"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Grupal: Eu, meu amante e um amigo


autor: Patysafadinha
publicado em: 12/10/16
categoria: hetero
leituras: 5492
ver notas
Fonte: maior > menor



Já contei aqui que tenho um amante há mais de 5 anos. Ele se casou tem pouco tempo e eu sou noiva, porém nós nunca deixamos de transar, temos uma química muito forte.

Meu amante se chama Jorge, tem 32 anos, moreno, baixo e um pouco gordinho, coxas bem definidas e um peitoral cabeludo que me deixa enlouquecida. O fato é que minha relação com Jorge já estava ficando muito casal, muito monótona, todos os dias a mesma coisa, então decidi inovar.

__Jorge, meu amor, quero realizar uma fantasia minha antiga.

__Claro que realizo. O que você quer, minha cachorrinha?

__Eu quero me satisfazer com dois paus.

__Então eu compro uma prótese de borracha pra vc para quando nós tivermos transando.

__Não, Jorge, eu quero ser desejada, sentir duas rolas diferentes, quero dois homens, você e outro.

No inicio Jorge não aceitou não. Mas depois fui amadurecendo a ideia e ele aceitou.Combinamos que fingiríamos que eu era casada e que ele era meu esposo e que ele seria traído e quando eu estivesse transando com o outro homem ele chegaria bem na hora e participaria da brincadeira.Agora só faltava definir quem seria o outro homem, depois de muito conversar decidimos que teria que ser alguém desconhecido, visto que nós somos comprometidos e assim sentiríamos mais a vontade.

Escolhemos juntos em um site de relacionamento, um rapaz bem jovem de 19 anos, forte musculoso e que fazia programas, se chamava Rafael. Ele topou e eu disse que eu era casada e ele me cobrou um valor de R$150,00 por 1 hora.

Marquei no meu apartamento as 20:00 horas. Ele chegou todo cheiroso, com uma camisa preta, calça jeans, tênis, bem despojado o que definia que ele era bem esporte e jovial.Ele era loiro, olhos verdes e bem musculoso, a camisa estava tão apertada que definia bastante seu peitoral.Ele chegou e me abraçou lhe apresentando:

__Boa noite, sou Rafael, A seu dispor.

__Olá, Rafael, eu me chamo Patricia. Entre fique a vontade.Que bom que você estará a meu dispor.

Ofereci uma taça de vinho e ele logo aceitou.Eu logo tratei de querer logo transar, afinal ele estava sendo pago e era apenas 1 hora e desde o momento que ele chegou já estava contando.Enquanto coversavamos eu passava msg para Jorge dizendo que o nosso parceiro tinha chegado.

(Jorge, nosso parceiro chegou. É hoje que serei fodida bem gostoso por dois gostosos)

Jorge me respondeu por msg:

(Vá transando que eu seu negô já já chego ai, sua safada. Mas já sabe, né, ele não pode comer seu cuzinho, pois só quem come ele sou eu).

(Pode deixar querido. Ele vai arrombar so minha buceta, quando vc chegar vc come meu cu, viu?!Não demore, daqui a 30 minutos chegue sem fazer zoada e nos pegue no flagra.kkk(risos))

Rafael enquanto conversava alisava minhas pernas. Eu estava de lingerie vermelha, cita liga e por cima um vestidinho soltinho.Partir pra cima dele e comecei a beija-lo e ele apenas perguntou:

__quer romantismo ou cavajestagem?

___quero que você me foda como meu esposo nunca me fodeu.Quero ser comida bem gostoso.

Rafael então não perdeu tempo e continuou o beijo e foi logo metendo as mãos por baixo do vestido e afastando minha calcinha para o lado e sentindo que eu estava molhada.puta que pariu eu estava sendo bolinada por um cara que eu conheci na internet e contratei para me comer.Que loucura eu estava fazendo.Aquilo me dava mais tesão.

Rafael foi tirando a camisa e logo pude perceber aquele peitoral malhado, aqueles braços cheios de músculos em cima de mim.Pedi pra ele fazer um strep e ele ligou o som e foi dançando, tirando a calça, e brincando de colocar a mão dentro da cueca. Tocava uma música internacional bem agitada.

Eu não aguentei e abrir bem as pernas e comecei a me masturbar.Rafael virou de costa para mim e foi abaixando a cueca, minha visão era apenas a bunda dele branquinha,ele tava me pirraçando.E eu louca para ver a pica dele e ele escondendo, ele de costa eu só conseguia ver um pouco das bolas dele que aparentavam estar inchadinha, até que ele virou e percebi que se tratava de uma pica bem grande.Rafael me fez pegar nela e eu comecei a masturba-lo. Era um membro cheio de veias, cabeça bem rosadinha e pelos aparadinhos.

Ele colocou a mão na cintura e enquanto eu olhava ele bem nos olhos e pegava naquela rola grande.Confesso que achei estranho pegar uma rola meio que desconhecida.Respirei fundo, fechei os olhos e fui colocando na boca, até que ele colocou uma das pernas em cima do sofá e se apoiou em mim para que eu chupasse mais, na posição que ele estava ele pode colocar mais ainda na minha boca, dançava, e segurava a rola e batia na minha cara.

Pegou nos meus peitos e colocou para fora do sutiã, ele apertava meus seios como se fosse bolas e foi chupando bem gostoso.Rafael estava abaixado, de joelhos no chão e sugando meus peitos e ia metendo o dedo na minha buceta sem nem ver. Ele deu uma puxa nas minhas pernas me deixando inclinada no sofá e foi tirando minha calcinha beijando minhas pernas, minha virilha e foi chegando lá com beijinhos bem gostoso.No meu clitóris ele deu uma lambida de uns 3 minutos sem parar, o que me fazia me contorcer toda no sofá.

Eu gemia, e ele chupava gostoso. Resolvi fazer a ceninha da esposa que traia o marido.

___Ai Rafael que chupada gostosa, meu marido não me chupa assim.To amando isso. Vai continua. Chupa minha buceta.

__Vou chupar gostoso PAtricia. Vou chupar pra você gozar.

Rafael me levantou e tirou toda a minha roupa, me levou para a parede e levantou minhas pernas e colocou no seu ombro, onde a posição deixava ele ver perfeitamente meu xibiu bem aberto. Comecei a esfregar minha buceta na língua dele e ele lambia e colocava o dedinho dentro da minha bucetinha rodando para todos os lados.

__ai Rafa que delicia de chupada, meu menino. Isso vai”

___Rebola na minha boca Patricia, rebola, vai.

Rafael sentado no chão da sala colocava o dedo na minha buceta e mandava eu sentar no dedo dele.Era como se o dedo dele fosse uma pica e ele ficava vendo eu ali em pé cavalgando no dedinho dele.

___Isso Paty, senta aqui, cavalga gostoso, que já já vc vai cavalgar na rola de verdade.

__To louca para ver sua pica entrando, Rafael.

__Você vai ter pica vadia. Mas antes quero lamber muito essa buceta aberta que você tem.Vou arrombar muito você.

Ele foi metendo dois dedos, três e eu pedindo mais, até que o safado enfiou todos os dedos e quase a mão e eu gritei.

___Pera ai, porra! Assim você me arromba.

Rafael retirou os dedos todos melados, chupou dedo a dedo e se levantou tapou minha boca com um beijo bem gostoso com gosto da minha buceta. Enquanto ele me beijava ele esfregava o pau na minha xoxota.

___Vamos para o quarto Rafael, quero ser fudida na cama que eu e meu esposo transamos.

__Claro, vai ser excitante comer você na cama do corno.

Mal sabia Rafael que se passava de um plano.Ele me carregou no colo eu de pernas abertas entre a cintura dele e ele me beijando até o quarto, me jogou na cama e eu lhe entreguei a camisinha que já estava na cabeceira da cama.Rafael imediatamente vestiu e me colocou de 4.

___Quero começar de 4 pra vc sentir a rola bem no fundinho.

Coloquei dois travesseiros um em cima do outro e coloquei de apoio para colocar meu rosto, pois fiquei bem empinada, arrebitada, de bunda bem pra cima, e Rafael logo tratou de dar uma lambida que foi da minha buceta ao meu cu e claro que eu dei aquele gemido gritante.

______ai, aiiiiiiiiiii! Asssim a mulher não guenta de tesão. Mete na minha buceta, gostoso, quero sentir você dentro de mim.

Rafael começou a colocar a cabeça e logo a rola entrou toda.

__Que bucetão que você tem. E bem aberta, ela engoliu logo a minha pica, sinal que você é bem arrombada, NE?

__você acha que eu tenho um bucetão? Então quero ver se essa rola da conta.

Isso o incentivou para ele enfiar mais gostoso.Rafael começou a bombar bem forte e sentia as bolas dele baterem na minha bunda.

__Toma safada, toma rola, toma.

__Isso Rafael, coloca tudo na minha bucetinha arrombada. Arromba ela mais.

Rafael tirou a rola e deu uma cuspida na mão esfregando na minha buceta e logo quis mudar de posição. Tava tão gostoso que ele já ia gozar ai ele preferiu mudar logo para não gozar antecipadamente.

Na nova posição eu fiquei no chão com metade das pernas na cama e Rafael meio agachado de frente para mim . Com a ajuda das mãos ele colocava o pênis para baixo para entrar na minha buceta.A posição era favorável para ele.Ele apenas quicava, quicava e a rola entrava.E eu lá no chão com as pernas pra cima, como um frango assado.Eu pegava nos peitos e ele ficava louco.

Quando olhei para o relógio vi que já se aproximava a hora de Jorge chegar então levantei do chão e fui para a cama, desta vez deixei Rafael deitado na cama e sentei em cima dele cavalgando de frente para ele. Queria que meu amante me encontrasse em cima de Rafael, com a rola bem cravada.Comecei a pular, a cavalgar e Rafael estava bem a vontade na cama, mas também se movimentava demonstrando que estava gostando.

Poucos minutos eu percebi o trinco da porta e logo tratei de beijar Rafael, para distrai-lo. Rafael não ouviu e Jorge foi entrando bem devagar e chegou no meu quarto e ficou obsevando. Jorge viu meu bundão bem exposto, minha buceta crava no pau de outro homem e eu o beijando e cavalgando.Eu rebolava bem gostoso e gritava de tesão e voltava beijar Rafael.

Jorge já estava excitado com a cena, mas fingiu ser meu esposo e ter sido traído. Ele chegou na porta do quarto e atuou muito bem.

__Mas que pouca vergonha é esta no meu quarto? Posso saber o que você está fazendo sua vagabunda?

Imediatamente eu sair de cima de Rafael e fingir também que estava sendo a esposa de Jorge.

__Calma meu amor, eu posso explicar.Calma.Só estou realizando meu feitiche

Neste momento Rafael já estava se levantando se vestir. Percebi que Rafael ficou com medo e eu então quis logo resolver a situação.

__Jorge, pare de drama. Você sempre soube que eu sempre tive vontade de transar com dois homens e você sempre desconversou, sempre deixou para que discutíssemos depois, então resolvi logo antecipar isto e contratei o Rafael para me comer. Agora que você chegou a minha brincadeira ficou completa.

Rafael não entendeu nada.Mas ele foi logo dizendo que não transava com homens.Eu fui em direção de Jorge e o abracei e disse:

___Vem comer sua esposa também, meu gostosão.vem dividir a sua esposa com o loiro, vai.Realiza meu sonho de duas rolas.

Jorge me beijou e logo foi dando as regras.

__Você é muito safada.E muito gostosa, por isso eu lhe amo.Vou dividir você sim, com o outro, mas vou comer seu cu sozinho.Vem mamar na piroca do maridão aqui, vem.

Eu já tirava a roupa de Jorge, e percebia que o pau dele estava duro. Puxei Rafael para a cama e mandei ele deitar e subi em cima dele, colocando a buceta na boca dele. Enquanto isso eu colocava o pau de Jorge para fora . Coloquei na boca. Jorge estava em pé e eu na cama de 4 aberta para Rafael me chupar. Agora sim, dois homens para me comer, como sempre sonhei!

___Chupa meu pau sua vadia, chupa gostoso. E você Rafael, chupa essa morena ai bem gostoso.Prepara o terreno pra mim ai que já já enfio a tora nela.

___pode deixar Jorge, eu vou chupar sua esposa toda.Lamber até o cuzinho.

___Ai que delicia, uma chupada gostosa .Fode minha boca, meu amor. Fode a boquinha aqui da Paty.

Jorge me sufocou com o pau na minha boca.Logo depois eu sentei na pica de Rafael e Jorge preparou meu cuzinho . Cuspiu e logo foi metendo a rola nele. Agora eu estava com uma rola na buceta e outra no cu.

___Isso, fode minha buceta vai. Vai Jorge mete o pau no meu cuzinho.

__Toma vadia!( Dizia Jorge)

__Rebola, cachorra. Toma vara( Dizia Rafael).

__Ai que Delicia, to sendo arrombadaaaaaaaaaaa. Duas rolas gostosas. Isso metem em mim, não para vai.

Não demorou muito Rafael gozou.Ele tirou de dentro da minha buceta e sem seguida colocou a rola para eu chupar. Jorge continuava me fodendo cada vez mais rápido. Já sentia meu cu arder, até que ele gozou também. Senti o liquido escorrendo nas minhas pernas.Jorge não usava camisinha, sempre transavamos sem camisinha por confiarmos um no outro.Fizemos mais umas duas posições e mais uma vez eles gozaram.

Só sei que era para ser apenas uma hora entre eu e Rafael, mas a nossa suruba durou 3 horas de muita sacanagem com direito a muitas gozadas.





ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.