"Os mais excitantes contos eróticos"


Duas faces de Alice!!


autor: Xuxuh
publicado em: 23/03/17
categoria: hetero
leituras: 1303
ver notas
Fonte: maior > menor




Meu nome e Alice, tenho 28 anos, moro no Paraná.
Sempre fui aquela menina educada, filha unica, que estudava e trabalhava atarde na loja dos meus pais. Me formei em Administração, e fui dirigir um Rh de uma empresa de cosméticos. Sai de casa, e finalmente fui morar sozinha. Eu era uma moca tranquila, mas dentro de mim pulsava um desejo de ser uma puta, eu estava cansada daquela vida sempre correta, eu tinha tara em homens comprometidos, mas nunca havia ficado com um. Meu desejo era ser uma vadia, garota de programa, dar prazer e ser bem paga por isso e nem era pelo dinheiro, porque eu tinha uma estabilidade financeira e se nada desse certo eu tinha meus pais, mas era pela tara mesmo, sei la, nao sei explicar, mas enfim, sabia que isso era uma loucura e fazia de tudo pra nem lembrar disso mais.
Na empresa conheci Jorge, ele era gerente da empresa, meu chefe. Jorge era um homem que aparentava ter uns 37 anos, cabelos começando a ficar grisalhos, barba rala, alto e bem bonito. Ele era muito educado e gentil, sempre no limite de um chefe para com seus funcionarios.
Um dia por volta das 7:00 eu estava saindo da empresa e estava chovendo muito, meu carro estava na oficina. Estava pronta pra ligar pra um taxi e Jorge chega no estacionamento e me oferece carona, nos morávamos em bairros próximos, eu agradeci e aceitei. Minha casa era longe da empresa, entao teríamos pelo menos ums 30 minutos de conversa no caminho. Jorge como sempre bem educado e gentil.
-Seu namorado nao veio te buscar Alice?
- Nao tenho namorado Sr.
- Pode me chamar apenas de Jorge, fora da empresa sou apenas Jorge.
- Entao alice você deve se divertir muito. Nova, solteira, bonita, deve fazer muitas loucuras com as amigas ne rs
- Nem tanto, as maiores loucuras muitas vezes nem tenho coragem de fazer kk
Continuamos o papo descontraido e caimos no assunto casamento.
- Sabe Alice, minha esposa e maravilhosa, uma otima companheira, otima mae.. mas de uns dois anos pra ca ela tem deixado muito a desejar sabe, passamos semanas sem fazer amor, e quando fazemos e porque eu a procuro. Muitas vezes ela dorme no quarto das crianças e eu tenho que me masturbar pra relaxar e dormir.
Eu fiquei um pouco sem graca com a confisao dele, confesso!
- Meu desejo Alice e ter uma amante. Vocês mulheres acha que e facil ter amante ne? Mas nao e rs.. já trai minha esposa duas vezes, mas nunca me interessei por nenhuma outra mulher a ponto de querer ter uma vida dupla com ela sabe..
Nao largo minha esposa por nada, mas eu preciso de certos cuidados que ela nao me da mais.
Eu fiquei vermelha com a situação e minha imaginação já foi longe, ele queria uma amante, eu era louca pra sair com homem casado, porque nao? Rs
-Entao Jorge, meu maior desejo e ser Prostituta, sinto tesão em me imaginar saindo com homens comprometidos e ouvir deles que eu sou muito melhor que sua esposa, que eu os satisfaço e no fim, que eles joguem dinheiro em cima de mim. Parece loucura ne, mas e isso ai rs
Jorge ficou um pouco surpreso com minhas palavras, mas percebi o volume da sua calca aumentando. Chegamos em casa, dei um beijo no seu rosto e entrei.
Nos dias seguintes comecei a reparar os olhares de Jorge mudando, ele já me encarava e me desejava. Ate que recebi flores, com um cartao dizendo: " Aceita ser minha Prostituta? Te espero hoje as 8 hrs nesse endereço."
Fiquei bem feliz com o cartao e bem anciosa tambem, finalmente eu ia realizar meu desejo.
Sai do trabalho as 5 hrs.. fui pra casa me preparar.
Coloquei uma lingerie bem sexy, um vestido preto beeem colado, maquiagem forte, salto alto, bem puta mesmo. E as 8:15 cheguei no endereço combinado. Era de um flat no centro. Toquei a campainha e Jorge abriu a porta vestido num roupão.
- Oi Rafinha
- Rafinha?
- Sim Rafinha, esse vai ser o nome da minha prostituta, disse jorge.
Entrei e tinha champanhe, frutas, leite condensado, brinquedinhos eroticos e muito preservativos rs imaginei: " Hoje saiu daqui morta"
Jorge nao perdeu tempo, me deu uma taça e perguntou se podia fazer comigo o que quisesse. Eu nao pensei duas vezes e respondi o que uma prostituta responderia:
- Você vai no limite do seu bolso, e já vou avisando, o serviço e caro!
-Nao se preocupe, você vai ter tudo o que quer essa noite, inclusive dinheiro rs
O celular de jorge tocou, era sua esposa dizendo que a mae nao estava se sentindo bem e que foi com as criancas dormir na cada dela.
Jorge disse que tudo bem e desligou o telefone.
Eu comecei tirando meu vestido, e ficando apenas de calcinha e sutiã.. Jorge me deu um beijo e comecou jogar champanhe em mim e chupar, por todo meu corpo, em meus seios principalmente. Quando chegou na minha buceta ele pegou o leite condensado, nunca tinham feito isso comigo, eu fui a loucura, ele chupava muito bem e me limpou tudinho, nao deixando nem um gotinha de doce na minha buceta, enquanto me chupava me masturbava com um vibrador, e pedia pra que eu gritasse igual uma puta:
- Vai rafinha, gritaaa vadia, faça seu trabalho direito sua puta!
- Ahhhhhhhh ahhhh, tô gozaaandoooo
Quando jorge viu que eu já havia gozado, me ajoelhou em seus pes e mandou que eu chupasse seu pau. Foi ai que tirei seu roupão e me deparei com um pinto enorme, que me assustou, eu nunca tinha dado pra um pinto grande e grosso daqueles, fiquei com medo e jorge percebeu.
- que foi putinha? Ta com medo? E grande mas eu sei manobrar, fique tranquila.
Comecei chupar aquele pau gigante, até que jorge gozou na minha boca e eu engoli tudinho como uma boa putinha. Jorge entao pegou uma algema e me prendeu na cama com os bracos pra traz na cabeceira, colocou a camisinha, e comecou por cima de mim, eu estava em choque com o tamanho do seu pinto, mas estava tao molhada que entrou sem dificuldade.
- Mete com força nessa sua puta vai, me come fdp.
-Grita pra mim, grita ..
A tara dele era mulher gritando de prazer, e eu obedeci, gritava igual uma cadela no cio.
Jorge me virou de brucos e comecou me comer de quatro, minha posicao preferida.
- Ahhhhh que buceta deliciosa apertadinha, que delicia..
- Você come assim em casa Jorge? Fala pra mim se sua mulher te da assim..
- Nunca, você e muito mais gostosa que ela ..
Isso pra mim foi como ouvir que eu tinha ganhado na loteria.. era meu desejo de ser uma puta se realizando, que entrei num orgasmo intenso maravilhoso.
Jorge se deitou e pediu pra que eu cavalgasse naquele pauzao.
Eu muntei em cima e mostrei o quão puta eu era..
- ahhhhhhhh que pau gostoso, tô sentindo no meu utero, que deliciaaaaa, quero te dar outras vezes chefinho..
Nesse ritmo de putaria nos gozamos juntos e foi otimo.
Mas ainda faltava a cereja do bolo, Jorge queria meu cuzinho, eu já imaginava que eu ia sair dali arrombada.
- vem vadia, fica de quatro pra mim, quero fuder seu cuzinho..
Jorge pegou um lubrificante, passou no seu pau e no meu cuzinho e comecou me.penetrar..
- aaaaaaaaaaaaai, aiiiiiiiii ..
Estava doendo, mas eu sabia que era melhor por logo de uma vez do que ficar ne regassando aos poucos, a sensação que eu tinha era que tava rasgando minha pele.
- me fode de uma vez, enfia tudo seu fdp.
Jorge obedeceu e enfiou com tudo aquela anaconda no meu cuzinho. Eu vi estrelas, mas isso passou porque comecou a ficar gostoso.
Jorge pegou um vibrador e enfiou na minha buceta, e ordenou que eu segurasse enquanto ele fudia meu cu.
- grita vadia, isso, fala que tô te regassando fala
- Aaaaaaaaaah regassa esse cu que tava louco pra ser seu, me fode gostoso. Ahhhhhhhhhhhhh
Aquele vibrador na minha buceta também estava uma loucura.. gozei de escorrer nas pernas e jorge tbm..
Quando acabamos, eu ia me levantar da cama, quando ele disse:
-Nao nao! Fica deitada ai peladinha assim do jeito que você esta, que eu ainda nao acabei. Obedeci e ali fiquei.
Nesse momento Jorge foi até sua carteira, pegou varias notas de 100,00 e jogou em cima de mim, do jeitinho que eu sempre imaginei.. abriu minhas pernas e me chupou com aquele dinheiro jogado em cima do meu corpo, eu fui a delirio, sem duvida foi o melhor orgasmo de todos.
Jorge foi tomar banho, mas nao deixou que eu tomasse, porque queria que eu fosse embora com cheiro de sexo.
Na hora de ir embora ele me perguntou se eu queria que ele me indicasse pra uns amigos empresarios, boa pinta e com grana. Eu aceitei e disse pra ele indicar a rafinha.
Ele me segurou firme pelo braco e disse:
- claro que eu vou indicar sóa rafinha, porque a Alice, chefe do Rh, aquela moca educada e tranquila, vai ser só Minha, minha e de mais ninguem.
Eu amei ouvir aquilo, e fui embora feliz e gozada.

A Rafinha virou realmente uma prostituta, mas com clientes selecionados e fixos.
Enquanto a Alice virou amante do chefe por uns bons anos.




ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.