficar parado eu comecei a chupá-lo, sempre me passa um filme na cabeça quando fecho os olhos e sinto o gostinho do pau dele.

Eu queria fazê-lo gozar pra compensar toda falta de atenção dos últimos tempos, e fiquei amando meu bebezinho um tempo, pegando e chupando seu pau até ele me presentear com seu esperma de auau rs

O feriado estava só começando, resolvi ficar nua em casa, não teria problema e seria mais fácil brincar com meus pequenos. Eu estava na cozinha quando o alpha se deitou nos meus pés e eu fiquei acariciando ele com os pés mesmo, pêlo macio e cheiroso, adorava deixá-lo cheiroso pra mim. Em minutos eu estava sentada no chão frio com o pau do alpha na mão e babando de vontade dele, quando ele fica com muita vontade ele as vezes late, eu já conhecia meu macho, fui pro quarto pra nos amar melhor e no meio do caminho chamei o nego, que veio na maior felicidade.

No nosso quartinho de amor eu me joguei no tapete (que comprei justamente pra facilitar nossa relação) e fiquei lá sentindo a respiração dos dois, me cheirando e lambendo, fiquei alí até os dois pequenos me mostrarem os cacetes.
Que coisa lindaa meus dois cachorros com a pica pra fora, puxei o nego pra cima de mim e carregando ele comecei a mamar, o alpha me cheirava e latia muito até que resolvi incorporar a cadela Mari.

Me colocando de quatro senti meu líquido escorrendo pelas pernas, rapidamente meu doberman veio me penetrar, foi uma estocada rápida e precisa, estava ficando treinado, o nego por sua vez ficou na minha frente lambendo meu rosto como se quisesse me beijar, eu falava palavras de amor com os dois.

Pra ficar mais a vontade peguei um cobertor pra cobrir as costas, com medo do alpha me machucar com as unhas, mas até parece que ele tomava todo cuidado, só me dava prazer. Fiquei sendo cadela do alpha até ele cansar e sair de cima de mim, sem gozar. Resolvi dar uma chance pro nego, me sentei na cama, carreguei ele e guiei o pauzinho dele pra minha buceta, ele se mexia muito e tava me excitando bastante, ficamos lá, nos amando enquanto o alpha assistia.

Depois de muitos minutos procurando a melhor posição consegui me ajeitar e esfreguei aquele pauzinho em mim até eu gozar, nosssaaa comoo foi bomm!
Eu gemia;
Aiii nego, você é demaissss…. come mais vaiii, comee

Ele respirava cada vez mais forte e tive a ideia de ir pro chão, me deitei de frente pra ele, me apoiei nos travesseiros para dar altura, e ele veio no meio das minhas pernas.
Agora é você quem manda bebezinho, sobe na sua gordinha sobe!!!!
isso amorr, encaixa direitinho, seu pau é pequeno mas me satisfaz.
vemm negoo, vem logo

Entre gemidos e suspiros eu sentia aquele pauzinho na minha buceta, que maravilha sentir parte dele tocar meu grelinho, por ele ser menor encaixava perfeitamente. O nego socou rápido até me encher de leitinho, eu amando cada vez mais meus dogs.

Me levantei, me recompus e fui comer alguma coisa, na sala eu comecei a me tocar na esperança de algum deles chegar, o alpha não deu nem tempo, chegou entrando nas minhas pernas pra cheirar a bucetinha que agora era dele.
Toma meu machooo, é sua todinhaaaaaaa

Aquela língua áspera e gostosa, tava melada com meu prazer, resolvi mudar, me apoiei no sofá de costas pro alpha e deixei ele subir, ele foi sacana, prefiriu me lamber, a língua dele ia da minha buceta ao meu cuzinho, nessa hora me acendeu uma luz;
Pq não tentar dar meu buraquinho pra eles?

Logo abri meu bumbum com uma das mãos e coloquei o dedo no meu cuzinho, o alpha adorou, começou a lamber meu dedo feito um louco, poucos minutos ele subiu, só deu tempo de guiar seu pau no meu buraquinho apertadinho (nem tanto rs) e senti alí mais um prazer alucinante, quando ele enfiou eu gritei e queria sair mas aguentei firme como uma boa cadela e deixei, consegui posicionar minha mão para me masturbar enquanto o alpha desfrutava do meu cu.

Em pouco tempo meu corpo foi tomado por uma tremedeira, fiquei muito suada e não me contive, gozei gemendo alto pro meu macho, com o pau do no meu cuzinho e meus dedinhos no meu grelo, estava sincronizada com meu amor, ele gozou no meu rabinho logo em seguida, só não tinha percebido que ele enfiou as bolas, meu dog me engatou gostoso, fiquei com medo, mas deixei lá, tentar tirar era pior.

Quando soltou, dormi alí mesmo no sofá, cansada e satisfeita até então.
Na manhã do dia seguinte eu descansei bastante e ajeitei a casa, não podia me dar ao luxo que alguém descobrisse minha loucura. Que bobagem a minha, logo eu iria bagunçar tudo novamente, no finalzinho da tarde o alpha me procurou, ficamos trocando carícias, ele com o fucinho e eu apalpando o pêlo macio, até anoitecer gozei umas 3 vezes com ele e me tocando.

Por volta de 22:00h resolvi começar o espetáculo, eu tinha comprado pasta de amendoim pra passar no meu corpo, fui pro quarto com o pote e me “enfeitei” pros meus machos, eles lambiam loucos e desorientados meu corpo todo, o nego já estava com o pau pra fora e comecei a beijar, dizendo ;
Te amo amor - a cada beijo o pau dele pulsava mais.

Resolvi tocá-lo pra gozar no meu rosto, eu queria sentir o calor na minha face, ele colaborou e rapidamente me presenteou com leite quentinho. Quando ele saiu o alpha veio lamber meu rosto, só me lembro de ter fechado os olhos e começar a me tocar.

Quando o prazer fica grande eu começo a ver filmes, flashs maravilhosos na minha mente, o alpha tinha descoberto como me excitar, ele pulou em mim e queria me penetrar, rapidinho me posicionei, ofereci tudo pra ele, a escolha foi pelo cuzinho de novo, o que importa?! Eu já estava louca de desejo. Entre estocadas fortes e rápidas meu macho gozou e ficamos grudados novamente, eu já estava começando a gostar daquilo.

Meu feriado seguiu entre sexo animal e carinhos com meus amores, quando minha mãe ligou e perguntou se eu estava cuidando bem dos pequenos eu não me contive em sorrir e dizer;
Claroo mãezinha, sabe que eu amo esses cachorros rs

Desta vez eu fui mais longe, dei meu cuzinho pro meu macho alpha e fui penetrada pelo meu bebezinho, estava começando a querer mais daquilo e minha cabeça já estava a mil e meu coração cheio de amores pelos meus bichinhos lindos.

E assim foi meu feriado, espero que eles tenham aproveitado tanto quanto eu, estou 100 vezes mais apaixonada em se cadelinha gordinha dos meus dois machos.

Fim
rssrs

Genteee ficarei muito feliz se me seguirem no twitter e no facebook, peço respeito também pois gosto de contos, mas odeio me expor.

Twitter; MariGitz
Facebook; />



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.