"Os mais excitantes contos eróticos"


Novinha com negão


autor: bea16
publicado em: 06/04/17
categoria: hetero
leituras: 4278
ver notas
Fonte: maior > menor


Olá sou eu de novo, depois de tanto tempo estou de volta. Como sabem, sou meio gordinha, seios grandes, coxas grossas e sou baixinha, tenho 1,57. Agora com cabelos ruivos e menos disposta, andei lendo muitos mais contos e fiquei com vontade de contar minha primeira vez com negão. Tudo começou no twitter, eu sempre tive a curiosidade mas nunca tive a coragem. Ele era muito legal, simpatico e eu, uma menina quieta mostrei a ele meus contos, ele leu e disse que havia gostado muito, que chegou a se excitar.

Depois de muita conversa e muita provocação, estavamos já marcando para se encontrar. Fui pro banho, me depilei e já estava pronta para foder. Nos encontramos não muito longe da minha casa, e lá fomos nós pra uma rua isolada de todos e perto da praia. Ele já foi com a mão na minha coxa, eu nervosa e já ficando excitada não falava nada, ele apertava minha coxa e alisava, minha buceta já tava dando sinais já querendo foder ali mesmo. Quando parou o carro, ele já foi me beijando, e que beijo maravilhoso. Aquela boca carnuda, aquelas mãos percorrendo meu corpo e já indo pra dentro da minha calcinha. Ele mordeu meu lábio forte quando sentiu minha buceta molhada, e como estava molhada.

Ele apressado, já foi mandando eu tirar meu short e a calcinha pra facilitar, eu como boa garota fiz o que pediu e abri as pernas pra ele enfiar aqueles dedos em mim. Ele estava sendo tão agressivo que eu fiquei muito mais molhada do que eu estava. Fomos pro banco de trás e eu abri minhas pernas pedindo pra ele me foder.

Nos ajeitamos e ele enfiou aquele pau grosso em mim, entrou com tanta facilidade. Ele foi metendo com força e rapidez, eu mal conseguia falar. Ele batia na minha cara e dizia "era isso que tu queria, pica de negão, toma minha putinha" e ele me enforcava, me batia, metia com força e eu gemia feito uma cadela. Depoois de um tempo metendo, ele pediu pra eu sentar em seu colo e eu já fui logo cavalgando naquela pica gostosa, eu rebolava ele apertava minha bunda, batia nela e no meu rosto.



Ele me mandou chupar ele, cai de boca naquela pica gostosa. Era tão grossa que era difícil engolir tudinho, ele forçava meu rosto e me sufocava com aquele pau.

Logo voltou a meter com força na minha buceta, foi a foda mais demorada que eu tive.

Ele logo gozou na minha boca e me levou pra casa. Voltei pra casa andando torto, pernas fracas e a buceta ardendo. Foi a melhor foda que eu tive e quero mais, é obvio. E eu falo com ele até hoje, se tornou um grande amigo. haha.
Quem é de Santa Catarina, pode me mandar mensagem no email: beatrizdslender@hotmail.com
Juro que agora eu respondo! Havia perdido hahaahha



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.