"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Titio gostoso: o cuzinho


autor: GostosudaPE
publicado em: 07/01/17
categoria: incesto
leituras: 11184
ver notas
Fonte: maior > menor


Olá, gente. Sou a Marina, tenho 25 anos e estou publicando em contos as minhas histórias e aventuras sexuais. Sou negra, baixinha, gordinha, com seios e bunda grandes.

Como prometido, estou aqui pra contar pra vocês como tio Joel comeu o meu cuzinho. Quem quiser saber o começo da história, procura pelo conto "Titio Gostoso".

Depois daquela primeira noite juntos, após a minha festa de 18 anos, nossa relação se transformou! Titio Joel me visitava sempre que podia. E fazíamos de tudo pra painho e mainha não desconfiarem de nada. Imagina o escândalo que seria?

Certo dia, cheguei da faculdade e encontrei apenas titio (35 anos, negro, alto, forte, lindo e com um pau delicioso) em casa. Meus pais estavam no trabalho. Enquanto bebia água na cozinha, senti algo em minha bunda, me roçando. Era o pau duro de Joel, me mostrando sua saudade. Me viro e o beijo na boca, fazendo aquela guerra de língua que nos dá tanto tesão.

Titio me suspende do chão e me coloca em cima da mesa da cozinha. Levanta minha saia, arranca minha calcinha e enfia os dados na minha buceta.
---Molhadinha, Marina?
---Tesão demais por você, titio.
E aí ele puxa uma cadeira, senta-se nela e cai de boca na minha bucetinha. Aprendi com ele a gozar no sexo oral. Ele sabe que amo ser chupada e não economiza em me dar prazer. A língua gostosa dele passeia por toda a minha racha e se concentra no grelinho, já duro. Gemo de tesão e ele intensifica sua língua de fogo lá. Me estico na mesa, soltando gritinhos, enquanto ele introduz 1 dedinho no meu cuzinho. Há tempos ele vem fazendo isso. Quando estou perto de gozar, ele empurra os dedos no meu buraquinho e diz:
---Esse rabo gostoso aguenta meu pau?
---Sim, titio. Come logo.
Ele enlouquece com minha resposta e volta a chupar minha buceta com ainda mais dedicação. Gozo, explodindo mel na boca dele e desfaleço na mesa.

Abro os olhos e o vejo admirando meu corpo. Suas mãos vem pros meus seios, sua boca logo segue o mesmo caminho. Gemo de prazer e agarro seu pau por cima da bermuda. Quente. Duro. Latejante. Me desvencilho dele, desço da mesa, me ajoelho na frente da cadeira e começo a chupar aquele pau gostoso. Chupo com vontade. Apertando, punhetando, babando aquela rola grossa e que me enche de prazer. Titio delira :
---Ai, Marina. Você é a putinha mais gostosa que já tive.
Nessa hora ele levanta. Me encosta na pia e tira um tubo do bolso da bermuda. Sussurra no meu ouvido :
---Pronta pra me dar esse rabo gostoso?
Hesito por um segundo. Aquele pau é grande demais pro meu buraquinho virgem! Mas lembro que tudo com titio é gostoso. Meu cuzinho seria mais uma fonte de prazer.
---Sim, tio. Meu rabinho é todo seu.

O homem urrou de tesão e enfiou a língua na minha bunda. Chupou o meu cuzinho com vontade, enquanto me apertava de encontro a pia. Abriu o tubo de lubrificante e começou a massagear meu buraquinho.Enfiava um dedo, depois dois e assim ia preparando meu rabo pra sua rola gostosa. Eu tremia encostada na pia. Tocava meus seios, gemia, chamava o nome dele.
---Marina. Eu vou meter nesse cuzinho lindo, mas vai doer um pouco. É sua primeira vez no anal. Por isso, assim que eu começar a enfiar, comece a tocar o seu grelinho. Se masturbe. Vai ser mais gostoso pra você assim.
---Sim, titio.
E ele começou a meter. Doeu. Muito. Me remexi, querendo me afastar.
---Se masturbe, Marina. O prazer vai chegar.
Fiz o que ele mandou. Comecei a tocar meu grelinho, enquanto aquela tora abria caminho no meu cu. Realmente o prazer chegou. A rola de titio avançava na minha bunda. Ele gemia e dizia coisas como:
---Minha putinha linda...
---Sou o primeiro a meter nesse rabo gostoso...
---Esse cuzinho é só meu...
---Rapariga do titio...

Eu esfregava meu grelinho com força, enquanto sentia aquele pau grande me abrir mais e mais. Titio começou a estocar. O prazer explodiu em mim. Fiquei ofegante. Gritei o nome dele. Falei putaria. Gozei gostoso. Quase me deito na pia. Titio continuava implacável no meu cuzinho. Tirava quase tudo e depois metia de vez. Ia bem fundo e depois mordia minha orelha dizendo que eu tinha o rabo mais gostoso do mundo. Eu estava na ponta dos pés. Minha cabeça girava. Os gemidos de titio me deixavam louca. A rola dele começou a meter mais rápido ainda e senti o primeiro jato de porra no meu cu. O homem gritou gozando, enquanto apertava meus seios. Foi um gozo longo. Meu cuzinho bebia jatos daquela porra.

Ele sentou na cadeira e me colocou no colo.
---Nunca vou me cansar de comer você, Marina.

Espero que tenham gostado. Bjks
gostosudape@yahoo.com



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.