"Os mais excitantes contos eróticos"


A surpresa no dia seguinte


autor: Scarlett_kay
publicado em: 10/09/17
categoria: hetero
leituras: 995
ver notas
Fonte: maior > menor


Olá delicioso leitor(a), esse conto é continuação do "Era pra ser apenas um dia de trabalho". Boa leitura... divirta-se!!!

Não nos falamos mais naquela noite, mas flashs do que aconteceu não saem da minha cabeça.

No dia seguinte, mando um bom dia e digo que já estou indo buscá-lo. Chego na porta do hotel e aviso que estou esperando, recebo a resposta, "sobe sem questionar."

Bato na porta e ela abre "sozinha", você está atrás da porta e não tenho tempo para reação, sou pega por um beijo feroz e quente, ao passar minhas mãos por seu corpo, sinto que você está totalmente nu, isso me amolece. Sinto seu toque, seus gemidos, com palavras desconexas, você vai tirando minha roupa e beijando cada parte, completando com mais gemidos, sussurros.

Já estamos novamente na cama macia, nus, agarrados, entrelaçados, parece que queremos tatuar um na pele do outro, estamos mapeando cada pedacinho para ficar guardado em nossa memória.

Você chupa meus peitos, solto gemidos alto e minha xaninha está ensopada, estou morrendo de tesão, você desce lambendo e mordendo de levinho meu corpo até chegar nela, você passa a língua, eu perco o ar, o mundo pára, sinto seu beijo em minha xaninha, sua língua percorre, chupa, lambe e quando encontra meu grelinho, me desfaço em pedaços, estou gozando, uma, duas, três vezes, perco as contas, estou com os olhos fechados, gemendo loucamente e quando menos espero, você mete seu pau, ele escorrega fundo na minha bucetinha apertada, eu grito de prazer, você me beija e mete mais fundo e mais forte.

Horas devagar horas mais rápido esse é o ritmo das suas estocadas na minha xaninha, completadas com beijos, lambidas, mordidas, gemidos, gritinhos, suplicas para que o tempo pare e que esse momento não acabe. Você para, solta seu peso em cima do meu corpo e isso é maravilhoso, sua pele quente, seu suor, tudo é perfeito. No meu ouvido você pede para eu deitar de lado e sem cerimônia você volta a me foder deliciosamente, gozo mais uma vez. Você me põe de quatro e me come novamente, uma mão puxando meus cabelos e a outra brincando com meu cuzinho e de vez em quando no clitóris me fazendo urrar de prazer e mais uma vez explodo em um gozo ardido que me deixa sem forças.

Estou exausta e você ainda não gozou, nos posicionamos em 69 e você mete na minha boca, seu pau está melado com meu mel, sabor salgado, eu chupo com vontade e você mete mais fundo me fazendo engasgar. Você volta a me chupar, mas eu falo que não, pois vou me dedicar ao macho gostoso que me fez gozar inúmeras vezes.

Você senta encostado na cabeceira da cama e eu começo a tortura. Passo a língua de baixo até a cabeça do seu pau, engulo ele fazendo sucção, vou lambendo, chupando, mamando em sua rola. Mordo de levinho seu saco que esta para explodir de tanto tesão, brinco no espaço atrás do saco e sinto você arrepiar, enquanto volto a mamar seu pau, arranho suas bolas, você geme diz que vai gozar, me viro de quatro e ofereco meu rabo, você mete sem dó na xaninha, bate na minha bunda, me chama de cachorra safada, eu peço para meu macho me comer gostoso e me dar seu leitinho, nem terminei a frase e ouço seu urro e a sinto porra quente escorrendo em minhas pernas.

Caímos exaustos na cama, você me abraça, me beija, nossos sorrisos não enormes de tanta satisfação. Eu digo que preciso de uns minutos para recuperar as forças, você concorda, coloca o celular para despertar em 15 minutos e adormecemos, eu deitada encolhida em seu peito, você me envolvendo em seus braços a última coisa que eu lembro, foi eu ouvir você dizendo....



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.