"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Férias na casa do amigo


autor: Jmax
publicado em: 10/01/17
categoria: traição
leituras: 3716
ver notas


Olá meu nome é Max 35 anos baiano moreno estilo negão 1.75m de altura em boa forma essa história que vou relatar aconteceu a uns 2 anos atrás em umas das minhas férias não programada.
Estava eu saindo de férias no meado do ano e não sabia pra onde ia até em umas com um amigo pelas rede sociais fui convidado a passar o fim de ano no Rio de Janeiro, nome desse amigo que vou usar vai ser Vinicios nome fictício para não ter problemas.
Aceitei o convite dele e quando chegou o dia da viagem ele me ligou dizendo que teve que fazer uma viagem de trabalho e que só iria chegar um dia após a minha chegada, perguntei a ele o que eu faria agora que a passagem estava comprada e já tinha feito toda programação.
Ele me pediu para segui com a viagem e que a esposa dele estava ciente e que iria me receber no aeroporto, a princípio me desanimei um pouco e liguei pra esposa dele com o número que ele mim passou pra quando eu chegar no aeroporto. Conversamos e ela falou que não havia problema é que eu ficasse tranquilo e que já tinha conversado com o Vinicius e assim viagem mas tranquilo.
Assim que cheguei no aeroporto dei um toque para a esposa do Vinicius, vou chamar ela de Marcia no fictício também, a Márcia uma loira de cabelos longos e lisos um bundão redondo lindas coxas e seios de médio pra grande uns 40 anos de idade e estava acompanhada de um filho de 6 anos nos comprimentamos e seguimos para o apartamento do Vinicius e da Marcia.
Cheguei a tarde e conversamos do aeroporto até o apartamento e dizia a ela que estava um pouco sem jeito por tá indo pra casa dela sem o Vinicius está em casa e lá falou que ele viaja direito desabafou. que já não aguentava mais ficar na maioria dos dias sozinha.
Chegamos ao apartamento no início da noite devido ao trânsito, ela me levou até um quarto e pediu que eu ficasse a vontade na casa. Tomei um bom banho e ouvi uma pequena discussão na sala, fui ver o que era a Márcia discutindo com o Vinicius. Ele pedindo pra avisar que ia ter que ficar mais dois dias fora então foi quando eu pedir o telefone pra falar com ele como que eu ia ficar na casa dele sem ele está em casa todos esse dias e que ia pegar mal pra ele e pra Márcia, falei a ele que iria para um hotel até a chegada dele, ele implorou que eu ficasse no seu apartamento e que não havia problema nenhum, e a Márcia me convenceu a ficar e que eu não tinha culpa.
Alguns minutos se passaram e brinquei com a Márcia como ela era corajosa de ficar com desconhecido na casa dela sendo tão bonita e atraente, ela abriu um leve sorriso e me agradeceu pelo elogio e que tinha tempo que ninguém a elogiava.
Ela foi tomar banho e colocar o menino pra dormir na volta já vestida com uma camiseta sem sutiã e com um short bem curtinho que parecia estar sem calcinha que desenhava o tamanho do seu bucetão mim chamou para fazer um lanchinho na cozinha e eu não conseguia tirar olho do seu short que mostra um pouco da sua polpa da bunda.
E falei meio que brincando que que soubesse que ia ser assim que ele tinha ido para um hotel. ela perguntou, assim como? E eu respondi já caminhando pra sala pra assistir tv na casa de um amigo com a mulher dele bonita atraente ainda por cima eu carente ela sorriu e sentou do meio de lado pra mim mostrando a polpa da sua bunda e seu bucetão bem definido naquele shortinho.
Eu estava com meu pau já parecendo uma rocha e acho que ela percebeu e falou que ia se deitar, veio até a minha frente mim comprimentar e da um boa noite e me mostra o quanto a buceta dela era suculenta. E falou que ia deixar a porta encostada pra se caso eu precisasse de algo chama ela porque ela tinha um sono muito profundo. Quando passei para ir dormir a porta estava entreaberta e com a luz bem fraquinha do abajur do quarto de Márcia vi ela já sem o shortinho e resolvi entrar, parecia estar dormindo ela com uma camiseta branca que cobria a metade de seu lindo bumbum, ela estava na beirada da cama com uma perna esticada e outra encolhida em forma de quatro, decidir chegar bem próximo nessa altura meu pau já estava latejando de tão duro, o rabo dela era tão perfeito que dava pra ver a entrada do cuzinho e o bucetão que estava lacradinho parecia que tinha passado um zíper.
Como ela disse que tinha um sono profundo decidi enfiar a língua na entrada do cu dela, fui enfiando a língua no anelzinho e sentir se contrai parei um minuto com medo de ela acorda mudei e fui para o bucetao dela foi quando enfiei a língua de baixo pra cima abrindo os lábios da buceta dela e ela estava toda molhadinha bastante ensopada e ouvi um leve gemido, desconfiei que ela poderia está acordada e dei algumas mordiscadas na buceta de Marcia senti levemente aquele rabo se empinar não aguentei mais coloquei meu rolão pra fora e fui entrando naquela buceta suculenta que se contorcia devagarinho de prazer.
Marcia ainda fingindo que estava dormindo soltava um gemido, dei uma cinco estocadas fortes não aguentei e gozei, ainda desconfiado que ela estava acordada decidir tirar a prova fui até a cabeceira da cama e fui encostando meu pau na boca dela que pra minha surpresa acabou entrando ainda com pau duro enterrei três ou quatro vezes e saiu limpinho e ainda ela fingia que estava dormindo, decidi sair do quarto e deixá lá com mais vontade continua...




ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.