"Os mais excitantes contos eróticos"


A Escolha de Simone


autor: Tuo
publicado em: 02/11/16
categoria: romance
leituras: 922
ver notas
Fonte: maior > menor


PRELIMINARES

As redes sociais são um espaço virtual que revolucionou os relacionamentos, eliminou distâncias, ampliou as possibilidades de interação entre pessoas que, de outra forma, dificilmente se conheceriam. Muitas teses de Mestrado e Doutorado já foram escritas sobre o assunto, discutindo as potencialidades, riscos e o futuro desses relacionamentos. Por enquanto são um sucesso, principalmente no Brasil.

Como tudo na vida, essas ferramentas da Internet são usadas para o bem ou para o mal, devendo os usuários utilizá-las com precauções, já que muitas relações acabam mal ou as informações são utilizadas para fraudes e chantagens.
Mas, por outro lado, com a atual sensação de insegurança das ruas, e pela mudança dos hábitos de vida, muitos preferem buscar nas "janelas virtuais" mais carinho e atenção que o disponível nas janelas reais. Ou então, pensa-se que é mais cômoda a relação virtual, já que pode ser apagada rapidamente, sem marcas, sem cobranças, sem ônus e sem culpas. No entanto, no fundo mesmo, acho que o sonho e a fantasia propiciados por esses relacionamentos, às vezes idealizados, são o que os sustenta, como uma “second life”, onde tudo que gostaríamos de realizar pode ser feito!

Mas, deixa de intelectualidade chata e passemos ao conto:

Parte I

Fernando nem lembra direito como conheceu o perfil de Simone. Ah sim, foi navegando pelo Facebook, quando retornou recentemente. O perfil de Simone atraiu-o, pois além de suas imagens serem muito, mas muito belas, ela parecia muito carinhosa, não gostava de grosserias e vulgaridades e ela parecia ter muita inteligência e conteúdo.

Inicialmente, os homens são atraídos por sexo, virtual e depois real, não necessariamente nesta ordem. Mas isso não é suficiente para Fernando. Ele não gosta de sexo sem envolvimento e sem conteúdo. Sente uma frustração muito grande e deprime-se. Assim, aprecia muito ser amigo, um confidente, principalmente para os momentos difíceis, afinal a vida é assim, bem real. É claro que o sexo é importante, mas se for conseqüência tem muito mais qualidade, entrega, cumplicidade e realização.

Simone parecia uma alma gêmea, nascida para realizar seus sonhos!

Depois de diversas tentativas de contato, finalmente conseguiu falar com ela. Simone o aceitou e conversaram um pouco (ela sempre muito ocupada, coisas de mulher moderna, linda e disputada...).

Novas mensagens, muito charme e sedução, finalmente tiveram a primeira relação virtual, linda, maravilhosa, muito envolvente e inesquecível. Simone conseguia, com suas palavras e imagens, seduzir, envolver, acariciar e perturbar. Não era possível dormir direito depois de conversar com ela, pois sua imagem permanecia na memória, seus beijos molhavam os lábios de Fernando, seus dentes alvos e unhas bem cuidadas marcavam seu corpo, seu corpo excitado não relaxava rolando na cama, seu pênis rijo por horas a fio. No entanto, um sorriso permaneceria em meus lábios, lembrando aqueles momentos de entrega total, de paixão e sedução.

Tudo muito marcante e inesquecível....Era uma loucura total, desestabilizando, perturbando o cérebro. A cabeça de baixo mandando na de cima. No trabalho, sempre absorto, pensando nela, no seu corpo, nas suas fantasias, nas suas imagens, martelando e marcando o cérebro. O corpo e a mente querendo mais e mais ....

Parte II

Depois de uma tórrida sessão virtual, finalmente conversaram ao telefone. Simone ronronando, sua voz rouca e suave... que emoção inesquecível! Uma delícia....Mas não podiam falar muito, pois ambos eram comprometidos, o que causava dificuldades de horários, além das inevitáveis culpas e frustrações. Fernando sabia que Simone tinha dúvidas sobre esse envolvimento maior, pois temia que o companheiro ficasse sabendo, ou, pior, desconfiava que ela temia a si própria, pois nunca havia passado de um envolvimento virtual. Um passo a mais, rumo ao desconhecido, apresenta riscos. Ela temia que não houvesse retorno possível, saindo do virtual - apagável e sem riscos - para o real - físico, olho no olho, pele com pele. O que poderia acontecer se ela concordasse com um encontro real? Ao mesmo tempo, aquilo lhe fascinava, o mistério e a curiosidade, adrenalina...

- Como Fernando é realmente? As fotos serão maquiadas? E se for um maníaco, um chantagista? Ela cheia de dúvidas, mas enquanto refletia não podia deixar de notar sua calcinha ficando úmida, seus mamilos durinhos, sua boca seca. O desconhecido é sedutor. Os riscos são prazerosos também.

Por outro lado, ela também tinha defeitos que não apareciam nas fotos, especialmente selecionadas para o FB: a barriguinha já não era a mesma; as pernas e nádegas não estavam tão firmes como antigamente; alguns fios de cabelo teimavam em cair todo dia no banheiro. Aos trinta e poucos anos, o corpo ainda no auge, mas iniciando o declínio natural e inexorável da vida.

Ela lembrou de algumas mensagens de Fernando, ressaltando a importância da cumplicidade entre casais, do conteúdo da alma de cada um numa relação de longo prazo. E isso era uma falha do seu relacionamento com seu companheiro. Ele somente se interessava por sexo, sexo, sexo... chegando a ser cansativo e apelativo, quando Simone estava indisposta. Simone queria envolvimento, sedução, preliminares...

Parte III

O envolvimento era cada vez maior: o WhatsApp ligado sempre; os telefonemas diários e em horários cada vez mais arriscados; o(a) respectivo(a) pareciam suspeitar de algo. Mas a vontade de desafiar os limites e riscos era cada vez maior, em nome do amor virtual.

Moravam em cidades diferentes, era mais uma dificuldade, mas precisavam se encontrar! Depois de muitas negativas, finalmente ela concorda com um encontro real. Mas, seria somente um encontro em um shopping, um café, um passeio, nada mais... será?

Passagem aérea comprada, hotel confirmado, o dia certo. A ansiedade à flor da pele. Finalmente, um beijo real, uma troca, um carinho, uma atenção. O avião sobrevoa a cidade dela. Maravilhosa, como ela mesmo o é. Fernando adoraria morar ali em Florianópolis. No carro alugado, até o hotel 5 estrelas, ele vai sonhando, olhando, imaginando, sentindo....

Na hora marcada, na cafeteria do shopping, banho tomado, roupas novas, um pouco tenso. Será que ela virá? O tempo vai passando, meia hora de atraso... vai desistir? Não, ele tem certeza que ela virá, nem que seja para um abraço, um beijo na face, algumas palavras, alguns carinhos reais.

Uma imagem maravilhosa chega...., é ela, Simone aparece linda, produzida, num vestido leve que ressalta suas formas. Cabelos soltos, ondulam suavemente enquanto caminha sobre saltos altos, narizinho empinado, lábios sensuais, um sorriso ao lhe ver. Simone serpenteia entre as mesas, se aproxima.... Fernando levanta, meio embasbacado, não tem palavras, ela é linda demais.

Um abraço e beijos nas faces selam o primeiro toque real. Que perfume gostoso, que sensação de felicidade: ela veio ao seu encontro, ela é real.

Sentam, conversam sobre suas vidas, seus sonhos, ela tomando um Spresso com Chantilli. Lindos os seus lábios com chantilli... Os olhos azuis são pedras preciosas naquele rosto lindo, emoldurado por cabelos bem cuidados. Ele não consegue deixar de prestar atenção nela, nas suas orelhas adornadas por belos brincos.

Fernando fica meio entorpecido com sua presença, seu perfume inebria, suas mãos frias e delicadas que acolhe entre as suas, a voz sedutora, sua alma aflorando por suas palavras e gestos, tão linda quanto seu corpo. Precisa explorá-la, conhecer seus segredos, seus desejos, dúvidas, paixões, sonhos...

As conversas são cada vez mais carinhosas, a amizade e o desejo afloram.... ela está linda e bronzeada... Fernando está apaixonado! O convite é natural e esperado, mas certamente suscitará a dúvida sobre os limites da relação:

- Simone, você quer ir para o meu hotel, vamos ficar num lugar sossegado?

Parte IV

Fernando dirige frustrado, triste e sem rumo pela bela cidade de Simone, tão cheia de montanhas e praias. Liga o "piloto automático", devagar, cuidando para não provocar nenhum acidente, e deixa seus pensamentos fluírem pela mente. Seus olhos estão úmidos, prejudicando um pouco a visão..., enquanto ele lembra o que aconteceu nas últimas horas:

Simone pareceu tão feliz com o primeiro encontro, dava para sentir em seus olhos que lhe achava interessante, nem tanto fisicamente, pois ele é "normal" e mais maduro, mas os assuntos e conversas convergiam muito. Ela adora a natureza e ele é muito preocupado com as questões ambientais contemporâneas, o aquecimento global, a sustentabilidade e o futuro do planeta. Ao mesmo tempo, nas conversas, ele passa serenidade e confiança, que ela tanto precisa. Ela é muito carinhosa em suas palavras e gestos. Ambos querem carinho, amor e cuidado.

Dava para notar o interesse de Simone, em seus olhos atentos voltados para ele, sua boca semi-aberta, suas mãos macias apertando as dele, os mamilos durinhos marcando o vestido leve, a pele eriçada ao toque, a aceleração dos batimentos...

Ao ouvir o convite para o hotel, ela "gelou". Ficou pálida, fechou os olhos, respirou fundo. Ela parecia esperar por isso, mas não sabia o que responder. E não respondeu, somente se deixou conduzir até o estacionamento do shopping, onde estava estacionado o carro alugado por ele que, por coincidência, ficava próximo de onde ela deixara o seu. Entraram no carro, os vidros escuros davam uma certa privacidade. O som ligado: The Corrs, Only when I sleep, embalava o ambiente.

Ele não resiste ao perfume perturbador de Simone, um longo e apaixonado beijo, as línguas se acarinhando, as mãos procurando afagar cabelos e ombros. Uma delícia de primeiro beijo na boca. O desejo aflora, gemidos, corações pulando. As mãos exploram a pele coberta por tecido fino.. os seios... as pernas... as nádegas...

................................

Simone, já na segurança de sua casa, está perturbada e aflita. Sua cabeça fica rodando, nunca algo semelhante tinha lhe acontecido. Aquele homem produzia nela sentimentos novos. Não era sexo, puro prazer, mas aquela sensação era diferente, ela não conseguia descrever... Estava confusa e não sabia o que fazer...

Simone não sabia explicar o porquê - depois de beijar e corresponder aos carinhos de Fernando, de estar tão excitada, mamilos durinhos, pele eriçada, calcinha molhada e louca para transar com aquele homem - de repente, abre a porta do Honda e corre até seu carro, fugindo em disparada do shopping, deixando-o só e sem uma explicação. Em sua mente, não consegue esquecer a imagem do retrovisor - Fernando, em pé, atônito, perseguindo, com o olhar, o deslocamento do carro que saia velozmente do estacionamento.

Simone procurou se convencer de que tudo voltaria à rotina normal, a volatilidade do Face e das relações virtuais, o sexo razoável com o companheiro, e Fernando iria embora....

- Isso, tudo voltará ao normal, procurou se convencer...

Mas, Simone não pôde deixar de sentir um nó na garganta e os olhos marejados. Ela vai até o quarto, deita em sua cama macia, acaricia seu travesseiro de estimação e chora mansamente... até adormecer. Naquela noite, Simone não acessará o FB, nem o WhatsApp, mas ela sonha conectada com a mente de Fernando, que rola na cama vazia do hotel 5 estrelas, especialmente reservado para o encontro.


Parte V


Fernando acorda tarde da noite mal-dormida, um banho quente e reconfortante. Tudo faz lembrar de Simone, a água escorrendo o vapor embaçando o box... ahhh... aqueles sonhos com ela...

Ainda há tempo para tomar o bom café da manhã do hotel, sucos variados, frutas, etc... Procura esquecer o que aconteceu, mas é difícil de entender...

O que fazer agora? Pensa em antecipar a passagem aérea e voltar ao trabalho.

- Isso, a dedicação ao trabalho irá fazer tudo voltar ao normal.. é só apagar o perfil do FB, bloquear o WhatsApp, etc...

Sobe ao seu quarto, escova os dentes. A cara no espelho não é boa, os olhos estão vermelhos, não há sorriso nos lábios, parece que ele envelheceu alguns anos...

O smartphone conectado à página da Cia. Aérea para antecipar o vôo, mas, antes, uma última consulta ao WhatsApp, uma mensagem de Simone:

"Desculpa por ontem, não me entenda mal, meu lindo, estou muito confusa, preciso de algum tempo para decidir o que fazer. Bjsss.
P.S.: sonhei com você nesta noite e foi lindo..., de filme..."

Agora Fernando fica ainda mais confuso. Aquela mulher lhe confunde os pensamentos, o racional não funciona. Ele parece voltar aos tempos de adolescência.

Num lampejo de racionalidade, ele decide ficar e aproveitar a estada na bela cidade, suas belezas naturais, praias lindas, montanhas, lagos, sem pressa. Liga para a empresa e diz que está de férias...

Parte VI

Fernando aproveita o tempo livre para refletir, junto das paisagens maravilhosas daquela cidade abençoada. Ele já está maduro, situação financeira resolvida, sucesso profissional, filhos adolescentes, uma bela mulher. O que lhe falta? Por que está aí? Um pouco de melancolia e culpa em sua mente racional..., mas a vida não é racional...

Em alguns momentos, já pensou em largar tudo e viver um ano sabático, num lugar bonito e preservado, como aquele, como um intervalo em sua vida, rumo à maturidade. Mas, os compromissos familiares e profissionais o impedem de fazer "essa loucura"! O mundo virtual permitiu-lhe conciliar, por algum tempo, essa situação.

Mas, o encontro com Simone está reabrindo esse antigo desejo de rebeldia e renovação... É justamente o que está sentindo mais falta, é sua carência: a sensação de liberdade, da aventura, do desejo de viver uma tórrida paixão, de viver um sonho, transformando-o em realidade. Mas é preciso envolvimento e sentimento, sexo puro não resolve! Se fosse assim, poderia pagar qualquer prostituta, ou mesmo viver casos com as colegas e estagiárias da sua empresa que, por sinal, são lindas e vivem provocando. Sua formação técnica moldou sua mente para o racional, o cientificamente explicável. Agora ele está agindo por puro instinto e emoção! E Simone parece ser a mulher dos seus sonhos.... Será? Ele precisa saber, ele precisa experimentar, ele precisa conhecer e decidir o que fazer...

Naquela noite, Simone ignora seu companheiro, que retornou de longa viagem. Por mais que ele se esforce, ela não consegue relaxar como antes, dedicar-se à relação. Fica pensando em Fernando, põe o pijama, deita e finge dormir.

Simone programa uma viagem profissional urgente para o dia seguinte, de forma a poder "passar a noite seguinte fora" e assim jantar com Fernando. De qualquer forma, reservou um quarto no mesmo hotel de Fernando, por segurança, assim poderia decidir o que fazer depois do jantar. Ela é cautelosa e não quer deixar nada ao acaso. A mala já está pronta e ela se hospedará um pouco mais cedo, logo depois de retornar do aeroporto, onde "iria fingir embarcar".

Dezenove horas, tudo deu certo, o táxi a deixa na porta do hotel 5 estrelas. Ela gosta do ambiente discreto e pensa:

"- Humm, Fernando tem bom gosto, não quis economizar comigo!" Sorriu ela orgulhosa e satisfeita, sentindo uma leve umidade entre as pernas.

Simone instala-se em seu belo quarto, com vista para o mar. Um banho demorado, lingerie nova Victoria's Secrets sobre a cama, perfume doce especialmente comprado que ela espalha pelo corpo todo, vestido preto de alcinhas, sandálias salto alto, deixando-a ainda mais bela e sedutora! Simone irá vestida para matar, toda poderosa! Ela se olha no espelho, sorri feliz com o que vê!

As horas voam, as mãos estão úmidas, a boca seca, o coração pulando, enquanto o elevador vai descendo até o andar do restaurante. Simone ainda pensa em desistir, a insegurança retorna.. Mas, ela pensa:

- Vamos só jantar juntos! Isso, vamos jantar e conversar, ilude-se!

Ela surge poderosa, sobre sandálias salto 15, olhando de cima, percorrendo as mesas, até encontrar Fernando. Momento mágico, o restaurante é um templo que silencia, o maitre, boquiaberto, a conduz até a mesa especialmente reservada. As mulheres observam a Deusa e invejam! Os homens babam! A noite é de Fernando! Assim, ele acredita, pois ela desceu ao seu encontro.

Fernando levanta-se e a abraça longamente, extasiado:

- Que bom que você veio. Pensei que iria perdê-la, sussurra ao seu ouvido, enquanto a beija nas faces!

- Que bom que não desistiu de mim, ela responde ronronando!

O perfume é sedutor, ela está toda fresca, deliciosa e cheirosa. Linda e poderosa. Como desistir dela? pensa Fernando.
Sentados um ao lado do outro, o joelho de Fernando tocando a coxa bronzeada de Simone, olhares cúmplices dispensam muitas palavras. O clima de interesse e paixão entre os dois aumenta. Ao mesmo tempo, a bebida vai fazendo efeito, destruindo limites um a um. Enquanto esperam os pratos, as mãos se tocam, se acariciam. Os seios dela marcam os tecidos macios. Ela sorri. Seu sorriso é mágico. Seus olhos fitam, observam, procuram.

Como adolescentes, conversam bobamente sobre sonhos, fantasias, viagens à Europa, planos mirabolantes para o futuro, desconsiderando a realidade, um verdadeiro “brainstorming” emocional. O que importa é o encontro entre os dois, esquecendo o "lá fora", parece um sonho mágico se descortinando...

Por baixo da mesa, alguns carinhos entre os protagonistas da cena - que não podem ser vistos pelos demais figurantes - ela acaricia o pênis rijo de Fernando, sobre a calça, enquanto a mão de Fernando, não desiste de procurar a calcinha úmida dela, apesar de ela manter suas coxas bem fechadas.

Que tesão! Um beijo furtivo e fugaz, mas que promete muito!

São interrompidos pela aproximação dos pratos principais. Vamos jantar agora, alerta ela.

Belo jantar, bela companhia, boa bebida, inebriante. A conversa continua alegre e amena, a música suave. O par romântico se estuda, se observa, se admira. Ambos sabem que todos temos defeitos. Mas, a hora é de se curtirem, naqueles momentos felizes, mesmo que sejam apenas um lapso a ser depois guardado na memória, por muitos anos.
Terminado o jantar, Fernando a abraça e dirige-se ao hall do elevador. Os quartos dos dois são em andares diferentes. Ele a convida para passarem a noite juntos.

Parte VII

Simone não responde ao convite de Fernando, deixando-o com a dúvida: ela irá fugir novamente?

Caminha sobre os 15 cm de salto alto e entra na cabine vazia do elevador, ondulando-se toda a cada passada, espalhando charme e sedução. Olha-se satisfeita pelo espelho do fundo da cabine, e não pode deixar de sentir-se poderosa, sorrir maliciosamente, com a aflição estampada na face de Fernando.

Sorrindo, finalmente ela pergunta: no meu ou no seu apartamento? Fernando sabe que essa é a senha para um abraço carinhoso e um beijo suave e contínuo - a língua dele acariciando o canto dos lábios dela, procurando o toque suave, quente e úmido da dela - enquanto o elevador sobe rapidamente os 20 andares.

A suíte 2007 é um amplo apartamento bem mobiliado e decorado, quadros e tapetes finos, com sala, banheira de hidromassagem, um belo banheiro e uma cama king size de casal. Simone percorre-o rapidamente com o costumeiro ávido e crítico olhar feminino, enquanto Fernando a abraça por trás, sussurrando ao seu ouvido que ela é a mulher dos seus sonhos, tão esperada! Simone fecha os olhos e suspira fundo, sentindo uma descarga de adrenalina em sua corrente sanguínea.

Ele afasta a linda cabeleira e beija sua nuca, percorrendo a linha da coluna com a boca e a língua. Ela arrepia todinha, retesa-se, voltando seu rosto para trás, já com a boca entreaberta. O beijo esperado, ávido, gostoso e tórrido sela a cumplicidade daquele momento divino, ambos com os olhos bem fechados, sentindo toda a emoção! Tudo lá fora é detalhe. O que interessa é viver a paixão daquela noite, deixando para trás todos os problemas do dia-a-dia.
Enquanto a beija ardentemente, Fernando acaricia os lindos seios de Simone... ela arfa e se esfrega em seu corpo, sentindo aquele volume pronunciado procurando vaga entre suas nádegas. Os seios dela são do tamanho certo, tenros e deliciosos. Os mamilos estão durinhos nas mãos de Fernando, que faz questão de acariciá-los docemente. O desejo está a mil. A adrenalina sobe. Os batimentos aceleram. Os corpos se preparam para o que virá.

Simone ainda está sob efeito do espumante, e sua cabeça roda mais e mais... Ela está passiva, sendo conduzida por Fernando, a quem se entrega totalmente. Ela confia nele e não resistirá aos seus pedidos!

Fernando quase não acredita que está acontecendo: aqueles momentos tão planejados, vividos antes apenas no Templo Virtual do FB, são reais. A deusa Simone desceu do Olimpo para viver uma noite com seu servo fiel.

Ele se esforça para tocá-la com cuidado - como uma joia rara e aparentemente frágil - tenta antecipar o que ela mais aprecia, beija seus olhos, suas faces, seu lindo narizinho vermelhinho! Vai percorrendo seus lábios, mordiscando aqui e ali, acariciando-a com sua língua sensível e molhada. Procura seu ouvido, morde o lóbulo devagarinho e sussurra um "eu te amo muito"! Simone arrepia sua pele e se emociona, gemendo baixinho alguns "ais".

Fernando continua pelo pescoço, pelos ombros, soltando as alcinhas do vestidinho preto (que combinação perfeita, uma deusa loira bronzeada em seu vestido preto!). Melhor ainda quando, aos poucos, os seios são libertos, se espalham, e apontam para o horizonte desafiadoramente.A visão de Simone somente de calcinha e sandálias, olhando ternamente para Fernando é simplesmente espetacular e ele pára de respirar por alguns segundos, extasiado e estático.

- Vem Fernando, diz Simone docemente!

Fernando acorda e a toma em seus braços, carregando-a lentamente e depositando-a suavemente na borda da cama.

Ele livra-se de algumas roupas e começa a massagear suavemente sua amada, com um óleo de massagem estrategicamente adquirido para a ocasião. Inicia pelos pés, acariciando-os e beijando-os docemente. Fernando demora-se, não há pressa, enquanto Simone acaricia seus próprios seios, chupa os dedos e retesa-se abrindo e fechando as coxas a todo momento.

A massagem continua pelas lindas e bronzeadas pernas, com especial atenção para os joelhos e as articulações, sempre acompanhada por beijos e toques de língua, procurando sentir quais os pontos que mais excitam Simone, a pressão e a freqüência correta

Fernando admira Simone em sua mínima calcinha preta e transparente. A visão da vulva depilada é uma atração fatal, enquanto ele massageia suas belas e bronzeadas coxas. Um beijo sobre a calcinha molhadinha, o hálito quente e a tesão daquele momento fazem ela rebolar e se esfregar toda na boca de Fernando, procurando-o quando ele finge se afastar.

Ela então acaricia seus cabelos, forçando a cabeça com as duas mãos contra seu sexo, e pede:

"- Aiii, me chupa todinha, gostoooosoo!"

É claro que Fernando a atende, enquanto sorri e pensa "agora sei que Simone será minha". Dedica-se com paixão, a língua percorrendo a lateral da calcinha, procurando seu clitóris, tocando-o com movimentos circulares, afastando e voltando com regularidade, pressão e toque suaves. Aproveita para lamber os grandes lábios, uma vez de cada lado da calcinha. Retorna ao clitóris intumescido, beijando-o e mordiscando-o delicadamente. Simone está toda melada.. o cheiro de sexo povoa o ar! Ela geme e arfa enquanto Fernando aproveita as mãos livres para acariciar seus seios, detendo-se especialmente com os mamilos durinhos entre os dedos.

Fernando quer mais e afasta a calcinha mostrando a vulva, e começa a penetrar sua grutinha com a língua, entrando e saindo devagarinho, explorando seus segredos mais íntimos. Aproveita para lamber de baixo para cima, sedento, sugando seus fluidos, absorvendo tudo que ela quer lhe dar. Uma delícia! Por fim, retira, delicadamente a calcinha Victoria's Secrets (ou Simone's secrets), afastando as laterais e deslizando-a por aquele lindo par de pernas!

Pronto, Simone está nua, sob a luz tênue dos abajures laterais da cama. Olha, com um sorriso nos lábios, abre os braços e diz: "vem, meu lindo"!

Fernando continua o oral, desta vez com sofreguidão, lambendo e mordiscando, chupando e se deliciando. Enfia e tira a língua em velocidade, ao ritmo dela. Simone rebola, se esfrega, acaricia os cabelos, geme e grita.. pede mais.. e.. de repente, retesa-se toda... prenunciando o gozo que então desce até Fernando (aaaahhhhhhhhhhh).

Fernando sorri, satisfeito pelo orgasmo de Simone. Enquanto ela se recupera esfregando as coxas, acariciando seus seios, de olhos bem fechados e arfando muito, ele se livra do resto das roupas, não esquecendo de guardar a calcinha (recordação, fetiche!).

Mais alguns segundos e Fernando recomeça entre as coxas meladas de Simone, mordiscando, beijando e lambendo-a, enquanto acaricia suas coxas e nádegas, ainda lubrificadas pelo creme hidratante. Não demora muito para Simone gemer e gritar novamente que o segundo orgasmo está chegandooooooooooooooooo!!! Que delícia essa mulher, pensa Fernando.

As horas passam e Simone e Fernando estão incansáveis, querem aproveitar o tempo todo um ao outro! Só saem da cama para um demorado banho juntos, onde tudo recomeça sob um turbilhão de água quente. No banho, os beijos são intensos, a volúpia é grande. O sabonete líquido L'occitanne é utilizado como arma de sedução e carícia, entre os seios, coxas e nádegas, deslizando as mãos, acariciando a pele de Simone.

Fernando aproveita para acariciar a vulva de Simone com sua mão espalmada, tomando-a toda e deslizando o dedo médio dentro dela. Simone arfa, geme, pede... "me penetra!" É o que Fernando faz, com o dedo médio, entrando e saindo delicadamente, enquanto a beija longamente. A tesão está demais. A entrega é total. A vontade de acarinhar o parceiro é o que mais dá prazer. Eles se abraçam longa e ternamente.

Ainda molhados, Fernando a toma em seus braços, levando-a até o leito, sempre beijando-a. Agora, deitada, com os cabelos molhados, Simone parece ainda mais desejável. A mulher dos sonhos. Não há mais o que esperar!

-"Vêm Fernando, querido!" É a senha para a entrega final!

Fernando deita-se sobre ela, acomodando-se entre suas coxas, e beijando-a mais uma vez, apoiado sobre os braços e naqueles seios divinos. Ela é tão macia, tão desejável. Rapidamente, ela mesma acaricia seu membro e o dirige para a entrada da grutinha, dilatada, lubrificada e pronta. Fernando mela a glande entrando e saindo devagarinho, enquanto Simone se enlaça em suas pernas. Que delícia!

Simone não resiste mais: quer Fernando dentro dela já, o que consegue com um jogo de pernas. O pênis de Fernando desliza devagarinho pela grutinha dilatada e lubrificada, acomodando-se na vagina, até encontrar o colo do útero. Fernando permanece assim imóvel, por um bom tempo, sentindo o calor, o amor, a paixão e a entrega de sua amante, enquanto a beija ardente e apaixonadamente!

Existe um momento em que o homem se aproxima do Paraíso na Terra, êxtase supremo, felicidade mesmo, é quando tem um orgasmo ou está todo dentro de uma mulher, abraçados, os dois formando um só! Assim, Fernando quer alongar aqueles momentos, até que seja possível resistir!

Extasiado, Fernando sussurra ao ouvido de Simone:

-"Eu te adoro!"..

Ela responde, anestesiada,

- "Eu te amo!".

Um beijo sela aquele momento feliz, inesquecível, que eles acreditam perene.

Já são 2 horas da manhã, 3 horas de amor, com poucos intervalos e eles continuam transando. Fernando se controla, quer curtir mais aqueles momentos. Mas, ela não resiste mais, quer sentir o gozo de Fernando dentro dela e acelera os movimentos, provocando sensações de prazer irresistíveis. Que delícia dentro dela, chupando seus seios, beijando sua boca, acariciando sua alma! Fernando não pode mais, acelera também, estocadas vigorosas entre as coxas de Simone, que geme e grita que mais um orgasmo está por vir. Fernando sincroniza, acelera, sente chegando também, e goza abundantemente junto com Simone, num clímax de paixão e entrega... Ela sente os jatos quentes e abundantes esquentando sua vagina e preenchendo todos os seus espaços, fecha os olhos e sonha!

Fernando desaba sobre ela exausto, acaricia seus cabelos, beija-a ternamente e sonha!

Aninhados e exaustos, Fernando dentro de Simone, apaixonados, sentindo seus corações baterem mais forte, eles adormecem com sorrisos nos lábios e, quiça, sonhando um com o outro!

Parte VIII

Simone sentiu um nó na garganta, seus belos olhos marejarem, uma lágrima se formar e escorrer por seu lindo rosto, enquanto excluía o contato de Fernando do WhatsApp e do FB. Aproveitou para criar um novo perfil no FB, muito diferente do anterior, para não ser mais localizada por ele. Na tarde anterior, no shopping, já havia trocado o número de seu celular!

Por que ela estava fazendo isso, se Fernando parecia ser aquele Homem maravilhoso? Ela tinha que admitir que se sentia insegura e despreparada, tinha medo de perder o que já havia conquistado, de arriscar e de se entregar àquela aventura, por mais que seu corpo assim o desejasse! Temia também por Fernando, que tinha família e poderia separar-se! Mas, havia também algo mais secreto que ela custava admitir: Simone adorava aquela sensação de entregar-se aos prazeres virtuais, com diversos homens, e de certa forma manipulá-los, sentir-se desejada diariamente. Como continuaria, se estava apaixonada por Fernando? Ele não iria compreender, ela não sabia se conseguiria desistir daquele hábito. Não ia dar certo, e ela se sentiria culpada sempre!

Simone relembrou a noite anterior no Hotel - com certeza a melhor de sua vida e inesquecível -, e como ela levantou cedo, sem acordá-lo, retornando ao seu quarto, onde trocou as roupas e saiu. Deixou um bilhete na portaria do hotel: "Eu te amo, mas, por favor não me procure".

Não deixou mais pistas: tinha tomado o cuidado de registrar-se com nome fictício e pagou a diária em dinheiro. Ainda, quando saiu, tomou o cuidado de tomar dois táxis diferentes, o do hotel - que deixou-a em um shopping próximo -, onde pegou um segundo para a casa de uma amiga, aguardando até à noite (horário de seu retorno de viagem). Sim, ela tinha de fazer isso, pelo seu bem e por Fernando, a quem ela não queria magoar mais.... ! Sim, Simone sabia o que estava fazendo!

Final

Todos querem saber o que aconteceu com Fernando!

Ele tentou de todas as formas possíveis voltar a encontrar Simone - contactou engenheiros, seus amigos na Operadora de Celular, vasculhou o FB, contratou até hackers para tentar localizá-la através de aplicativos de reconhecimento de imagens -, mas tudo sem sucesso.

Decepcionado e sem rumo - e entendendo que Simone preferia o seu companheiro atual a ele - Fernando conformou-se com a decisão dela e retornou à sua empresa, dedicando todas as energias ao trabalho. Nunca mais procurou ninguém no FB, temendo uma nova frustração. Hoje é o Presidente da Companhia em que trabalha, ganha bônus por lucros, tira duas férias anuais, quando viaja pelo mundo, conhecendo lugares exóticos, juntamente com sua linda esposa, a quem redescobriu, na maturidade. Já percorreram "Os Caminhos de Santiago ", já estiveram no Himalaia (pelo Tibet) e, sempre que podem, visitam a Itália, principalmente a região da Toscana.

Fernando está tranqüilo e sereno! Às vezes, quando passa por uma cidade com montanhas e praias, seu sorriso fica ainda mais belo e ele fita o horizonte com satisfação, meio sem motivo. As pessoas elogiam seu alto astral, sua tranqüilidade e serenidade, e se aconselham com ele sempre que passam por crises pessoais.

Fim!



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.