"Os mais excitantes contos eróticos"


Bárbara a prostituta (Capítulo 6)


autor: eericaa
publicado em: 16/06/17
categoria: aventura
leituras: 2244
ver notas
Fonte: maior > menor


*VERSÃO ANDERSON.

- O que foi aquilo ontem? Essa mulher é incrível, sua pele é tão macia, sua voz tão delicada..
Felipe interrompe meus pensamentos.
- Seu filho da puta, você está se apaixonando por uma garota de programa? Cadê aquele cara amargurado que não se apaixona por ninguém? Cara eu até ficaria feliz se você se apaixonasse, retornasse a sua vida, mas uma prostituta? Fala sério Mano!!
- Cala a boca, me deixa sozinho.
Ando de um lado para o outro na minha sala, não posso levar isso adiante, mas também não consigo parar de pensar nela. Decido que não vou mais ligar para ela, fingir que essa mulher nunca existiu.
Semanas se passaram, cada dia era uma tortura, vontade de estar com a Bárbara, pego meu telefone, disco o número dela e marco um encontro, depois de desligar dou um soco na mesa, não deveria ter feito isso, mas meu coração dizia que era a coisa certa. Chegou a hora do encontro e eu estava feliz, enfim feliz por vê uma mulher, quando a vi, não me contive e elogiei seu vestido, ela estava muito bonita.
Foi tudo incrível estar com ela, eu ainda não tirei minha máscara, não quis demonstrar que com ela a situação era diferente, mas eu sei que ela sente que quando transamos é intenso, é algo surreal, é muito bom.
Depois de tudo eu acabei dormindo e acordei com ela me olhando, ela estava mais linda ainda, passei a mão nos cabelos dela, droga, eu mostrei sentimentos, mas tudo era mais forte que eu!! Eu não conseguia me controlar.
Depois de passarmos a noite juntos, deixei ela na sua casa e fui para a minha, quando chego meu pequeno Rafael corre em minha direção, pula nos meus braços, eu pego ele, jogo ele pra cima e brinco de aviãozinho.
- Papai, papai, eu sou um avião!!
Meu filho fala aos risos.
- Você é o melhor avião que existe filho.
Coloco ele no chão e beijo sua testa.
- Papai vai tomar um banho e já vamos tomar café, espera com a dona Sônia (a babá).
- Tá bom..
Vou em direção ao quarto e ouço Rafael rindo e brincando com a babá, mas logo meus pensamentos vão pra outro lugar, novamente a Bárbara, acho que estou ficando louco, louco por ela..!! Tomei café com o meu filho e voltei para meu quarto, abro o guarda roupa e vejo as roupas da minha querida esposa, cheiro e ainda posso sentir seu perfume.. Me faz lembrar o quanto eu era feliz, o quanto minha esposa era especial pra mim, pego um retrato nosso no criado mudo, olho pra nossa foto, abraço e digo chorando:
- Me perdoa querida, estou sendo fraco, não vou deixar jamais alguém tomar seu lugar!!
As lágrimas insistem em rolar sobre meu rosto. Ouço barulhos no corredor e uma voz lá no fundo chamando Papai, enxugo minhas lágrimas e vou em direção ao meu filho.

Os dias passam voando, estou muito atarefado na empresa, muitos problemas para serem resolvidos, como sempre é eu pra tudo. Estou no escritório, no notebook está aberto minha página do Facebook, tem uma notificação, vou olhar e quase caiu pra trás "Bárbara Scrocco te enviou uma solicitação", xingo, fecho o notebook com força, procuro meu celular e ligo pra ela:
- Como você ousa a mandar convite no meu face pessoal? Você está pensando que é quem para se atrever a isso? Você é só uma prostituta!! Se coloque no seu lugar, eu te pago para me dar prazer, somente isso, minha vida pessoal não te interessa nem um pouco!!! Você é um ser desprezível, depósito de esperma e fim.
Jogo o telefone na parede, estou lutando contra meu proprio coração, sento e choro, choro como um bebê.. Não deveria ter falado essas coisas tão duras pra ela!! Meu coração diz pra ficar com ela, mas eu não posso, fiz uma promessa a Sabrina e tenho que cumprir.


CONTINUA ...



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.