"Os mais excitantes contos eróticos"


Dando para passar de ano


autor: larinhaPabMaxi
publicado em: 03/11/16
categoria: casual
leituras: 7313
ver notas
Fonte: maior > menor


Tive muitas noites normais tipo encontrar um cara na balada e ir para um motel, às vezes a foda era boa e algumas era bem ruim. Só conto claro as minhas aventuras mais legais ou as mais ruins.
Homem é muito fácil de manipular, mas de vez em quando eles que me manipulam.
Eu faço faculdade e na realidade professores não são santos, eles são mesmo uns tarados que querem comer toda aluna bonita, eu estava no primeiro semestre fazendo
estatística e não sou burra, mas sou péssima com números repeti a matéria duas vezes e na terceira estava sendo bem difícil eu já não aguentava mais. Na última prova
eu precisava de 30 mas tirei só 10 e decidi chorar no dia da vista de prova, o professor Carlos sempre tinha dó de alunas e já vi ele doido querendo comer as estagiárias.
Coloquei um vestido branco e cinza bem soltinho no corpo e caprichei na maquiagem. Cheguei na sala dele e tinham mais 5 alunos e fui a primeira a entrar e comecei a falar que não
aguentava mais fazer a matéria de novo e comecei a chorar ... ele ficou com dó de mim e falou para eu esperar para revermos as minhas notas. Depois que todos foram embora
eu entrei na sala dele e fiquei do lado dele enquanto ele verificava as minhas notas e falava que era muito difícil dar tantos pontos. Eu falei para ele que faria o que ele
quisesse e sentei no colo dele. Nossa ele levou um susto tremendo, se levantou e fechou a porta da sala dele. Eu falei que queria uma nota boa e seria bozinha com ele,
e ele falou que dependeria do que eu fizesse com ele. Ele já saiu me beijando e pegando na minha bunda, como ele era bem barrigudo era meio estranho. Ele tirou meu vestido
e se sentou na cadeira, falou para eu sentar no colo dele de novo, começou a falar no meu ouvido que queria me fuder já fazia muito tempo. Ele falou que agora eu seria a menininha dele
e que sempre quis comer a filha, mas que eu serviria. Depois de muito me beijar ele ficou com o pau duro. Jogou as coisas da mesa no chão e me colocou de bruços na mesa tirou minha calcinha e ficou
apreciando minha bunda branquinha , redondinha e durinha. Ele começou a dar uns tapinha e falou que eu fui muito levada e tirei notas ruins. Eu pedi desculpas, mas ele falava que não tinha jeito
ele teria que me castigar. Olhei para trás com cara de puta e vi ele com o pau duro, olhei para frente e senti o caralho entrando, doeu um pouco porque não estava muito excitada. Ele pegou na minha cintura
e perguntou se eu seria uma filhinha mais obediente, eu falei que sempre seria e faria tudo que ele quisesse. Ele me virou de costas na mesa e continuou me comendo até que falou que iria gozar e gozou nos meus seios.
Eu perguntei quantos pontos tinha ganhado, e ele falou que estava quase passando, pegou nos meus cabelos e me fez chupar o pau dele, estava meio mole mas chupei assim mesmo, estava até gostoso com aquele gostinho de porra,
com o tempo o pau começou a ficar duro de novo e me esforcei para ele gozar logo pois não iria dar conta de mais nada, chupei demais enquanto ele me chamava de putinha , piranha e outros nomes. Ele gozou forte dessa vez, caiu porra
até no meu rosto. Coloquei minha roupa, e ele também , ele me deu a nota que eu precisava e falou que era para eu ir viajar com ele no mês com vem, iria me dar uma bolsa de iniciação científica e fez isso, quando viajava sempre me levava
eu ia a restaurantes e ele me comprava roupas pra me deixar bem gostosa, sempre me levava para beber , até que ele saiu da faculdade, aí não quis mais nada com ele. Simples assim.



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.