"Os mais excitantes contos eróticos"

 

O presente de natal


autor: morenocambh
publicado em: 27/12/15
categoria: incesto
leituras: 14193
ver notas
Fonte: maior > menor



O que me aconteceu dia 25 de dezembro ficará marcado para uma eternidade. E essa história, mostrará o quanto a espontaneidade e o perigo são realmente fatores excitantes.

Estavam todos reunido em minha casa para comemora o natal toda familia e minha prima gostava tava toda linda.E eu olhava pra toda aquela lindeza ele de vestidinho curto toda sexo olhanod de rabo de olho pra mim de saudades quanto tempo eu ja noa comia ela.pesei tenho que chamar ela sem niquem perceber e levar por meu quarto e foi isso que fiz ela claro que aceitou estava louca de tesao de relembramos os velhos de tempos de fodas.

E entrando no quarto traquei a porta e ja começamos a nos beijar eu fui alisando todo seu corpo bem gostoso Ela pegou minha mão e levou até seus peitos. Ela percebendo minha respiração ofegante foi descendo com minha mão… entre os seios… barriguinha… umbigo… e a boceta.
Meu pau estava encostado na bunda dela enquanto eu acariciava a boceta por cima da calcinha.
Fui no ouvido dela e chamei-a de safadinha quer pica, quero sim ela respondeu.

Ela baixou minha calça e minha cueca e chupou meu pau. Meu deus… que boca quente! Depois que minha pica já fazia contrações e estava banhada da saliva da gostosa, deitei-me na cama e fizemos seis-nove. Tirei seu vestidinho e e sua calcinha.
‘Ah, safadinha quente!’.

Eu vi então aquela boceta Chupei carinhosamente seu grelo, fazendo um movimento circular. Ela começava a gemer: ‘ai, gostosinho… hum…’
Depois saiu de cima de mim e deitou-se na cama, já de pernas abertas. E as frases já para mim típicas, mas devastadoras, dela: ‘’ Come minha bucetinha , vai; Machuca ela com o pau gostoso’’.

Fui para cima, beijei seu pescoço enquanto ela, com uma mão encostava a cabeça do meu pau no grelo dela. Até que eu mesmo ajeitei e penetrei…
fiquei olhando meu pau entrando e saindo naquela boceta quente e com som agradável e excitante.
Meti com mais força…
Ela aumentou os gemidos, já daria para escutar do lado de fora se houvesse alguém passando: ‘Vai arrombar minha danadinha! Ai, vai gozar! Ai!’.

O gemido dela me deu mais prazer, no final das contas, . O gozo foi vindo, tirei gozei na boca dela mandei ela engoli tudo e ela faz o que eu mando ela se levanta e se empinar ficar de 4 e eu enfio no seu cu tbm e depois A safada passou a rebolar no meu cacete. A cena era linda demais. Imagina um bundão rebolando na beira da cama encacetado até o saco? Metia sem dó naquela bunda fantástica. Não aguentando mais segurar anunciei que iria gozar.

- vou gozar no seu rabão bem gostoso!

- Goza meu tesão goza na tua putinha!

- Vou HAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA...DELÍÍÍÍCIAAA...

O cuzinho dela recebeu toda minha porra. Ao tirar o pau era lindo a visão daquele cú arrombado e cheio de porra Depois da foda fomos tomar um banho e no chuveiro ela fez um boquete bem gostoso para terminar a trepada.E voltamos pra festa normalmente.

ESPERO QUE NIQUEM POSSA TER PERCEBIDO NADA ESPERO QUE GOSTEM DEIXEM SEU COMENTARIOS POR FAVOR BJS ABRAÇOS



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.