"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Primeira vez com um casal


autor: italiano
publicado em: 26/09/17
categoria: traição
leituras: 1715
ver notas
Fonte: maior > menor






Olá,



Meu nome é Júlio, 49 anos, casado, conheci o casal pelas redes sociais.

Vou chama-los de Mário e Angela, Mário , cerca de 1,75m cabelos e olhos castanhos, magro bastante falador, já Angela, fofinha, cerca de 1,60m olhos e cabelos castanhos claros, seios médios, ou seja pessoas normais como a gente.

Como todos nós também tinham fantasias, e por sorte do casal, estavam compartilhando as mesmas com muito tesão e cumplicidade.

Mário, queria ter uma relação BI, porém acompanhado de Angela e dividindo o parceiro com ela.

Trocamos vários email’s , fotos e mensagens , abrimos nossa intimidade, e depois de algum tempo decidimos nos encontrar.

Marcamos em um local público, para segurança de nós três. Nos encontramos, tomamos café juntos e falamos sobre nossa fantasias, era a primeira vez deles, assim como com um casal também era minha primeira vez.

Mário, queria uma relação BI , e , ao mesmo tempo estava disposto a liberar Angela com uma gostosa brincadeira a três.

Nosso objetivo, era de nos conhecer nesse dia, pois tínhamos compromissos, eu, e eles.

Conversamos bastante, e fiquei sabendo que Angela só tinha tido relações com o marido, casou virgem, Já Mário, só tinha brincado com os consolos de Angela, junto com a mesma.

Bom , houve afinidades entre nós, foi a conclusão que chegamos, então marcaríamos um novo dia, onde iriamos em um motel realizar as fantasias.

Quando saiamos para ir embora, caiu uma chuva muito forte, eu já no meu carro e o casal no carro deles na frente.

De sacanagem liguem no celular dele, e disse, puxa, com essa chuva, seria muito legal dar uma volta de carro, e no banco de tras , eu e Angela dando uns amassos. Na hora Mário topou na hora, pediu que eu fosse atrás dele, achamos um lugar para deixar meu carro, e fui para co carro deles.

Mário se dirigiu para um local menos movimentado, enquanto isso conversávamos e falávamos besteiras, Angela pulou para o banco de trás, eu a abracei e me aproximei para um beijo, e ela correspondeu.

Nossas línguas se entrelaçavam, comecei a acaricia-la, e apesar da timidez foi se soltanto devagarinho. Conforme ela ia se soltando eu ia avançando mais, e logo, estava chupando seus peitos, e pouco mais já estava com a calça dela aberta e brincando em sua bucetinha que já estava encharcada.

Mário assistia pelo retrovisor, e, colocou uma das mãos em minha direção, procurando meu pau, me ajeitei e ele alcançou o objetivo, tentando abrir o zíper da minha calça.

Ajudei e pus meu pau para fora, Angela agora olhava e o marido me punhetava, Mário pegou a mão de Angela, e touxe ao meu pau, agora ambos me bulinavam, e eu bulinava Angela.

Angela se abaixou e começou a chupar meu pau, então estiquei meu braço, agora procurando o pau de Mário, que foi mais fácil por ser uma calça de elástico.

Enfiei a mão por dentro, estava com pau muito duro, e babava muito, pensei até que o rapaz havia gozado, mas não , era excitação, o pau estava todo babado.

A chuva diminuiu muito, quase parando, fomos obrigados a parar a brincadeira, mas os três , demasiadamente excitados, nos recompomos, resolvemos, passamos numa farmácia, camisinhas e lubrificante à mão, fomos ao motel.

Já na entrada do quarto, os três já estavam se atracando, eu e Angela aos beijos de língua, Mário pegando no meu pau com uma mão e a outra conferindo a buceta da esposa que estava pra lá de melada.

Entramos, e enquanto eu beijava e bolinava Angela, Mário tratava de por meu pau para fora e chupar com volúpia.

A esposa sentou na cama e ficou assistindo a felação do esposo, que me punhetava e chupava com gosto e muita vontade.

Ela trouxe uma camisinha, entregou ao marido, que entendeu de pronto, este por sua vez vestiu a camisinha no meu pinto que estava duríssimo a esta altura.

Já estávamos os três pelados, Mário se apoiou na cama virando a bunda para mim, imediatamente comecei a pincelar a portinha dele, procurando a entrada.

Mais uma vez a esposa interviu, agora com o lubrificante, o qual ela mesma passou no marido, o beijou em seguida, e começou a chupar o pau do mesmo, eu então, novamente comecei a passar o pau na entradinha virgem até então ( virgem de pinto, pois consolo já tinha rolado hehehe), Achei a entradinha e comecei a forçar, lentamente foi entrando naquele cu virgem, a esposa acompanhando de perto, se masturbando e chupando o marido.

Depois que entrou todo, dei um tempinho pra ele se acostumar um pouco , e lentamente comecei o vai e vem, quando estava já num ritmo normal para uma foda, A esposa se afastou de nós e tocava uma siririca alucinante, sua buceta escorria de prazer-nos dois metendo e ela gozou só de ver, Mário não aguentou e gozou logo em seguida da esposa.

Demorei mais uns minutos e gozei forte em seu rabo. Foi muito bom, que delicia de gozada. Meu pau amoleceu e saiu do rabo, Mário apesar do gozo, continuava de pau duro, pensei comigo, está duro , mas quem vai comer a Angela sou eu....

Arranquei a camisinha do meu pau, e comecei a punhetar Mário, a esposa entendeu de pronto, trouxe outra camisinha e colocou agora no pau do marido, chegou perto de mim, abaixou e começou a chupar meu pau que agora estava mole, depois de uns minutos, parou e disse, pronto, agora está limpinho.....da mesma forma, me passou lubrificante, deu um beijo em mim, sentou-se na beira da cama, e disse – vou esperar, hehehe, a próxima sou eu hein....

Me posicionei e o amigo veio e repetiu o ocorrido, achando minha portinha, foi entrando sem bater, foi até o fundo, e logo já fazia os movimentos de foda, indo e voltando, pouquíssimos minutos após me penetrar, meu pau dava sinais de vida, ficando duro de novo, a esposa veio e se posicionou na minha frente, paramos uns instantes, camisinha no pau, e buceta a dentro, estava pra lá de melada, escorria por suas pernas, Mário voltou e colocou de novo seu pinto dentro de mim, foi uma foda alucinante, meu pau na buceta dela, e ele em mim, rapidamente ele gosou, e desta vez tirou o pau mole.

Coloquei Angela de quatro e novamente coloquei em sua buceta, metendo forte. O amigo agora assistia a performance da esposa que comi em várias posições chupei seus peitos deliciosos, quis o rabinho, mas ela disse que neste dia seria só o rabinho dele.

Metemos gostoso, Angela gozou gostoso no meu pau, rebolava, mexia os quadris, deitei, e ela veio por cima, que delicia de buceta, agora ela forçava para uma penetração profunda, sentia seu útero . Seu marido numa punheta alucinante de pau mole e no máximo meia bomba.

Continuamos ali, nessa foda gostosa, até que esporrei gostoso , enchendo a camisinha.

Angela se pos de lado, e ficamos os três abraçados, Angela no meio dos dois, até achei que ia rolar uma DP, mas não ocorreu.

Antes de ir embora, beijei Angela novamente, e logo, estávamos nos chupando, que delicia de buceta, muito carnuda, encharcada ainda com seu mel, um sabor delicioso.

Mário beijou a esposa, e me chupou junto com ela, ao mesmo tempo.

Senti as pernas de Angela tremerem, com certeza, estava gozando de novo, e em seguida, senti seu mel em minha boca.

Meu amigo logo gozou também numa punheta louca e meu pau na boca, agora era minha vez, me deitei de barriga para cima na cama, ambos me chupando , se beijando e me punhetando, que delicia.

Sem aviso, a esposa introduz um dedo, e começa a me massagear a próstata, nunca tinha me acontecido, ( depois soube que ela fazia direto com o marido), coloca dois dedos e continua, até que explodi num gozo fenomenal, enchendo a boca de ambos com muito esperma.

Mas não se fizeram de rogados , e deixaram meu pau limpinho.....

Que delicia de foda, agora estamos marcando para passar um final de semana juntos, será bom?











ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.