"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Ele me desejava.


autor: flor-na-boca
publicado em: 13/11/16
categoria: hetero
leituras: 2727
ver notas
Fonte: maior > menor


Todo domingo é a mesma coisa,a família vem almoçar aqui em casa,eu e minha mãe fazemos toda a comida,mas hoje eu esqueci um ingrediente e tive que sair as 11 da manhã para ir no mercado,quando eu estava saindo do mercado uma moto passou bem devagar do outro lado da rua,um homem loiro de cabelo em um topete natural (suponho),com óculos escuros e uma linda blusa azul, com mais ou menos 20 anos,ele vira o rosto sinto que ele olha pra mim e acelera,Vai embora,eu achei aquilo normal pois já me acostumei com os homens olhando pra mim na rua.

Quando estou chegando em casa,um carro vermelho vira a esquina muito rápido, sobe na calçada e freia a centímetros de mim,sinto o sangue correr para minhas pernas e meu coração acelerar,a porta do passageiro abre:

-Olá Isadora,eu gostaria de saber se você pode sair hoje comigo? hoje á noite?

-Quem é você?

-Um grande admirador seu,mas isso não importa.

Ele suspirou e tirou os óculos escuros revelando olhos muito verdes,ele era um homem lindo e charmoso e eu estava assustada.

-Você quer sair comigo hoje á noite?

-Eu nem te conheço..

-Isso não é problema,meu nome é Marcelo Galli,novamente eu sou um grande admirador seu.

-Por que eu sairia com você?

-Por que você não sairia comigo? Está de castigo?

-Sim estou..

Falei rápido demais.

-Não minta pra mim.

Ele pegou no meu braço e me puxou para dentro do carro,não tinha maldade nas suas palavras mas eu ainda estava assustada,ele trancou a porta do carro eu estava sendo sequestrada,ele pisou no acelerado.

-Não me diga que eu sou feio pois eu não sou..por que você corre de mim?

-Eu..oque?

-Corre de mim..eu quero te foder,Isadora.

Ele falou o tanta naturalidade como que se nenhuma pretensão que eu fiquei sem palavras.

-Eu vou te foder,Isadora..Você quer que eu te foda?

Ele parou o carro bruscamente e olhou pra mim,fiquei envergonhada sobre aqueles olhos verdes lindos o medo estava correndo pelas minhas veias mas eu ainda balancei a cabeça positivamente e ele sorriu.

-Dessa do carro..

Obedeci,ele tinha me levado para um chalé na floresta ao lado da cidade.

-Eu quero que você me acompanhe preciso te mostrar algumas coisas..

-Eu estou com medo..

-Isso faz parte.

Ele pegou na minha mão e me levou pra dentro,não tinha nada de anormal,ele me levou para o quarto,sentou na cama e olhou pra mim.

-Seja uma boa menina e me espere..

Ele começou a tirar a roupa,primeiro a blusa e depois a calça,levantou e foi andando até o banheiro,eu fui até um nottbook que estada no criado mudo,quando eu apertei em ligar BOOM apareceu meu perfil do facebook.

-Isadora? Venha até aqui..

Eu desliguei o nott e fui ao banheiro,ele estava com uma toalha amarrada no quadril.

-Tome um banho..

-Por que?

-Por que eu estou mandando?

-Isso serve..

Eu não gosto de ser mandada,eu gosto de mandar,estava começando a entrar no clima,só de pensar naquele homem me fodendo ou só de pensar em perder a virgindade com ele,comecei a ficar molhada,ele se encostou na parede do banheiro,eu comecei a tirar a roupa e ele começou a se tocar pro cima da toalha,virei pra parede e deixei a água percorrer meu corpo quando virei pra ele a toalha estava no chão e ele estava com o pau muito duro olhando pra mim.

-Eu quero um boquete..

Andou até mim e começou a me beijar,me empurrou na parede,eu senti seu membro contra o meu corpo e tremi.

-Calma.

Ele mordia meus lábios e foi descendo pelo meu pescoço,colocou a boca no meu ouvido.

-Vai,me chupa agora..

Ele pegou meu cabelo,por vontade eu fui beijando seus ombros depois seu peitoral depilado sua barriga e depois o seu pau,Passei a língua nele todo da base a cabeça,movimentos circulares com a língua na cabecinha,ele jogou a cabeça pra trás e deu um gemido acompanhado de um grito um pouco alto.

-Continua,meu doce..continua

O gemido dele era demais pra mim,eu levantei coloquei a mão na boca dele,o mesmo começou a morder de leve os meus dedos,virei e empurrei ele na parede.

-Cala a boca..e me beija,gostoso

Eu tirei a mão a boca dele e coloquei no seu pau e comecei a masturbar ele.

-Eu gosto....assim,sua..sua ..cachorra

Eu apertava a cabeça do pau dele e ouvida um grito rouco.

-Vou foder você..

-Eu quero que você me foda.

Disse entre o beijo.

-Mas não aqui..vai pra cama.

Aquilo foi uma ordem que eu obedeci,ele veio atrás de mim me enrolou com uma toalha e disse:

-Vamos comer..depois a gente continua.




Posso terminar de contar pra vocês depois? Qualquer coisa me chama Okay? Liryelsnow@gmail.com



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.