"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Cunhadinha Safadinha


autor: Luizpunha
publicado em: 13/10/16
categoria: hetero
leituras: 8891
ver notas
Fonte: maior > menor


Ola, meu nome é Luiz, tenho 33 anos, e sou casado há 3 anos e moro em Campinas - SP... Minha esposa tem 27 anos e é uma delicia, mas eu tenho um pequeno probleminha... Sou viciado em sexo, mas não o sexo convencional que seria com minha esposa, eu gosto de sexo casual, sacanagem, putaria mesmo...
Pretendo contar tudo que me aconteceu nesses anos e conforme vai acontecendo.
Hoje vou contar a historia (que já teve varias) da minha cunhadinha safadinha... hoje ela tem 18 anos, mas desde os 16 eu já sabia que era uma safada e que mais cedo ou mais tarde eu perderia a cabeça... Magrinha, peitinho que cabe na boca direitinho, uma bundinha deliciosa e uma bucetinha que não para de babar...
Desde dos 16 anos ela vem me provocando, fica se esfregando em mim, diz para a minha esposa que se ela largar eu continuo na família porque ela pega mesmo, já pediu pra eu fingir que era o namorado dela, já pegou no meu pau “sem querer”, na brincadeiras de “irmãos” já peguei na sua bunda, seios e até na bucetinha... Sabem como é né...
Ela mora em outra cidade vizinha de Campinas e uma vez no mês visitamos a família, quando vamos pra lá, ela não desgruda de mim, e de vez em quando ela, minha sogra e meu sogro também vem pra cá nos visitar, mas gosto mesmo quando ela vem sozinha pra passar a semana aqui...
Certa noite, numa dessas que ela veio sozinha, ela dorme na sala, fica assistindo TV e dorme no sofá, eu acordo na madrugada com o barulho da TV e levanto para desligar... Quando chego na sala tive a impressão que ela estava acordada, mas estava com os olhos fechados, coberta somente com um fino lençol... Fui ao banheiro que fica bem em frente a sala e quando saio dou aquela espiadinha e ela esta sem o lençol, com uma calcinha grande mas enfiada na sua bundinha e toda empinada... Fiquei uns 5 segundos olhando e já com a mão no meu pau sem mesmo eu perceber que estava... Pensei na minha esposa que estava dormindo no quarto a 5 passos dali... fui até a porta do quarto e voltei, meu pau estava doendo de tão duro, entrei novamente no banheiro deixei uma parte da porta aberta, tirei o pau pra fora e comecei a bater uma punheta olhando aquela delicia ali, na minha frente e eu não podia dar nem mesmo uma chupada naquela bucetinha molhada...
Percebi que ela estava me olhando e com a mão por de baixo do seu corpo também batia uma siririca me olhando... Fiquei doido de tesão, já me segurava pra não gozar, e ela vira de lado com uma mão dentro da calcinha e a outra nos seios (estou escrevendo e de pau duro só de lembrar)... Derrepente ela me chama e faz sinal que quer me chupar, e eu balanço a cabeça dizendo que não... Morrendo de medo da minha esposa... E ela insiste... E eu não quento, já caminho em direção a ela com o meu pau já a ponto de gozar, apoio o meu joelho perto de sua cabeça e ela por sua vez engole meu pau inteiro e me chupava esfomeada... Gozei... minha mão molhada na sua buceta e ela me chupando, engolindo todo o meu leitinho como uma profissional não deixando cair uma gota... tirei o meu pau de sua boca e fui ao banheiro, ela continuou a bater uma ... Me limpei e fui deitar.
Não consegui dormir o resto da noite e quando acordei pra ir trabalhar, lá estava ela, dormindo como se nada estivesse acontecido.
Bom espero que gostaram da minha historia e espero que me enviem comentários... luizpunha@gmail.com
Logo mais postarei mais acontecimentos com ela minha cunhadinha e outros casos deliciosos.




ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.