"Os mais excitantes contos eróticos"

 

49 - Lena, evangelica e recepcionista


autor: bernardo
publicado em: 13/02/17
categoria: hetero
leituras: 4657
ver notas
Fonte: maior > menor


Lena é uma linda garota de olhos azuis claros, 22 anos, é evangélica, mora sozinha e se veste discretamente, mas mesmo assim, com saia longa e justa se pode intuir que por baixo dos panos habita uma loba hibernando prestes a sair da toca. Tem um quadril avantajado, e como os decotes de suas camisas eram comportadas, não se podia ver muito, todavia, tinha peitos médios e bem durinhos.

Sempre muito simpática, sorridente e prestativa, no entanto com o Fabio, um paciente do consultório, no decorrer do seu tratamento, ela vivia lhe mandando cobranças de valores que ele já havia pago.

Quando ele apareceu no consultório, ela meio envergonhada disse que não sabia o poderia fazer para se retratar dos seus erros, pois na verdade, a culpa era do novo sistema de cobrança que estava sendo implantado no consultório. Fabio, respondeu em tom de brincadeira, que só aceitaria o pedido de desculpas se ela fosse jantar com ele. Lena, respondeu que iria pensar no assunto.

Como ela também era assistente da dentista, certo dia em que a consulta do Fabio era a última do dia e a doutora estava com pressa de ir embora, uma vez que tinha um compromisso, pediu a Lena que terminasse de limpar os instrumentos e que trancasse o consultório aproveitando da presença do Fabio, se não fosse incômodo para ele esperar um pouco, já que não era muito seguro deixa-la sozinha.

Para fechar o consultório, Lena tinha que digitar um código e nisso ficou na frente do Fabio, o qual segurava a porta, só que ela teve que se afastar para trás e nisso se encostou nele. Na hora um tesão tomou conta dele, pois ela, com aquela bundona roçando nele foi como se um fio elétrico caísse sobre seu corpo. Nisso ele tomou coragem e falou no ouvido dela:

- Âh.. Já sei como você pode se retratar dos seus erros de cobrança indevida. - ela olhou para ele e falou:

- Será que é da maneira que estou pensando?

Falando isso, ela jogou o corpo mais para trás, já quase encaixando a bundona no pau duro do Fábio que a agarrou e a puxou para perto de si, fazendo com que ela se encaixasse perfeitamente em sua bunda, já acariciando de leve seus seios e falou:

-Tenho certeza que é como você está pensando sim.

Ela acabou de digitar o código, trancou a porta e ainda no saguão, Fabio a virou e beijou ardentemente seus lábios lindos e carnudos em uma boquinha pequena, e ela correspondeu, e começaram ali mesmo as primeiras caricias, tendo o Fabio tocando o seu corpo todinho, suas costa, sua bundona....e quando ele pôs a mão sentindo a vagina ardente e molhadinha, ela disse:

- Aqui não, vamos para minha casa.

Uma vez dentro da casa, recomeçaram os beijos e as caricias passaram a ser mais intensos. As mãos do Fabio rapidamente foi abrindo sua blusa e sua saia, deixando-a só de calcinha e sutiã. Ele se afastou um pouco, queria apreciá-la. Ela meio sem jeito, mas atendendo ao seu pedido, deu uma voltinha e se exibia com sensualidade pois a lingerie que usava era muito ousada e, seus peitinhos em formato de pera, mal cabiam no pequenino sutiã, deixando metade dos biquinhos para fora, muito bonito por sinal, e sua calcinha era quase um fio dental.

Para resumir, ela estava um avião. Fabio a puxou para si a beijou, tirou seu sutiã e sentiu seus seios em seu peito nu, pois também já estava só de cueca. Abaixou-se e começou a mamá-los. Os seios cabiam inteirinhos em sua boca e ele os sugava como se quisesse tirar leite deles. Ela gemia e respirava ofegante, pressionando sua cabeça sobre os seios, então, ele a deitou no sofá, e passou a acariciar sua vagina, primeiro por cima da calcinha depois por dentro, sentindo-a toda melada.

No momento em que ele enfiou dois dedos dentro, ela deu um tranco para trás e se esticou toda gemendo alto, se contorcendo como uma cobra. Diante da cena, digna de um filme pornô, ele arrancou sua calcinha e passou a revezar seus dedos entre a sua bucetinha e seu cuzinho rosadinho, levando-a a um gozo fenomenal:

- Aaaahhhhhhhh....... aaaiiiii...delicia......to gozaaaaaannndddooo. Meu senhor me perdoa, mas tá muito gostoso....tttttoooooo gozaaaannnnddddooooo nos seus dedos, meu tesão...... mete em mim...quero sentir você todo dentro de mim...quero gozar mais ......quero gozar neste pau....... não me judia...mete fundo em mim... me come.....

Ela parecia possuída. Fábio pegou seu pau e passou a esfregar na bucetinha e ela disse que ainda era virgem na frente, mas mesmo assim ele, ficou brincando, enfiando a cabeça e ao sentir o cabaço, tirava, sem rompe-lo, e com isso ela ia a loucura. Como religiosa vivia sussurrando...

– Ai meu Deus, me perdoe, mas tá bom demais.

Nisso Fabio a virou de quatro e passou a lacear o cúzão dela, enfiando o cacete no seu rabo. Ela entendia de dar o rabo, pois facilitava e rebolava como doida... e ele enterrando tudo, até sentir suas bolas fazendo barulho batendo na sua bunda e mordia sua nuca, e tocava com as mãos os seus seios e sua vagina masturbando-a simultaneamente enquanto comia seu cú em um vai e vem gostoso. Ela por sua vez, gemia, se arrepiava, rebolava muito e falava:

-Mete em mim...me arromba toda... fode no meu cú com esse caralho, quero gozar com seu pau, me abre toda....... seu puto, aaaiiiii delicia....

Fabio fazia sua parte e no embalo metia com força e dizia:

-Sua vaca.... você é muito gostosa de rabo... vou te fuder toda... aiiii que delícia comer seu cú...vou arregaçar seu rabão, você não vai nem poder sentar depois.... quero gozar nesse seu cuzinho .......sua evangélica putinha... minha gostosa...... rebola no meu pau vai...rebola.....quero te rasgar ao meio.

Ela com isso ia a loucura, e disse que adorava ouvir aquilo e que dava mais tesão (era uma boa de uma putinha mesmo).... e no vai e vem ela se comprimiu toda e começou a gritar:

-Ai meu Deus, to gozaaaaannnddddoooo....to gozzannndddooo no seu pau.... que delícia sentir uma pica dentro de mim.....quero gozar muito neste pau que me arroooooooomba.... que tesãããããããããããoooooooo.

E o Fabio gozou junto com ela..... e falou:

-Sente minha porra ....sente meu gozo no seu rabo.... sente putinha gostosa, sente eu enchendo seu cú de porra..... sua puta..... minha puta..... agora você é minha puta.... quero te fuder sempre .... te arrombar cada vez mais..... e ela ouvindo isso, gozou muito e desmontou-se na cama.

Fabio caiu ao lado dela e ficaram se acariciando….ele, beijando seu lábios, seios e ela acariciando seu pau flácido pelo gozo dizia que nunca havia imaginado meter com ele, mas que estava contente por tê-lo levado para sua casa. Ele disse que também estava adorando tudo aquilo e que ela tinha um corpo lindo, e ela ainda confessou que os homens que tinha conhecido eram uns brutamontes, por isso ainda era virgem na bucetinha, e que só deu o rabo porque foi forçada, mas que tomou gosto pela coisa e então metia assim para conservar a virgindade, e aliviar o tesão....

Depois de ouvir essas confidencias, já recuperados, retomaram a foda. E para levantar um cacete e deixa-lo durinho nada melhor do que um boquete e foi o que Lena fez, abocanhou o cacete de Fabio ele lhe pediu que tomasse todo o seu leitinho. Ela disse que nunca havia engolido, mas de tanto ele insistir e disser que ela ia gostar e tinha que tentar. Ela começou muito timidamente no início, mas de forma muito prazerosa, enquanto ele afastava seus cabelos longos da frente do seu rosto, para ver seu rostinho lindo e a boquinha deliciosa engolindo seu pau.

Seus olhinhos o olhavam e brilhavam, era uma cena linda, ela começou a tomar jeito e passou a chupar como que fosse um picolé do sabor preferido dela, morango, e Fabio com a pica dura como pedra, pronta para gozar, no primeiro jato, ela quase tirou a boca mas ele segurou sua cabeça e enfiou mais fundo e gozou direto em sua garganta, jorrando os primeiros jatos e ela passou a saborear e chupar melhor ainda... Estava engolindo tudo e secando o pau... acabou e lambendo os cantos da boca, se virou para ele e disse:

-Nossa que delícia, não imaginava o quanto é gostoso uma porra quentinha.... você tá mesmo me tornando uma depravada.

Fabio disse: -não, não estou, não estou te tornando nada, estou somente liberando o seu lado de devassa... o que é muito bom... você vai gostar. E se beijaram e continuaram se acariciando... nisso ele falou:
-Agora quero gozar na sua buceta.

Ela retrucou: -hum, mas sou virgem por favor, não tire minha virgindade.

Ele disse: - Vou tomar cuidado, você só perderá sua virgindade quando quiser, no que depender de mim ... vou gozar no seu cabaço, sem tirar sua virgindade, você vai ver, você vai sentir uns jatos de porra batendo lá no fundo. E começou a pôr a cabeça do pau na vagina e a tirar, e brincava com seu clitóris, e metia e tirava, e num vai e vem suave e continuo, enfiava a cabeça inteira e chegava no cabaço, mexia dentro e tirava...

Desse modo, Fabio a sentiu com mais tesão cada vez que enfiava a cabeça inteira e chegava no cabaço, mexia dentro e tirava... enfiava a cabeça inteira e chegava no cabaço, mexia dentro e tirava... enfiou dois dedos nos seu cuzinho e ela gemia baixinho:

-Meu Senhor, o Senhor é testemunha de que sempre resisti, mas tá muito bom... me dê forças para continuar resistindo.

E Fabio falava:

-Sua vaca, vou gozar dentro de sua buceta virgem. E com os dedos no seu cuzinho, que na verdade era um cuzão de tanto que já foi fudido, ela estremecia como quem ia gozar e então falava alto:

-Aiiiiii.....acho que vou gozar...ta muito gostoso.

E Fábio continuava:

-Queria te enfiar até o fundo, te arrombar toda, mas vou gozar no seu cabaço.... delícia... to quase gozando em sua buceta... vai... meche mais e se prepara para receber meu gozo em sua buceta.

Quando soltou os primeiros jatos de porra ela começou a gozar... e falou:

-Meu Senhor, sempre resisti, mas agora não dá mais, me perdoa.

E com as mãos nas costas puxou-o para junto dela e com isso seu pau rompeu seu lacre e entrou até o fundo de uma vez, descabeçando-a num gozo enorme. Ela, ia a loucura...cruzou as pernas atrás dele e o puxou contra ela para entrar mais. Quase que as bolas entram também, tanto que o apertava para dentro de si e ela dizia:

-Meu tesão...tá me rasgando...me come... come essa buceta que é sua.... me desvirginou... agora sou sua... agora me fode com força ....... me fode gostoso.... quero gozar mais .....quero gozar muito com seu pau dentro de mim... que delícia sentir um pau na buceta....... me rasga mais... me abre toda .... me arregaça .... me deixa toda fudida...deliciosamente... me coma, como se tivesse comendo uma puta.... agora sou sua puta... e ficaram num vai e vem até que ela começou a gritar alto mais uma vez:

-Aaaiiiii....me come que to gozaaannnndddoooooo.... me foooooooodeeeeeee.... agora que não tenho mais pregas em mim... me laaaavvvvaaaa por dentro... mete .......... goza.... me usa toda e.......... me lambuza.... to gozaaanndnddddo muito.............nunca gozei tanto....seu puto...safado e Fabio respondia:

-Minha putinha, meu tesão to gozando também....aiiii delicia. To gozando dentro de você..... gozando na sua buceta.... gozando no seu cabaço, no fundo de sua vagina minha gostosa.

E dava uns tapinhas na bunda dela e perguntava:

-Quem é a minha putinha? Quem é a minha vadia? Quem é que vai me dar sempre? Quem é que vai beber meu leitinho, a partir de hoje, hem? Quem? Quem?

Ela já gritando dizia:. -Sou eu....sou eu...sou eu....sempre que quiser vou te dar, te dar tudo.... minha xana e meu cuzinho são seus..... você é o dono do meu corpo, o dono dos meus buracos todos.

Lena estava sem controle, Fabio nunca, em toda a sua vida, comeu uma mulher como ela e gozaram muito naquela noite e ficaram lado a lado se acariciando por muito tempo. Ele beijou muito seus lábios carnudos, e ela seu cacete de 19cm, duro como ferro.

Foram tomar um banho e com o corpo ensaboado, ele meteu na buceta, mas não gozou, deixando para gozar no rabão gostoso dela, o qual se remexia muito dando a impressão de que ela era profissional em dar o rabo. Ainda fez um boquete, fazendo com que Fabio pensasse que ela seria apreciadora de porra pois sugava tudo e não perdia uma gota....

Voltando para a cama, Fabio enxugou seu corpinho e caiu de boca na buceta linha e morena e ficou brincando com a língua no seu clitóris , ora enfiando na buceta, massageando seus seios e ela gozou em sua boca. Com isso ela se virou e fizeram um 69 delicioso. Antes de Fabio ir embora se beijaram e ela lhe disse que tinha adorado tudo aquilo e que iria dormir nuazinha com a porra dentro dela para ficar lembrando de tudo.... e que queria vê-lo de novo.

A partir daquele dia sempre que possível ela marca a consulta do Fabio para ser a última do dia, e ás vezes liga para ele cobrando-o sem razão, e diz:

-Iiiiii, acho que terei que me desculpar pessoalmente por este engano. - que safada... era o código quando queria meter....

Lena disse que estava sem namorados por vontade própria, pois por enquanto ela estava sendo bem tratada, bem servida e o Fabio a estava satisfazendo, e que ela amava tudo aquilo. Ela continua evangélica e ele até já a comeu com o vestido longo de evangélica na cadeira do consultório da dentista, rasgou sua calcinha e a fez ir para casa sem calcinha por baixo daquele vestido recatado. As vezes Fabio cria fantasias e ela segue junto, já se vestiu de puta, de faxineira depravada, de bruxinha, de colegial e até de freira e ele come seu rabão e a sua buceta deliciosa.

*******************
Se gostou comente e deixe uma nota, é muito importante pra quem escreve saber as opiniões dos leitores. Se desejar entre em contato: Skype: bernard.zimmer3 ou e-mail. bernard3320@live.com ou WhatsApp: 11-944517878, agora com vídeo chamada.




ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.