"Os mais excitantes contos eróticos"


O corno gostou.


autor: odeflor
publicado em: 08/09/17
categoria: hetero
leituras: 2675
ver notas
Fonte: maior > menor


Meu marido só pensa em trabalhar e não dá aquela assistência na minha buceta, tive que a distrai-la com um vizinho gostoso.

Sou uma negra 28 anos casada a 8 anos tenho uma filha de 6 anos não sou bonita mas acho que dou para o gasto tenho 1,70 coxa grossa bunda proporcional e seios um pouco grande meio caído devido a maternidade e como toda mulher negra gosta de um bom sexo, uso roupas provocante para ser desejada pelos machos de plantão, antes de casar tive vários parceiros sexuais e cada aventura já transei até dentro de um elevador, depois que casei só dou par meu marido até a data deste conto, o corno levou na brincadeira ou gostou do chifre, o acontecido que vou descrever abaixo.

Acordei daquele jeito com um tesão danado já fazia dias que meu marido não me comia e nem me procurava para dar aqueles beijo aquelas chupada no meu seios enfim estava na secura mesmo e tem um vizinho na faixa dos seus 18 anos idade do quartel de vez em quando via ele chegando do quartel fardado, loiro corpo médio bonito e sempre me secava com os olhos quando me via, como moro neste local desde que casei então vi ele crescer e tenho muita amizade com sua mãe e sua irmã um dia estávamos na sala da casa dele experimentando roupas intimas e ele entrou me pegou pelada a parte de cima sem sutiã deste dia em diante ele me olha com cara de pidão mão dou bola, ele já deve ter masturbado varias vezes pensando em min.

Levei minha filha na escola fui fazer umas comprar e voltei quando estava colocando o carro na garagem vi ele chegando do quartel então pensei preciso arrumar um jeito de trazer esse rapaz aqui em casa e fazer uma festinha com ele, dar uma chupada na minha buceta no meu seios uma vez que meu marido não quer outros querem. Entrei em casa com esse pensamento troquei de roupa coloquei um shorts curto branco com uma calcinha também branca e um sutiã preto uma camisa de botão prendi o cabelo e fiquei pensando como atrair aquele jovem para dentro de casa. Depois de uma hora tive uma ideia vou esvaziar o pneu do meu carro e pedir sua ajuda para trocar e assim fiz, fui na garagem esvaziei o pneu e depois fui na casa dele como tinha amizade com sua família e as casas eram próximas não tive problema chegando lá chamei sua irmã minha amiga e falei se ele não estava em casa se podia me ajudar ele já se prontificou na hora e assim foi.

Chegando em casa na garagem falei para ele que o pneu estava vazio e que tinha que trocar pois ia usar o carro daqui a uns minutos para buscar minha filha na escola. Ele tinha pratica e trocou pneu rápido demorou uns 20 minutos e eu fiz questão de ficar do seu lado e mostrar minhas coxas e até ajudei encostei varias vezes meus seios no seu braço para deixar ele louco.

Assim que terminou agradeci e falei que agora era minha vez de fazer algo por ele, disse para entrar que ia dar um suco com uma torta que fiz para ele experimentar ele não queria mas falei que não tinha ninguém em casa e ele não ia se arrepender. Ele entrou coloquei meu plano em pratica levei ele para a cozinha coloquei ele sentado na mesa e fui prepara o suco fiz questão de abrir uns botões da camisa para deixar meu seios e sutiã a mostra e passava perto dele e notei que ele ficou me olhando eu desfilando para aquele macho que ia me comer logo logo.

Ao servi o suco abaixei deixei ele ver meu seios e depois peguei na sua mão agradeci pela ajuda e disse que ele era um gato se tinha namorada, que tipo de mulher ele gostava, devido a sua idade ficou um pouco tímido mas eu estava disposta e acabar com aquela timidez, perguntei se achava mulher negras bonita se tinha alguma mulher gostosa na rua e fui chegando mais perto até colocar a não na sua coxa que delicia subiu um calor e deu uma vontade de partir para cima daquele rapaz mas não podia avançar assim podia assustar ele.

Sai de perto e vi ele tomando o suco me olhando assustado falei que meu marido não vai chegar, ele esta trabalhando e minha filha esta na escola estamos sozinho em casa fique calmo vou precisar mais de sua ajudar só que agora é uma opinião de um homem sobre min. Ele assustado balançou a cabeça um sinal de afirmativo e continuou a beber o suco, abri os botões da minha camisa e perguntei se meu seios era bonito se era caído e o que ele achava e fui para perto dele. Pegue nele para você ver, acho que preciso fazer uma cirurgia para ele ficar mais empinado menor os homens gosta deles grandes ou pequenos.

Ele meio tímido pegou no meu seios apertou já tirou o esquerdo do sutiã, aquela mão passando nele já foi me dando um calor pedi para ele ser sincero e acariciar beijar e matar a vontade, sabia que ele gostava de uma negra e queria fazer isso a tempos desde aquela vez na sala. Então confessou que desde que me viu meus seios na casa dele sonhou chupando mamando eles e se masturbava pensando neles e imaginando meu marido me comendo e chupando meu seios.

Levantou da cadeira e começou a acaricia-los, apertava os mamilos tirou os dois do sutiã, beijou as aureolas mordeu os bicos e balançava os dois com as mão como era um pouco caído ele ficou fascinado e brincando com eles, depois beijei sua boca e passei a mão no seu pau a percebi que já estava duro em ponto de bala, falei bem baixinho no seu ouvido, “quer comer essa negra gostosa, não pode contar para ninguém”. Ele me retribuiu com um beijo gostoso na boca e já percebi suas intenções e assim começamos aquela loucura.

Tirei sua camisa abaixei e tirei seu shorts sua cueca e cai de boca naquele pinto gostoso e duro ele gemia e apertava minha cabeça, quando percebi que ele ia gozar parei me afastei e fui tirando minha roupa bem devagar e olhando aquele jovem com seu pinto duro querendo me comer.

Fiquei nua e fui em direção a ele encostei meu corpo no dele, ele tentar me penetrar não deixava até a hora que sentei na pia a falei vem me chupar todinha começa pela minha buceta, enfiava sua língua dentro da minha buceta raspadinha depois beijou minha barriga meus seios, minha boca e eu masturbava seu pinto e assim foi me comeu de quatro na pia apertando meu seios depois deitada na mesa me penetrava com tudo, pensei que ia quebrar a mesa, pedi para ele não ejacular dentro da minha bucetinha e sim nos meus seios, na hora que senti que ele ia ejacular me levantei e dei meus seios para ele fazer uma espanhola e soltar todo aquele néctar no meu seios, quando ejaculou caiu nele no meu rosto na minha boca no meu cabelo que delicia aquele liquido quente e branco na minha pele negra dava até um contraste. Depois ele passou a mão e massageou meu seios com sua porra deixou eles bem sujo e molhado de porra.



Como a brincadeira estava bom perdi o horário e quando vi estava em cima da hora para buscar minha filha, não consegui tomar um banho me limpei vesti e mal limpei o chão da cozinha que caiu porra, despedi dele e sai rapidinho para buscar minha filha na escola, de volta fui arrumar o almoço e depois ia tomar um banho mas não deu chegou uns parentes em casa e tive que ficar fazendo sala, uma prima e uma tia que ficaram tarde toda e falamos de varias coisas elas me elogiaram meu corpo falaram que eu estava em forma e que meu marido devia se deliciar com meu corpo. Lá pelas 17 hs chegou meu marido e elas ainda estava em casa não pude tomar banho, como minha prima é uma jovens até mais gostosa que eu e também estava com uma roupa provocante acho que deu um tesão no meu marido depois que elas foram embora ele queria me comer, será que foi devido a minha prima ou ele sentiu a cheiro que outro macho que comeu sua esposinha.

Não queria fazer sexo com ele daquele jeito sem antes tomar um banho e ver se não tinha marcar no meu corpo tirar a porra do meu seios minha barriga, mas não adiantou ele queria ai fui afinal ainda estava com um fogo danado.

No quarto tirei sua roupa e cai de boca naquele pinto que conhecia bem fiz tudo igual o que fiz com o vizinho mas agora queria a porra na minha buceta, ele me beijava na boca depois meus seios apertava ele, eu ficava louca pedia mais pedia para ele me fuder logo, foi quando me jogou na cama e pulou em cima e começou a chupar minha buceta depois meus seios fiquei de pernas aberta só me deliciando com o momento, quando ele chegou no meu ouvido e falou baixinho.

“Amor você esta muito gostosa, até seu gosto seu cheiro esta diferente o que você tem feito”.

Foi a minha vez de falar no seu ouvido.

“Benzinho estou diferente como assim”.

“Esta com um gosto diferente, uma pele macia nunca tinha sentido antes o que você fez hoje”.

E continuava a apertar beijar meus seios.

Falei bem devagar no seu ouvido.

“Benzinho esse gostou que você esta sentido é de porra de outro homem que me comeu hoje, dei risada e depois um beijo gostoso na sua boca”.

Ele então pensou que era brincadeira e entrou no clima.

“Me conta o que ele te fez então, gozou em você comeu direitinho me conta vai”.

Com ele deitado em cima de min e seu pinto duro dentro da minha bucetinha contei tudinho que tinha acontecido com aquele garoto na parte da manha, só não contei o nome e nem detalhe antes, dei a entender que era imaginação minha.

O corno gostou tanto da minha historia que me comeu gostoso, como nunca tinha me comigo nesses 8 anos de casado, colocou eu que quatro enfiava tudo de uma só vez que delicia, quando terminamos minha buceta estava pegando fogo meus seios estava até dolorido de tantos esses machos se deliciar com eles e eu exausta de tonto fazer sexo.

Quando terminamos fomos tomar banho meu marido não comentou mais nada, acho que pensou que era mesmo imaginação minha e assim foi.

O pneu precisa ser trocado novamente, vou encher e chamar o vizinho novamente, agora quero porra dentro de min, para meu corno beber sem saber.

Esse conto é de uma amiga, contou outros, vou escrever e publicar acho que merece. Todos verídicos.

Bjs.

Continuação.
O corno gostou II.





ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.