"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Dra Sônia Eu e Jorge


autor: Casallilijorge
publicado em: 30/11/16
categoria: aventura
leituras: 3026
ver notas
Fonte: maior > menor


A pedido de algumas amigas que fiz aqui no site vou relatar uma experiência que me aconteceu no início desse ano numa consulta de rotina:
Tinha um retorno com a ginecologista pra ver alguns exames, pois depois eé conhecer Jorge fiquei mais ativa e queria me precaver de qualquer desconforto.
Chegando ao consultório logo a dra me chamou:

Dra: oi Liliane sua vez! Eai como vc está???

Eu: oi dra estou bem, trouxe o exame que a senhora me pediu.

Dra: deixe-me ver!
Humm está tudo bem, aque lá pequena infecção não existe mais, porém vamos ter que dar uma olhadinha nela tá!

Eu: tudo bem, estou preparada kkkk

Dra: Ótimo! Vai no banheiro tire a roupa, coloque o avental, e sente na maçã pra eu examina-lá

A Dra estava diferente, um tom masculino eu senti, porém queria mesmo é tirar algumas dúvidas bobas porque estava me masturbando diariamente, estava mais ativa com meu marido e ainda tinha Jorge meu anjo da guarda que sempre lançava um novo desafio sexual; pronto Dra!

Dra: deite na macademia e se abra toda pra mim!

Confesso naquele exato momento fiquei toda molhada pois estava ansiosa e comecei a sentir tezao em me abrir toda pra ela..

Dra: licença tá? (Seguido de um sorriso sacana) está bonita! ( se referindo a depilação em formato de coração)

Eu: sim querida!!! (mostrando que estava pronta mesmo)

Dra: vou colocar um dedo,
Agora dois....
Agora trez....

Estava toda molhada e com tezao e a Dra estava abusando de mim kkkk delícia adoooroooo!!! Porém tirou os três dedos e disse pronto!!!! Tirou a luva e falou pode se vestir! Ah se colocasse os quatro eu gozaria fácil kkk

Dra: está tudo bem, e diferente da outra consulta vc está bem ativa, bem lubrificada, trocou de marido?

Eu: não Dra! Conheci um amigo, que abriu minha mente, decidi me lançar sexualmentee renovei, hoje tenho que dar conta do marido e do amigo e agora Dra todos os dias eu me masturbo pela manhã tem algum problema???

Dra: problema porque??? Vc está com a vida sexual ativa.

Eu: mas sinto algumas dores, depois do sexo!

Dra: o parceiro faz com muita força? E sorriu...

Eu: meu marido não muito mas Jorge quando me pega de quatro bomba com força total e eu me realizo com as pancadas e sorriu.

Dra: normal, até que seu canal acostume com o tamanho pode doer mesmo mas esse amigo está te fazendo bem né?

Eu: sim Dra um anjo!

Dra: opa toda mulher precisa de um desses... até eu...

Eu: ue Dra porque não tomamos um café juntos??? Ou um almoço???

Dra: kkkk sou casada e o marido muito cimento!

Eu: todos somos... mas garanto que seria bem interessante (falei olhando para aquele para de seios lindo, afinal ela tinha me exitado de propósito) se a senhora não for fazer nada agora na hora do almoco, saindo daqui vou encontrá-lo aq perto!

Dra: mas nao o conheco, pode cortar o clima de vcs!

Eu: que isso Dra você é uma amiga, e todos temos fantasias né???

Dra: não me considero doida mas vamos lá sim só tenho mais uma paciente pra atender agora é fico livre..

Eu: ótimo aguardo vc na recepção!

Dra: combinado então!

Aguardei na recepção por uns 30 minutos, quando ela saiu, já sem o avental branco, uma calça jeans que mostrava o tamanho daquele bumbum e uma blusinha com um decote que deixava os seios bem amostra, e percebi que ela se máquiou e passou um baton bem vermelho, pensei comigo, hora certa pessoa certa assunto certo, estava prestes a relembrar minhas loucuras de adolescente, já havia avisado Jorge que ficou super empolgado com o presente que estava levando para nós...

Dra: vamos no meu carro?

Eu: sim!

Dra: vamos encontra-lo onde?

Eu: vamos encontra-lo no extra da Ricardo Jafet, sabe?

Dra: ótimo não conheço ninguém por lá kkk, mas tem bastante motel por lá né??

Percebi que a dra tinha entendido o recado e que queria ir para o motel mesmo, adoooroooo!!!! Sem enrolacao!!
Chegamos lá e ela falou se poderia deixar o carro dela, e irmos com o de Jorge... disse claro...

Chegamos e Jorge já estava esperando, fomos pro carro dele e logo falei:

Eu: Dra esse será nosso uber!!

Ela já entrou rapidinho no carro pois realmente estava com medo... apresentei o Jorge que deuma um belíssimo de um sorriso mediu a Dra de cima a baixo e fomos direto pro ninho de prazer e savana gemia, chegando lá subimos para o quarto....

Jorge abriu a porta e entramos, a dra com um pavor estampado no rosto dela, mas durou poucom Jorge galanteador e conversador logo desencanou um assunto que fez a dra ficar mais a volta de pediu uma champanhe e começamos a tomar suaves goles, achei aquilo muito evitando a dra sentada na cama eu sentada numa cadeira e Jorge em pé na janela, asdim que acabou a garrafa Jorge diz:

Jorge: vamos nos trez pro banho???

A dra bem Alegre e falante por conta dos goles looo achou uma ótima idéia eu já está tirando a roupa e Jorge estava pelado, foi o estopim que precisavamos, Jorge entrou e já estava de pau duro a dra entrou e logo observei que ela também estavá toda lisinha também como eu, entrei junto com ela e deixei ela no meio de nós dois propositalmente, ela logo deu um beijo em Jorge e eu encostei minha xota nela beijando sei pescoço pelo lado de traz fazendo ela se arrepiar, Jorge continuou a beija-lá sei pau roçar sua xota pois os dois eram da mesma altura eu continuei a beija-lá sentindo seu bumbum passando na minha xota, Jorge agora chupava seus peritos que erao médios e a Dra começou a gemer sentindo as mãos percorrerem seu corpo e o barulho da água caindo fazia todo um ambiente....
Jorge começou a chupar o peito dela com mais intensidade eu logo busquei dar uma encoxada e com outra mão procurar seu grelo, foi quando percebi que ela abriu as pernas gemendo mais, achei e comecei a brincar com ele, ligo percebi a babá escorrendo sobre meus dedos e intensifiquei nos movimentos foi quando ela seguido de gemidos falou que era pra continuar que ela iria gozar...

Dra: vai que assim eu gozo, hummm vai, vai ahhhhhh.... nossa tô mole kkkkk

Realmente a Dra estava com a pernas bambas,

Jorge: kkk falou vamos pra cama? Começou agora...

Eu: também quero e olhei pra Dra.

Que também deu risos lambendo os lábios... deitei na cama e logo a dra veio me chupar dizendo que desde a consulta estava querendo me chupar... e abriu meu grelo me chutando de um jeitinho que só as amigas fazem, enquanto eu chupava o pau que já babava e estava quente e grosso....

Dra: agora entendi porq depois vc fica dolorida... nossa que pau lindo, lisinho Grosso e cumprido deve ter uns 24 cm??? Kkk

Jorge: que isso Dra, vcs que são lindas eu sou só continuação de vcs kkk vamos fazer um 69? Lili me chupa e nos dois chupamos ela....

E assim foi feito os dois me chupava a dra com uma mão batia a siririca e o Jorge abria minha xota... nossa!!! Que sensação de ser dominada deliciosa, chupando e sendo chupada que loucura minha xota sendo dominada por duas línguas estava com meus bicos do peito no limite, senti as mãos da Dra pegando nas minha nádegas e apertando e enfiando a língua fundo nossa!!! Estava quase gozando, e o pau de Jorge entanto e saindo da minha boca foi quando eu disse vou gozar e Jorge também avisou que iria jorrar gozo na minha boca e não demorou muito, gozamos juntos apertei o rosto da dra na minha xota e puxei o pau do Jorge pra mim nossa gozei uuuuhhh enxer minha boca de porra que delícia mas não engoli, fui no banheiro curtir e lavar o rosto.. quando voltei Jorge estava chupando a dra que gemia alto de prazer e logo ela gozou novamente, e Jorge levantou e alinhou o pau e passou a cabeça quente e vermelha na bordinha e enfiou dra sussurrou e falou:

Dra: vai bomba com força eu quero pau!!! Aí que delícia tá indo fundo muito fundo nossa!!

Jorge fazia uma cara de puto dominador e metia com muita força ao passar das estocadas a doutrina começou a sentir o que eu senti, que era grande e ia fundo foi quando Jorge mandou ela levantar e ficar de quatro, pra eu não sobrar Jorge mandou ela me chupar pra ele gozar nela de quatro, nossa que porra!!! queria pau também!!! Ela me chupava na intensidade das estocadas de Jorge que logo gozou dentro da dra que ficou paralisada sentindo a porra quente dentro dela e logo deitou de lado da cama toda mole...
E Jorge mandou eu leventar e ficar de quatro, como tinha acabado de gozar o pau Tava meio mole mesmo assim ele colocou em mim e começou a bombar, e eu comecei a bater uma siririca enquanto o pau de Jorge ia voltando ao tamanho limite kkkk não demorou muito pra eu sentir aquela pau grande e grosso me laciando novamente e era cada pancada que eu gritava vai porra mete na sua vadia!!! Mete na sua cachorra!!! E o suor de Jorge descia pelo corpo e pingava em mim nossa !!! Que espetáculo dra doutora que estava saciada jogada de lado só assistindo...

Jorge: vou gozar carvalho!!!
Eu: vai goza quero tudinho dentro de mim!!!

E Jorge deram a tudo dentro de mim e continua dentro quando eu gozo também deitando todos exaustos naquela cama...

Ficamos ums minutos deitados.....
Tomamos um banho claro não deu pra ser os trez tinha que ser um banho pra não deixar vestígios afinal, todos nós éramos casados e estamos numa aventura que teria que acabar ali kkkk

SQN...... fizemos outras loucuras depois dessa, ah! A doutora!!! Amou virou minha amiga, recentemente fui a outra consulta de rotina, aconteceu... ela me possuiu.... Agora com Jorge???? Jorge e eu fizemos uma loucura com um travesti com um corpo todo de mulher, peito és bumbum kkkk linda linda... logo logo conto a vcs...




ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.