"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Meu primo me comeu no carnaval


autor: Carlinhaa
publicado em: 18/03/17
categoria: incesto
leituras: 6517
ver notas
Fonte: maior > menor


Oi, vou contar como meu primo me comeu nesse carnaval. Me chamo Carlinha, tenho 18 anos, sou morena, cabelos lisos, peitos médios, rabo grande. Meu primo tem 21 anos, se chama Jonas, moreno, forte, uma delicia.
Sexta Feira fui para casa de praia no Icarai, fui com meus pais, minha tia e meu primo já estavam la, e mais pessoas chegariam no sabado pela manha.
ficamos acordado até tarde, assisti TV, fiz um lanche, ajudei minha tia a lavar a louça e ela arrumou uma colchonete na sala pra eu dormir e foi pro próprio quarto com meu tio, meus pais também foram para o quarto que eles ficariam, meu irmão dormia em um outro quarto mais passaria pra sala quando os outros chegassem, meu primo e eu ficamos na sala vendo tv
Caí no sono do modo que sempre dormi, de bruços. Passado um tempinho acordei sentindo algo gostoso entre as pernas e continuei fingindo que dormia. Era meu primo, como eu estava com um baby dool larguinho e sem calcinha ele se aproveitou pra alisar minha xaninha. Ele fazia gestos suaves talvez com medo que eu acordasse, mas mal sabia ele que eu já havia acordado e estava adorando sentir aqueles dedos brincando com meu grelinho.
Minha buceta já estava meladinha quando senti a barba do meu primo roçar minha virilha e quase enlouqueci quando senti a língua dele procurando minha grutinha de prazer, ai que língua deliciosa, que boca maravilhosa chupando minha xaninha novinha, não aguentei e gozei na boca do meu primo que percebendo isso jogou o corpo em cima do meu e começou a esfregar o pau na minha bunda (lembrem que eu estava de bruços).
Que pauzão duro que eu sentia cutucando a entradinha da minha buceta, que delícia, que vontade de gritar: “me fode primo pauzudo! Come sua prima safada e putinha!”.
Não podia gritar pra não acordar ninguém, então apenas levei a mão pra tras e agarrei o pau do meu primo. Ele se assustou mas adorou quando me virei e caí de boca naquela tora de uns 20cm e muito grosso! Quase não cabia na minha pequena boquinha mas meu tesão era tanto que consegui colocar ele todo dentro da boa e chupava, chupava, mordia, tirava, colocava de volta na boca e via meu primo se contorcer e dizer baixinho:
- Cah, para que vou gozar!
- agora não, quero esse pauzão inteiro na minha bucetinha.
Nossa, quando eu disse isso ele perdeu a noção de tudo, me puxou, me colocou de 4 e começou a empurrar aquele pau na minha xana apertada mas molhadinha, depois de umas 3 estocadas eu gozei e vi meu primo urrar e senti ele gozando também dentro de mim!
Porém, como uma boa putinha ainda não estava satisfeita e quando meu primo levantou pra ir tomar um banho, esperei um pouco e fui atrás, entrei no banheiro que ele tinha deixado aberto na pressa, tirei minha roupa toda e entrei no box. Peguei o sabonete e pedi pro meu querido primo dar banho na priminha novinha dele.
Ele começou esfregando minha buceta que ainda escorria porra e perguntou se eu já tinha feito muito aquilo. Eu disse que já mas os meninos que tinham me comido não tinham um pau tão grosso. Ele então me virou de costas, analisou minha bunda redondinha, alisou meu cuzinho e perguntou:
- E aqui, tu já levou pau?
Quando eu disse que não, meu primo enlouqueceu e o pau cresceu na hora! Mas por medo de alguem levantar e ir ao banheiro mandou que eu me enxugasse, saísse dali e esperasse ele no quarto. Não pensei 2 vezes, corri pro quarto e o esperei nuazinha na cama.
Meu primo entrou, trancou a porta, pulou na cama e começou a me beijar com loucura, descendo a boca por meu pequeno corpo, parando nos meus seios entumecidos de tesão, descendo mais, levantou minhas pernas e alternava a língua entre minha xana e meu cuzinho, parando mais no cuzinho e enfiando um dedo.
Eu estava adorando aquilo mas ainda tinha um pouco de receio porque nunca tinha dado meu buraquinho, lembrei da grossura daquele pau e enquanto ele ia da minha buceta pro meu cu com a lingua e com o dedo eu já começava a tremer sentindo mais um gozo vindo com tudo. Quando sentiu que gozei meu primo levantou mais ainda minhas pernas e começou a pincelar o pauzão na entradinha do meu cuzinho virgem. Sensações inexplicáveis passaram por meu corpo quando ele começou a empurrar o pau no meu buraquinho.
Aos poucos fui relaxando e deixando aquilo tudo entrar, mas quando entrou, senti uma baita dor, e me segurei pra não gritar. Mas conforme ele ia entrando e bombando com cuidado eu ia cedendo e gostando de ter o cu todo preenchido. As estocadas aumentaram e eu comecei a pedir:
- Soca tudo, soca, ai, que delícia, me enraba, come meu cucom vontade.
Ele tirou o pau, me colocou de 4 novamente e dessa vez enfiou tudo de uma só vez sem dó e bombava como um cavalo. Não sabia que era tão bom sentir um macho pauzudo socando no meu cú. Enquanto ele socava no meu cu, eu mesma tocava minha xana sem saber que era possível chegar a um orgasmo tão gostoso desse jeito. Meu primo socava e murmurava
- que bunda deliciosa e que cuzinho apertadinho, vou gozaaaaaaaaaaarrr!!
E gozou, gozou, estremeceu todo e caiu por cima do meu corpo desfalecido!
Meu cu ardia e doia, eu estava louca de tesão, mas muito feliz, namoramos um pouco, ele me fez gozar, depois fui para o banheiro, tomar banho, fiquei um pouco la, depois fui deitar e dormi. Trepei mais vezes com meu primo nesse carnaval. Foi uma delicia!



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.