"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Um poema serelepe|Eu fiz do meu boquete


autor: AlineTotosinha
publicado em: 14/06/17
categoria: hetero
leituras: 718
ver notas
Fonte: maior > menor


Não temo olhar nos olhos
Mergulhei minhas amêndoas em sua íris
Vermelha à cabreúva
Me fitava encabulada

O hálito quente e alcoólico invadi
De língua molhada, rasguei sua boca
Chupei seu lábio
Tomei seu fôlego

Seu perfume respirei, a saliva degustei
Com meus dedos, a calça invadi
Com o meu tato, cobri seu pau
Empalmei o seu calor, puxei, estiquei, devolvi

Rápida
Minha boca viajou
Dos seus lábios ao seu pau
Devagar
Minha língua percorreu
Da cabeça ao final

No abraço mais molhado o envolvi
Num sugar bem controlado, engoli
Minha garganta avançou
A vara em riste penetrou

Suas mãos em meus cabelos
Esboçaram me ditar o ritmo
Mas no meu boquete mando eu
O seu prazer agora é o meu

Sugando com força
Da minha boca expulso o pau
Num deslize molhado
Muita saliva, pouco embaraço
Te engulo de volta,
Sem medo de ir até o final

Minha cabeça é que é mestra de suas mãos
Entrelaçadas em meu cabelo
Elas dançam ao sabor da minha gula
Calma, não vem agora o seu gozo
Pois não é findo o meu

Corto o ritmo
Impeço seu êxtase
Não quero te engolir
Agora quero te mamar
Aguenta quieto

Que no meu boquete mando eu
E o seu prazer agora é o meu

Só a cabeça eu vou chupar
Não adianta me empurrar
Das primeiras gotas da sua porra
Alimento meus desejos

De lascívia eu sobejo
Sua ânsia não me comove
Sua antecipação só me motiva
A quebrar o ritmo e manter
Sua porra gostosa ainda no pau cativa

A carne na minha boca
Satisfaz os meus sentidos
Nela eu babo
A ela me entrego
Dela me utilizo

Cada contorno eu envolvo
Com a minha boca pequena
Sinto a dureza dessa rola
Que lambuzo e engulo

Na mais tórrida cena
Faço show pra você ver
Vou me deliciar sem fim
Com a boca cheia de você
Meus olhos te fitam sim

Força o pau na minha goela

Com o corpo, grito
Na garganta não!
É com a língua que eu quero
Aparar o seu esperma




ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.