"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Um casal especial (Meu primeiro Menage)


autor: victorlionheart
publicado em: 22/02/17
categoria: hetero
leituras: 2202
ver notas
Fonte: maior > menor


Olá Sras. e srs. tudo bem?

Certa vez, minha mãe resolveu fazer um jantar em casa e convidou algumas pessoas, dentre eles um casal que chamarei aqui de Helen e Rodrigo. Ambos já tinham passado dos 40 anos, mas eram recém casados, ela me conhecia desde novo, antes de completar a maioridade, tinha um corpo pequeno, magro mas com curvas impressionantes, seios durinhos e usava calças apertadas, talvez por fazer questão que todos vessem o fio dental que usava, de sorriso fácil e bem simpática. Ja ele era um cara bem serio, mas extremamente inteligente, advogado, cabelos grisalhos e um cara visivelmente bem de vida, com um belo carro e uma casa impressionante em Campos do Jordão, que foi onde aconteceu o relato que vou descrever.

Durante o jantar, conversamos sobre um monte de coisas, assuntos aleatórios e a todo momento ela me olhava de uma forma constrangedora, a impressão que tinha, era que ela ia avançar em cima de mim...confesso que fiquei muito excitado com a possibilidade dela estar dando em cima de mim, mas logo tirei isso da cabeça. O marido dela se soltou depois de algumas taças de vinho e se mostrou um cara bem interessante, conversamos muito e ele perguntava muitas coisas sobre mim e depois entendi o porque. Alguns dias depois, ela me chamou no Facebook e começamos a conversar, e não sei como, nossa conversa foi ficando mais quente e ela foi falando para mim da forma mais safada e vulgar (Do jeito que eu mais gosto) tudo o que ela gostava de fazer na cama e a fantasia dela e do marido que era um dia fazer sexo a três, em uma situação combinada. Ele viaja muito, e tudo começaria no dia que ele chegasse de viagem e fosse buscá-lo no aeroporto acompanhada de um outro homem. Me perguntou se eu teria interesse e pediu para que ficasse em sigilo...e é claro que eu aceitei na hora!

Isso se arrastou por algumas semanas, não nos falamos muito bem depois daquilo e eu tinha até desencanado, até que ela ligou em casa e fez a pergunta que eu estava esperando. “Vamos buscar o Rodrigo no aeroporto?”, eu respondi que sim, gaguejando e tremendo...seria meu primeiro menage e eles, bem, são amigos da minha mãe, mas o tesão foi mais forte e fomos! Ele nos encontrou no desembarque do aeroporto e ao me ver, fez cara de que não estava entendendo o que eu fazia la, ela o cumprimentou, disse algo no ouvido dele e ele foi até mim sorridente. Era o sinal da aprovação!

Ao inves de irmos para casa, ele disse que tinha uma casa em Campos do Jordão e seria ótimo ir para lá direto, aproveitar o resto do dia, partimos e a Helen, entrou no carro no banco de trás, eu olhei para ela e ela me chamou com o dedo. O caminho todo fomos nos agarrando e nos beijando, ela montada nas minhas pernas usando uma mini saia jeans com um fio dental que permitia que eu dedilhasse a bucetinha molhada e lisa dela. Do banco da frente, ele aproveitava, se virando quando podia e muitas vezes nossas mãos se encontravam tocando nela.

A casa é um sobrado enorme, bem arrumada e mal entramos, quando já o vi atacando ela, beijando enlouquecido, louco de tesão por ver os amassos que estávamos dando no carro. Ele pediu para que fossemos subindo para o quarto enquanto ele pegava algo para levar...Subimos já tirando as nossas roupas no corredor, entramos nus no quarto, meu pau completamente duro, babando de toda a agarração no carro, ela me jogou na cama empurrando e ali começamos um delicioso 69. Eu a chupava com gosto, abocanhando a bucetinha dela toda depilada, lisa, cheirosa e muito melada, do jeito que mais me enlouquece, enfiava os dedos e mamava o grelo, puxando com os lábios enquanto na outra ponta, ouvia ela gemendo com minha pica toda socada na boca, sentia ela sugando forte e o barulho dela batendo com ele no rosto, esfregando e depois o engolindo de uma vez, punhetava apertando, como se tivesse me ordenhando.

Rodrigo entra no quarto nu e já ve essa cena, o pau dele em riste e na mão ele segurava um tubo de KY e na outra um engradado de cervejas. Paramos a nossa brincadeira para mudar a posição. Ela comandava, assim nos deixamos....pediu para que ficássemos em pe na cama de casal e de joelhos passou a chupar os dois, alternando, punhetando um e chupando o outro, com aquela mesma maestria, cuspindo, engolindo, nos olhando e sugando a cabeça forte, soltando e fazendo um som alto, estalando com os lábios. Ela levantou, beijando a boca dele bem safada, e depois deu um tapa no rosto dele, olhou pra mim e fez o mesmo, mandando eu deitar, ficando entre as minhas pernas de 4, voltando a me chupar enquanto o Rodrigo a fodia forte. As estocadas eram firmes nela e era possível ver o tesão nos dois, quando ela com meu pau na boca olhava para trás, gemendo e ele agarrando forte os quadris socava e urrava. Trocamos as posições, ela subiu cavalgando em mim, de frente para ele e enquanto pulava e rebolava, o chupava gulosa, cheia de vontade e de onde estava, via o trabalho que tinha e a forma que se olhavam, era estanho mais muito excitante. Ele batia na cara dela, chamando de puta e fodia a boca dela quase com a mesma força que estava fodendo de 4, muitas vezes a via engasgar e depois o chupava da mesma forma frenética...

- Agora chegou a hora de meter nesse cuzinho, sua puta, não era isso que você queria? So me dar o cu quando estivesse com outro macho?

Sorrindo, ela se levantou e depois colocou meu pau novamente na sua bucetinha, dessa vez de frente, engolindo ele inteiro e abraçando meu pescoço, me beijando devagar enquanto ele espalhava o KY no cuzinho dela, enfiando os dedos. Ela gemia enquanto me beijava, me mordendo, até que vi o corpo grande e pesado do Rodrigo subindo em cima dela e então um grito de dor e tesao. Eu olhando diretamente para ela, via a expressão enquanto nossos paus a abriam gostoso, separados pela pele entre a buceta e o cuzinho dela, e ele fodia forte puxando seus cabelos e batendo em seu rosto...eu não perdia tempo, agarrando as coxas dela e puxando o corpo para meu pau entrar e sair de dentro dela....Os gemidos agora eram gritos e ela mexia os quadris rapidamente, pedindo para que fodessemos mais forte e mais rapido até que explodiu em um gozo incrível....trocamos de lugar e eu passei a foder o cuzinho dela, dessa vez, ele por baixo, o cuzinho dela já aberto, piscando gostoso, penetrei de uma vez facilmente e comecei a foder da mesma forma, estocando forte, de forma que via sua cabeça muitas vezes encostando e batendo na cabeceira da cama...Rodrigo estava no limite, ele a abraçou e gozou dentro da buceta dela, urrando e num tesão que duvido que sentiu quando só faziam os dois. Ela olhou para trás e piscou para mim, em sinal de “Não para, que quero seu leitinho!” e eu voltei a fodê-la forte, enquanto ele a agarrava firme, ela gritava e então gozei socando fundo. Deitamos os 3 na cama, suados, ofegantes, ela no meio nos olhando safada e sorrindo, ele com uma cerveja na mão e eu não acreditando no que tinha acabado de acontecer. Passamos praticamente o dia todo fodendo e voltamos para casa a noite, nos encontramos algumas vezes depois por alguns meses até que eles se mudaram para a Argentina. Essa foi a primeira vez que sai com um casal e tivemos muitas aventuras juntos.

Esperem que tenham gostado, não esqueçam de dar nota e comentar!

Um forte abraço e até o próximo conto!

Email/skype: victor.lionheart@hotmail.com



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.