"Os mais excitantes contos eróticos"


No meu niver fui o prato principal


autor: Scarlett_kay
publicado em: 26/07/16
categoria: aventura
leituras: 6464
ver notas
Fonte: maior > menor


Dias depois do meu aniversário, recebo uma ligação sua dizendo que vai me levar para almoçar pra comemorar meu aniversário. Isso é realmente uma surpresa e não consigo esconder meu sorriso de felicidade.

Te encontro e entro no seu carro, nesse momento já ganho um beijo. Pergunto onde vamos e você responde pra eu escolher, digo que nada disso, afinal você tinha me convidado.

Para minha "surpresa", você diz que por você não iríamos a um restaurante. Nesse momento meu coração quase sai pela boca. Pergunto inocentemente onde vamos então sua resposta é na lata, "vou te levar para um motel, pois quero comer sua xaninha gostosa".

Fico congelada com tanta sinceridade, mas no fundo era exatamente isso que eu queria. Chegamos e entramos no motel, a suíte era bem legal, pensei "uau!! Vai ser uma pena não conseguir aproveitar tudo, afinal o tempo é curto". Depois da conferida rápida, já estamos perto da cama, você já tirou a camiseta e está me beijando e tirando minha blusa.

Quando você começa tirar a calça, eu seguro sua mão e digo que isso sou eu quem vai fazer. Abro o cinto, o zíper e deixo ela cair, você está excitado, começo a te acariciar e seu pau fica mais duro ainda. Abaixo sua cueca e você chuta ela e a calça para longe.

Eu sento na beira da cama tirando minha calça e você num movimento rápido coloca seu pau na minha boca e começa a meter forte, me segurando pelo cabelo, você fode minha boca com muita vontade. Estou fazendo um boquete delicioso, aproveito de cada centímetro do seu pau, você geme entre os dentes e mete cada vez mais fundo na minha boquinha. Você se inclina para trás e entre dentes diz que vai gozar.

Nesse momento eu tiro seu pau da minha boca e você protesta. Digo, "Nada disso, você não vai gozar tão rápido assim". Você fecha a cara e ao mesmo tempo eu me ajeito na cama e com as duas mãos começo a brincar com meus peitos, passando a língua neles, mordendo os lábios, então desço uma das mãos para o meio das minhas pernas, começo a me masturbar, enquanto a outra continua a massagear meus peitos.

Continuo a me tocar e você está me olhando pasmo, pergunto se você gosta de me ver assim, você engole seco e faz que sim com a cabeça. Percebo que você também está se masturbando com os olhos fixos em mim. Minha mão entra e sai da minha xaninha e estou melada, brinco um pouco mais com meu grelinho, gemendo alto e estou quase gozando. Meus gemidos e minhas caras de prazer te deixam mais excitado.

Você vendo que eu ia gozar, você abre minhas pernas e se ajoelha entre elas, tira a minha mão da minha bucetinha, chupa meus dedos melados, e diz que agora é com você.

Você entre minhas pernas, começa a brincar com seu pau, batendo ele no meu grelinho, aaahhhh que delícia, vou gozar desse jeito, então você se afasta, deita do meu lado e começa a chupar minha xaninha. A posição favorece e estamos fazendo um 69 de lado. Eu enfio seu pau na minha boca e começo a te chupar novamente, sugando, lambendo seu pau inteirinho, com a outra mão massageio suas bolas, arranhando devagarinho seu saco. Você retribui na mesma intensidade chupando, massageando meu grelinho com sua língua e metendo seus dedos na minha xaninha. Os meus movimentos no seu pau são vigorosos, é uma delícia fazer um boquete pra você. Sinto seu corpo estremecer e o meu segue o mesmo rumo.

Gozamos quase ao mesmo tempo e sua porra quente escorre toda em mim. Estamos gemendo, soltando palavras sem sentido e ofegantes. Ficamos assim por um tempo para recuperar o fôlego. Minutos depois levantamos, pedimos o almoço e vamos para o chuveiro.

A água quente cai sobre nós, começamos a nos ensaboar entre beijos e carícias, passo a espuma por todo seu corpo, te provocando, quando chego no seu pau, começo a "limpar" ele, você já está excitado e aproveito para bater uma punheta gostosa para você. Os movimentos começam devagar e vão aumentando o ritmo, você se entrega ao prazer e goza gostoso, falando algumas sacanagens.

Volto a te limpar, como recompensa você fica atrás de mim me encoxa, beija meu ombro e pescoço, passa a mão ensaboada nos meus peitos, desce a outra mão e quando começa a brincar com minha xaninha e eu vou a loucura, sinto o volume do seu pau aumentando na minha costas, você faz movimentos fortes no meu grelinho me fazendo gozar. É uma delícia meu corpo todo arrepiado, sensível ao seu toque e a água quente da ducha.

Você me vira, me beija elogiando nossa brincadeira. Terminamos o banho e nisso batem na porta anunciando a chegada do almoço. Almoçamos entre risadas e bom papo, quando o assunto volta a ser sexo, não me contenho e sento em seu colo, entre beijos e mordidas leves no pescoço, sinto seu ganhando vida, encaixo ele em mim e sento com vontade até o talo, gememos juntos e continuo a cavalgar, seu pau entra e sai, estou melada, nos beijamos, você mama em meus peitos e assim não demora nada para gozamos.

Tomamos um banho rápido e vamos embora, você me deixa na empresa e volta ao seu trabalho. Quando chego na minha mesa penso "Que delícia de almoço" abro um sorriso e tento me concentrar no trabalho.



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.