"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Show da vizinha safada


autor: C_Patch23
publicado em: 01/02/17
categoria: hetero
leituras: 3642
ver notas
Fonte: maior > menor



Eu moro em um condomínio onde os prédios ficam uns de frente com os outros, por coincidência uma vizinha de frente mas um andar inferior ao meu é muuito gata, o nome dela é Thais, 1,70 +-, cabelos bem preto e liso, uma cintura sensacional, com uns peitos não muito grandes, mas bem redondinhos.

Há uns meses eu acordei no meio da madrugada pra ir tomar água, quando cheguei na cozinha comecei a escutar um barulho esquisito, ai fui até a janela pra ver se via algo, quando cheguei perto vi que essa vizinha tava chupando um cara na cozinha dela, ela chupava bem devagar, bem gostoso e eu comecei a ficar com muito tesão só de olhar, como eu estava com as luzes apagadas não achei q ela fosse me ver então coloquei meu pau pra fora e comecei a bater uma ali mesmo kkkkk

Quando eles começaram a foder ela se apoiou na janela da cozinha enquanto o cara bombava atrás dela, a cara de safada que essa mulher fazia me deixa louco até hoje só de lembrar, mas como eu tbm estava perto da janela ela conseguiu me ver, na hora eu fiquei em choque, achei que ia dar muita merda, mas em vez disso ela abriu um sorriso e continuou transando normalmente, eu não fiquei muito tempo depois daquilo mas não conseguia esquecer kkkkkk

Umas duas semanas depois disso, eu estava voltando pra casa e um carro começou a buzinar perto de um farol, quando eu olhei vi que era a Thais buzinando pra mim, perguntando se eu queria carona até em casa, aceitei sem pensar duas vezes. No caminho tentei falar sobre outras coisas, mas ela parecia querer falar apenas sobre um assunto,

- "Olha, eu vi você umas noites atrás me espionando, seu pervertido, e gostaria que isso ficasse entre nós.... espero que você tenha aproveitado kkkk".

Quando ela disse isso eu aproveitei a chance de ouro,

- "Gostei muito do que eu vi, mas acabei não vendo o final, não queria abusar da sorte kkkk
Pô, mas o que eu vou ganhar por guardar esse segredo delicioso só pra mim?".

Ela começou a dar risada, olhou pra mim e disse,

- "Se manter o segredo eu posso, APENAS DESSA VEZ, mostrar pra você como foi o final pessoalmente, o que acha?".

- "Eu adoraria!!"

Comecei a passar a mão nela enquanto a Thais dirigia, ela tava adorando e fazendo aquela cara de safada. Na hora hora que o carro parou na garagem do prédio ela avançou direto pro meu pau, que já estava duro, tirou ele da calça a começou a bater uma pra mim, baixei meu banco todo e a Thais começou a me chupar, um boquete delicioso, lambia todo meu pau as minhas bolas

- "Goza na minha boca, agora! Seu pervertido! Você não queria isso? Não queria gozar nessa boca? Fuder essa buceta? Goza pra mim!!".

Não aguentei muito tempo depois disso, gozei com vontade na boca dela, até saiu porra pra fora, mas ela engoliu tudinho e ainda limpou meu pau com a língua.

- "Agora vamos pro meu ap pra terminar isso".

Saímos do carro e fomos pro ap dela, mal deixei ela fechar a porta direito e comecei a beijar ela com vontade, joguei ela no sofá, tirei a roupa dela e comecei a chupar seus peitos, eram deliciosos e já estavam bem durinhos, fui descendo beijando todo o seu corpo até chegar na buceta, que já estava bem molhadinha kkkkk
Não perdi tempo, só de passar a língua no grelinho dela, a safada já se arrepiou toda, comecei a colocar um dedo na buceta dela, a Thais não aguentou muito mais tbm, com uma mão segurava o meu cabelo com força e cruzou as pernas no meu pescoço,

- "Caralho! Não para!! Eu vou gozar!! Não para agora seu safado!!".

Ela ficou até mole dps de gozar, mas isso só excitou ela mais ainda, agora ela me jogou no sofá e começou a chupar meu pau ferozmente, na hora que ficou duro ela já subiu nele e começou a cavalgar, enquanto ela sentava com vontade eu chupando os peitos dela e dando uns tapas na bunda dela.

- "Nossa, que gostoso seu cachorro!! Me come de quatro agora!! Me fode com força!!".

Ela ficou de quatro no sofá e eu comecei a meter na buceta dela com força, enquanto uma mão segurava sua cintura a outra puxava seu cabelo, ela estava adorando.
Depois disso eu sentei bem na ponta no sofá ao lado dela, a Thais levantou e começou a me chupar denovo, logo em seguida ela começou a sentar no meu pau denovo, enquanto ela sentava eu ia masturbando o grelo dela, a Thais gemia demais, acabou não aguentando e gozou denovo

- "Que delícia!! Me da esse pau aqui que eu quero sentir o gosto da minha buceta na minha boca!!".

Enquanto ela me chupava eu segurava seu cabelo com força, já estava quase gozando quando disse pra ela,

- "Eu vou gozar!! Não para agora que eu quero te encher de porra!! Me chupa sua safada!!.

Gozei muito na boca dela, mais uma vez ela limpou tudinho e deitou no meu lado em seguida.

- "Foi assim que terminou ontem, mas igual ontem, hoje também foi a única vez, ok?".

- "Sem problemas, mas não tenha vergonha de transar perto da janela outra vez". Falei rindo.

A Thais riu e fomos tomar um banho pra depois eu ir pra casa, infelizmente ela tem mantido a palavra dela até hoje, mas já a vi algumas vezes transando na cozinha.

Espero que gostem e não deixem de comentar e avaliar.



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.