"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Esposa Safadinha ou Boazinha II


autor: Pampam
publicado em: 08/03/17
categoria: lésbicas
leituras: 3903
ver notas
Fonte: maior > menor


Continuaçã.....Ivonete já gemia baixinho e eu comecei a beijar sua boca.

- A Cris pegou na minha buceta amor ! Ivonete dizia:
- Hummmm... sério?!?... me conta como foi... me conta!! - aproveitando que o clima está esquentando e minha esposa toda dengosa fui tirando a roupa dela, lentamente, mordendo seu pescoço e passando minhas mãos em suas costas a cariciando...
-Eu dizia : na hora da fila pra gente vir embora eu peguei na mão dela e coloquei na minha buceta, que por sinal estava muito molhada , Ivonete... e ela deu um apertão tão gostoso!!! - nisso fui abrindo suas pernas lentamente e a colocando de quatro pra mim. Ela gemeu quando enterrei meu dedo na sua buceta toda melada, só de ouvir que eu havia relatado aquelas coisas....
- Ohhhhhhhh... amor... me fode bem gostoso... fode... você gostou da mão da Cris nesse seu bucetao?... gostou?... me fala... fala que você gostou... ohhhhhhhh... sua tarada gostosa... fica querendo comer minha amiga... ohhhhh... fode, amor... fode essa buceta todinha...! - eu falava e gemia. Só este pequeno detalhe já bastou pra gente ter uma noite louca de amor.
No dia seguinte a Cris chegou na minha casa muito sem graça, e minha esposa já sabia o motivo. Mas se fez de desentendida, até que ela não aguentou mais e desabafou.
- Ivonete, eu nem sei por onde começar... meu deusss... estou com tanta vergonha de falar isso!
- Pode falar, Cris... o que foi? - minha esposa perguntava com a voz bem calma.
- Ontem... no baile... eu peguei na buceta da Pamela!... me desculpa... não sei onde eu estava com a cabeça... eu... eu nunca pensei em fazer nada com ela!
- Fica tranquila, Cris! -Ivonete dizia falando e segurando a mão da amiga.
- Ela me contou, amiga... e eu sinto muito prazer em ver meu macho com outra mulher!
- Sério?!? - ela me olhou espantada para minha mulher...
- Ivonete bem... ela nunca ficou com outra mulher na minha frente... e acho que você foi a primeira com quem ela foi mais atrevida... mas acho que eu adoraria ver a Pamela transando com outra mulher... fico louca só de pensar nisso!
- Nossaaaa!! Que loucura... se eu fosse casada eu acho que eu não deixaria meu marido fazer isso não! - Cris falando e logo mudaram de assunto assim que eu aparecia... Vários dias se passaram e tudo correu normalmente. A amizade de Cris e minha esposa continuou a mesma e eu sempre comendo e falando da Cris e outras amigas que minha esposa tinha e iam em casa...Algumas semanas depois a gente saiu juntas novamente, eu, minha mulher e a Cris, fomos para o mesmo baile. Minha esposa com um shorts curtinho e blusa de alça e a Cris com um vestido super curtinho e provocante...Qualquer movimento que ela fazia já dava pra ver sua calcinha. Além disso, eu estava com uma blusa apertadinha, mostrando o umbigo e de calça jeans...
Assim que entramos no baile a gente já começou a beber e a dançar. Nós três estávamos bem animadas e logo a Cris foi se soltando e começou a se exibir para mim...Ela ficava atrás de mim segurando minha cintura e minha esposa ficava na frente esfregando a bunda dela na minha buceta que estava bem molhada, na frente de todos no baile...
Eu estava adorando ver aquilo duas lindaa mulheres se esfregando em mim...Foi então que Cris trocou de lugar com Ivonete...Cris quanto mais ela dançava mais seu vestido subia e já dava pra ver claramente a calcinha enfiada todinha na racha da bunda. Meu deusss!! Que tesão que me deu naquela hora . Fiquei muito excitada mesmo... Virei para minha mulher abraçando-a, beijando-a e passando minhas mãos por todo o seu corpo, sem dar a mínima atenção para amiga de minha esposa....A atenção era toda de Ivonete, mais sabendo que eu só queria a buceta da Cris e mais nada. Ficamos nessa pegação quase a noite toda, e com Ivonete louca pra chegar em casa logo e meter bem gostoso comigo... Finalmente resolvemos ir embora eu com minha esposa atrás e Cris na frente, ela e o taxista distraídos conversando e orientando o caminho para ela...Eu e Ivonete começanos a brincar no banco de trás comigo mexendo na buceta de minha esposa, por cima do seu shorts, com o carro em movimento, e a Cris no banco da frente sem perceber o que estava acontecendo....
Nós conversarvamos normalmente, rindo e brincando. E os meus de dedinhos nervosos só alisando a xoxota da minha esposa, deixando ela cada vez mais molhadinha. De repente o carro parou minha esposa se assustando dizia:
- O que foi? - perguntava, curiosa e quando olhávamos para o lado já estávamos frente de casa...paguei o táxi eu, Ivonete e Cris entrávamos em casa...entrando em casa fui até a geladeira e peguei um bom vinho... As duas já estavam bem alegrias, mas mesmo assim me acompanharam num drink de tim tim
- Até que a Ivonete disse.: vamos brincar um pouco?... Cris , fica sentada aqui no sofá e minha esposa veio em minha frente tirando sua calcinha! - Ivonete falou, na maior naturalidade.
- O que!?!? - a Cris perguntou assustada que isso amiga.
- Sim... isso mesmo... levanta seu vestido e tira sua calcinha pra a Pamela ficar vendo seu bucetao! - Ivonete insistia e Cris ficava tímida...
- Eu olhava minha esposa com desejo ?!?!... com Ivonete pedindo aquilo para sua amiga que me olhou, completamente confusa e indecisa.
- Ela dizia pode tirar, Cris... hoje eu deixo... pode fazer o que eu estou te pedindo! - comigo no auge da minha excitação ficando calada e só observando tudo...
A Cris levantou seu vestido e tirou a calcinha, lentamente, sempre olhando para mim e para Ivonete.
- Meu deussss... que loucura!!!... vocês duas são loucas, sabiam? - ela falou e caímos as três na risada. Em seguida ela abriu bem as pernas e nos mostrou sua buceta gordinha e toda depilada.
Quando eu via a xoxota da Cris fiquei louca imediaramente na mesma hora agarrando e colocando minha esposa de joelhos no sofá, com a bunda bem empinada para mim...
- Pamela... o que você vai fazer?!?... acorda meu filho! -Ivonete tentava protestar.
Mais eu nem me importei e em segundos eu abaixei seu shorts e a minha calcinha e fui por trás dela, a empurando contra o sofá..
- Vou comer você na frente da Cris , Ivonete... pra ela ver como eu meto gostoso na sua buceta! - eu dizia e já abaixando minhas calças.- Ohhhhhhhhhhhh... amor... que gostosooooo... delíciaaaaaa... ahhhhhh...!! - gemi deliciosamente quando meu dedo entrou na sua buceta encharcada. Rebolou a bunda e empinou ao máximo pra enfiar bem fundo em nela.
- Ahhhhhhhhhh... essa minha mulher é muito gostosa, não é, Cris? - eu falei e começei um vai-e-vem delicioso, apertando os braços da minha mulher...Sim... Pamela... ela é linda e muito gostosa! - Cris falou alisando a buceta dela e me olhando com malícia. Nessa hora eu olhei pra ela e percebi que ela estava com a mão na xoxota, se tocando enquanto via eu foder na Ivonete.
- Fala pra ela, Ivonete...! - eu dizia baixinho no ouvido da minha esposa. - Fala pra ela o que eu estou fazendo com você todas as noites minha purina deliciosa! Que loucura! Eu estava comendo minha mulher no sofá na frente da amiga dela, e eu pedindo pra ela narrar o que eu estava fazendo ela...Era muita safadeza, e das mais gostosas.
- Eu... estava metendo meus dedos na buceta da Ivonete, Cris estava sentada atrás se alisando... e eu estava fodendo todinha minha esposa... ahhhhhhhhhhh...!! - ela gemia bem baixinho quase chorando, pois seu filho estava dormindo no quarto e não poderia haver barulho para ele não despertar de seu sono.....
Ivonete nunca havia me visto daquele jeito, tão fogosa, e tão criativa. Enquanto eu metia firme e com força na Ivonete chamei Cris para mais perto e enfiei meus dedos na buceta molhada da amiga de minha esposa...Que delícia ver aquilo e sentir dois mulherão nas minhas mãos !
- Eu... meu deussssss... vocês duas são loucas... ahhhhhhhhh... vou gozarrrrr... amigaaaaaaa... vou gozar na mão da Pamela do seu macho..!!! - a Cris começou a gemer e a falar essas coisas. Não consegui segurar mais e explodi em um orgasmo maravilhoso, na mesma hora que Ivonete deixava meus dedos todos melados dentro de sua buceta quentinha.
- Agora vou chupar a buceta da Pamela, Cris... engolia todo o restinho da minha porra que escorria da minha buceta...!! - falou e caía de boca deixando escorrer o restinga no canto superior esquerdo de seus lábios, chupando e olhando para a cara da Ivonete que não resistiu e a beijou na boca.
- Nosssaaaaaaa... que loucuraaaaaa... eu nunca tinha feito isso, Ivonete... que delíciaaaa...!! - a Cris disse e caímos as três na risada.
Como já estava tarde e para não ficarmos preocupadas com a Cris, ela dormiu em casa naquela noite...eu fui tomar um banho e quando sai do chuveiro me deparei com as duas deitadas na cama e satisfeitas com um sorriso...Em poucos minutos a gente já estava dormindo e felizes eu abraçada com minha esposa e Cris me agarrando por trás, fiquei no meio das duas nesse dia estava frio estava gostoso, mas vou terminar esse conto por aqui, porque vai ficar muito grande...Mas isso é apenas o começo...Tenho muitos contos pra compartilhar com vocês.

Espero que gostem e comentem beijos




ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.