"Os mais excitantes contos eróticos"


Bem vindo, vizinho(e um amigo)! Parte 3


autor: Lola89
publicado em: 30/10/16
categoria: hetero
leituras: 2149
ver notas
Fonte: maior > menor


Era sábado e peguei aula pela manhã. Por volta das 12h estava subindo de elevador, e quando as portas se abriram já no andar de cima me deliciei com a vista. O Gui, sem camisa, suado, com short de esportes. Nossos olhares se fixaram e logo ele tratou de por fim ao silêncio que se instalou:
- Estamos nos encontrando bastante rsr
- Isso está te incomodando?
E dando um passo a frente, quase colando o corpo em mim ele disse:
- Muito pelo contrário, pode acreditar!
Fomos interrompidos por um homem alto, negro, olhos esverdeados, sarado, e com um sorriso lindo.

- Mano. Temos problemas!
Disse ele para Guilherme que nos apresentou:

- Mari, esse é o Henri. O amigo que lhe disse que viria passar uns tempos comigo.

- Henri, essa é a Mari, nossa vizinha e minha mais nova amiga!

Nos cumprimentamos.

- Mano, estamos com infiltrações lá no apê.

Despediram-se de mim e foram para o apartamento. Logo em seguida fui para o meu.
Algumas semanas se passaram, eu e o Gui continuamos a ficar e Henri virou um amigo. Mais ou menos um mês depois eles ainda tinham problemas com as infiltrações que o Gui usava como desculpa pra me ver todo dia!


Abri meu guarda-roupas procurando algo para vestir após o banho e me deparei com os vibradores que minha amiga havia me mandado. Dentre eles tinham 2 cacetões de borracha que me encheram a boca de água. Fantasiava com 2 homens me comendo ao mesmo tempo sempre. Não fazia anal com frequência mas toparia dar meu cuzinho num sexo a três. Meus pensamentos foram interropompidos pelo celular tocando. Era o Gui!

- Oi Gui. Pode falar!
- Posso te incomodar, Mari?
- Não!
Disse em tom de brincadeira.
- Mesmo assim vou falar, rs
- rsr pode falar Gui
- É que meu apê tá sem água, eu e o Henri podemos tomar banho aí?
Puta merda! Penso em sexo a três e o Gui ainda me propõe que ele o amigo tomem banho no meu apê. Não sei se dou conta mas fui gentil:
- Podem sim, mas o que vai me dar em troca?
- Muito amor!
Rimos!
- aaah ok. Podemos negociar!
- Mari, pensei também se tiver a tarde livre, poderiamos assistir qualquer coisa na Netflix, no meu apê ou quem sabe no seu!

Aceitei o convite e preferi que fosse no meu apartamento.
14h da tarde ouço batidinhas na minha porta. Eis que o Gui me aparece com uma espécie de mochila nas costas mas parecia ter poucas coisas.
- Ta de mudança?
Brinquei, e ele em tom de brincadeira retrucou:
- De mudança pro seu coração!
Entrou fechando a porta atrás dele e o indiquei o caminho para o  banheiro.
Enquanto tomava banho, estourei  algumas pipocas, peguei o controle e fui escolhendo o filme. Eis que ele vem chegando do banheiro com uma calça da adidas, descalço, sem camisa e de cabelos molhados com gotas escorrendo pela barriga que me dava vontade de lamber mas me contive. Ele já se sentia muito a vontade, sentou no sofá e perguntou qual filme eu tinha escolhido. Passei o controle pra ele escolher e em seguida perguntei pelo Henri que segundo o Gui, estava resolvendo assuntos pessoais. Resolvemos assistir velozes e furiosos 7 mas nem estava prestando atenção no filme e sim nele. Gui passou a mão pelas minhas costas tentando fazer um carinho que se tornou um fogo  sem pespectiva de se apagar. Dei um riso de lado e disse que aquele carinho estava me dando outros  tipos de sensações. Ele intensificou as carícias, e pra minha surpresa desligou a tv no meio do filme. Ele beijava e mordiscava minha orelha perguntando qual sensação eu tava sentindo naquele momento.. Soltei um gemido do fundo da garganta, acompanhado de um arrepio!
Ele foi beijando meu pescoço, chupando, passando a língua num ritmo maravilhoso. Minha mão foi encontrando sua perna e foi subindo até o pau e comecei a acariciar. Ficamos nisso um tempo até que ele perguntou:
- Gosta disso?
Disse deslisando a mão para meu sexo, acariciando.
Respondia todos os toques com gemidos que o deixava louco..
- Me diz, você gosta de que no  sexo?
- De tudo!
- Qual sua fantasia?
- Sexo a três
- Duas mulheres ou dois homens?
- Homens
E senti a mão dele entrando no meu short. Fui pra cima dele, sentei no colo envolvendo minhas pernas em sua cintura, torturando da mesma forma. Beijava, lambia, mordia seu pescoço e orelhas e rebolando por cima de seu pau duro. Puxei seu cabelo pra trás gemendo em seu ouvido e quicando pra provocar.. Ele colocou meu short de malha pro lado e enfiou os dedões dele dentro de minha buceta
- ahhhhh isso é tão gostoso
E rebolei nos dedos dele
Eis que toca o celular dele.
- Henri tá subindo e vem direto pra cá
Nos recompomos para esperá-lo. O Henri chegou, abri a porta, me deu um suave beijo no rosto e indiquei onde era o banheiro. Assim que a porta bateu, levei o Gui pro meu quarto. Tirei minha blusa fiquei apenas com meu sutiã de renda e um shortinho. Sentei por cima dele na mesma posição e fui o mais cachorra possivel pra provocar
- Você quer muito me comer né? Safado!
Sussurei no ouvido dele que abocanhou meus seios, chupando eles e eu roçava minha buceta naquele pau duro feito pedra. Nossos gemidos se misturaram, e estavamos nos pegando loucamente até que percebemos que estavamos sendo espiados. Olhei pro Gui e ele sabia o que eu estava pensando porque ele também pensara a mesma coisa. Tomei coragem, e falei:
- Entra Henri, já vimos você!!
E ele entrou com uma toalha branca na cintura exibindo um volume imenso. Ele estava excitado só de nos ver.
- Queremos que você participe também.
Tirei sua toalha, agaichei e chupei aquele pau negro, imenso, que nem conseguia por nem metade na boca.
Tinha certeza que queria aquilo e estava prestes a fazer!


Continua...



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.