"Os mais excitantes contos eróticos"


Swing no sítio


autor: CasalRenanMeire
publicado em: 27/10/16
categoria: grupal
leituras: 6019
ver notas
Fonte: maior > menor


Meu nome é Bruno tenho 34 anos e minha esposa Cléo tem 31. Moramos no interior de São Paulo e somos um casal liberal que gosta de viver novas e excitantes experiências.

Eu tenho 2,02 cm de altura, sempre gostei de esportes, cabelos castanhos e olhos verdes. Já minha esposa tem 1.73cm de altura, bem branquinha, cabelos e olhos castanhos. Costumo dizer que ela tem uma bunda de mulata e peitos bem fartos.

No verão do último ano, fomos convidados por um casal de amigos, a passar um final de semana em seu sítio, que fica em Minas Gerais. Vanessa e Ramon são o tipo de casal que curte o mesmo que nós, porém nunca tínhamos tido nenhum relacionamento mais íntimo, até esse dia.

Vanessa tem aproximadamente 1.65cm, 28 anos cabelos e olhos também castanhos, uma bela bunda empinada e peitos mais que fartos, pois ela estava grávida de 6 meses, o que deixava seu corpo ainda mais interessante. Ramon é um chileno, mais ou menos 1.80cm, cabelos castanhos e olhos verdes, tem 30 anos.

Chegamos no sítio e nos deparamos com uma bela casa, com bastante infraestrutura. Vários quartos, uma bela área de campo e uma imensa piscina. Ao chegar fomos muito bem recebidos pelo casal e já iniciamos o esquenta com cerveja, churrasco e alguns bons drinks.

Fomos até o quarto trocar de roupas e Cléo já desceu com um mini biquíni muito provocante, cobrindo apenas o necessário. Confesso que ali já comecei a ficar de pau duro pela minha esposa, que claro, ao chegar na piscina, tirou vários olhares sacanas de Ramon, que já estava de sunga, juntamente com a esposa Vanessa.

Vanessa estava com um biquíni cortininha na parte de cima, que mal cabiam os enormes peitos de grávida e um shortinho bem apertado, o qual deixava sua xoxota completamente rachadinha.

Papo vai, papo vem e acabamos tocando em assuntos mais íntimos, como fantasias e fetiches de cada um. Neste momento Vanessa disse que adorava ver os cavalos do sítio transando, e que o tamanho do pau deles impressiona e a deixava excitada. Cléo também animou-se e disse que já havia visto um vídeo com animais e achou muito interessante, principalmente pelo tamanho do pau dos animais.

Confesso que nesse momento, meu pau já estava rasgando a sunga de tão duro, imaginando a Vanessa mamando no pau de um belo cavalo.

Apesar de ser a única sóbria por estar grávida, Vanessa sugeriu que fossemos até o pequeno estábulo para ver os cavalos. Levantei imediatamente deixando a mostra meu pau duríssimo dentro da sunga.

Chegamos ao estábulo e Vanessa nos apresentou um belo cavalo branco chamado Foguete. Ela começou a acaricia-lo e falar um pouco sobre a história do animal. Enquanto ela falava, Ramon se posicionou atrás de Vanessa e começou a roçar o pau duro sob a sunga em sua bunda. Ela começou a falar gemendo e esfregando a bunda no pau do marido. Quando percebi, Vanessa já estava segurando o pau do cavalo, enquanto se esfregava no pau de Ramon.

Em dado momento, Vanessa pediu para a Cléo segurar no pau do Foguete e ela obedeceu prontamente, dando um sorriso sacana em minha direção. Eu já não estava aguentando de tesão, com o pau quase explodindo pra fora da sunga.

Foi então que a Vanessa afastou um aparte do biquíni e começou a chupar os peitos da minha mulher. Cléo começou a gemer sendo chupada pela amiga e punhetando o cavalo que já apontava um pau enorme de tão excitado.

Não aguentei o tesão da cena e coloquei meu pau pra fora e comecei a bater uma lentamente. Ramon também colocou o pau pra fora, foi na direção da Cléo e perguntou se podia. Eu prontamente disse que sim e Ramon e Vanessa começaram a alternar as chupadas em seus peitos. Nesse momento, fui para traz da Vanessa, abaixei seu shorts e comecei a roçar meu pau duro e melado em seu rabo. Não demorou muito, ajoelhei, tirei a parte de baixo do biquíni dela, abri bem aquela bunda deliciosa e comecei a chupar aquele rabo maravilhoso.

Nesse momento vi que minha esposa Cléo já estava mamando o pau grosso e duro de Ramon, enquanto não largava o pau do cavalo. Mesmo grávida, Vanessa empinou a bundinha e pediu para o marido se eu poderia fode-la. Ramon disse que sim e então, enfiei meu pau explodindo de tesão naquela buceta. Vanessa gemia e pedia mais, também segurando o pau de Foguete. Ramon fez o mesmo e nesse momento estávamos ali, nossas esposas de quatro, se beijando e segurando o pau de belo cavalo, enquanto nós as fodíamos no meio do estábulo.

Não demorou muito e disse que precisava gozar, pois não aguentava mais de tesão. Vanessa pediu pra gozar na sua boca e atendi prontamente. Gozei litros de porra e Cléo veio até Vanessa e em um beijo molhado, se lambuzaram completamente.

As duas então começaram a chupar o pau de Ramon, que não demorou muito para gozar. Sempre adorei ver minha esposa mamando o pau de outro macho, ainda mais como Ramon, que era muito bem dotado e tinha um belo cacete.

Meu pau já estava duro de novo e comecei a chupar a esposa do meu amigo da cabeça aos pés. Nunca havia chupado uma grávida antes, mas foi maravilhoso. Comecei em com um longo beijo na boca, descendo pelo pescoço, axilas, até chegar nos peitos enormes e deliciosos. Desci até sua buceta e comecei a chupa-la com muito tesão. Desci até seu cuzinho e comecei a chupa-lo também.

Cléo do lado oposto estava louca de tesão e pediu para Ramon comer seu cuzinho. Fiquei imaginado aquele pau enorme rasgando a bundinha da minha esposinha e isso me deu mais tesão ainda.

Enquanto a Vanessa sentava no meu caralho e rebolava, Ramon começava a estocar aquela pica enorme no cuzinho da minha esposa. Ele enfiou de uma vez e ela deu um grito que deixou o Foguete inquieto. Ele metia com vontade na minha putinha, enquanto segurava e apertava os peitos dela.

Depois de uma sequencia de posições, gozamos novamente até ficar exaustos. Terminamos a tarde falando em mais fantasias, pois a noite, novas aventuras aconteceriam, o que vai ficar para o próximo conto. Email: casal.renanmeire@hotmail.com



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.