"Os mais excitantes contos eróticos"


Fui comida pelo meu primo do interior de


autor: eericaa
publicado em: 26/02/17
categoria: incesto
leituras: 8615
ver notas
Fonte: maior > menor


Oi sou a Lucianna, tenho 19 anos, e sou de Brasilia, O que vou contar aconteceu ano passado, eu ainda estava com 18 anos, fiz uma viagem ao interior de minas, para visitar grande parte de minha família que mora lá.
Meu primo, Jean Lucas de 26 anos, havia marcado seu casamento para aqueles dias e fomos homenagea-lo. Ele sempre teve fama de ser um garanhão, mas com o casamento marcado, todos esperavam que pudesse mudar, afinal , sua casa já estava montada, somente a espera do casamento.
Na tarde de sábado, sai com minhas primas e fomos a um bar no centro da cidade. Bebemos um pouco e na volta, ficaria na casa de minha tia, mãe do meu primo, onde supostamente eu deveria dormir. Cheguei por volta das 02:00am e fui surpreendida por meu primo que assistia TV na sala. Não esperava que ninguém ainda estivesse acordado naquela casa. Enfim resolvi sentar -me um pouco no sofá e assistir TV junto com ele.
Mas inesperadamente, um fogo começou a tomar parte de meu corpo, e comecei a me imaginar beijando meu primo, já podia sentir o cheiro de sexo no ar. E acho que ele também pôde sentir, pois veio em minha direção e me lascou um beijo bem na boca, podia sentir sua lingua invadindo toda a minha boca, lambendo cada pedacinho que a pertencia.
Então me puxou para o colchão em que estava deitado e começou a beijar todo o meu corpo. Eu vestia uma calça jeans e uma blusa canelada, foi subindo minha blusa beijando minha barriguinha, encostando nos meus seio, até que encontrou o que procurava, o bico já estava duro de tanto tesão, então dedicou deliciosas chupadas, alternando entre um seio e outro.
Começou a desabotoar minha calça e foi tirando devagarzinho, por um instante deixou meus seios e começou a beijar minha buceta por cima da minha calcinha. Eu já estava louca de tanto tesão alternava entre os seios e a buceta, então retirou minha calcinha, e estava ali, completamente nua a merce de sua agilidade frenética.
Minha tia dormia no quarto ao lado, o medo de alguém nos pegar e o tesão se confundiam em pensamentos assanhados.
Ele então tirou o shorts e permaneceu com sua t-shirt branca, quando baixou sua cueca, pude apreciar seu membro cumprido, não muito grosso, mas duro e cheio de amor pra dar, então começou a chupar minha vagina, enquanto sua mão massageava meus seios, num impulso, levantou minhas pernas e encostou a cabeça de seu pau na entrada da minha vagina ( já toda encharcada) e começou a meter bem gostoso
Não podiamos fazer barulho, então gemiamos bem baixinho, e o tesão aumentava cada vez mais, as estocadas estavam cada vez mais fortes e eu gemia de prazer, me posicionou de quatro, colocou suas mãos em minha bunda e continuou metendo bem fundo na minha buceta, com medo de sermos pegos, decidimos ir ao quarto onde eu dormiria, nus saimos correndo pela casa, até o quarto, então ele tira sua t-shirt e pude apreciar aquele peito forte e liso, me encostei na cama, com as mão apoiadas no colchão e ele por trás sem dó, enfia novamente seu pau duro em minha buceta, num entra e sai bem gostoso. Aí me disse:
- quero gozar bem gostoso no seu cuzinho
E começou a enfiar um dedinho mo meu buraquinho, enquanto metia frenéticamente, depois mais um dedo em meu cu, e depois com seu pau todo melado começou a meter no meu rabo quente, foi rasgando cada prega
No começo senti muita dor, mas logo fui tomada pelo prazer, não demorou muito e logo senti seu caldinho quente escorrendo pelo meu buraquinho, exaustos, pois já se passava uma hora que estavamos metendo, caímos na cama e começamos a rir. Dois loucos, mas loucos de tesão.
Eu adorei a brincadeira com meu primo.



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.